Polícia

Terça-Feira, 08 de Outubro de 2019, 17h:40 | Atualizado: 09/10/2019, 09h:08

PM preso cita envolvimento de marido de enfermeira no crime; ele está foragido

Divulgação/PM

Zuilda Correia Rodrigues

O corpo de Zuilda Rodrigues (detalhe) foi encontrado nas proximidades do Centro de Eventos Dante de Oliveira

O policial militar Marcos Vinicíus Pereira Ricardi, de 26 anos, foi preso em flagrante por envolvimento na morte e ocultação de cadáver da enfermeira Zuilda Correia Rodrigues, 43, que estava desaparecida desde o dia 27 de setembro.

Marcos trabalhava no espetinho da família e confessou a participação no crime e indicou o local onde o corpo foi ocultado. O desaparecimento da enfermeira foi registrado em 28 de setembro pelo marido da vítima, Ronaldo Rosa, que também está envolvido na ação criminosa e que está foragido. Ele teria comprado um carro e, desde esta segunda (7), não foi mais visto.

Durante as investigações, foram realizadas diversas diligências como perícias técnicas no carro da vítima, análises de imagens, mensuração do tempo em que levaria cada ato narrado pelos suspeitos. O crime foi esclarecido após a equipe da DHPP realizar novo interrogatório com o policial, quando o suspeito confessou o crime, que ocorreu em frente à residência da vítima.

De acordo com o delegado Carlos Eduardo Muniz, o crime foi motivado por constantes discussões entre a vítima e o marido e também com o policial militar. “Ele disse que a ideia inicial era apenas dar um susto na vítima, simulando uma tentativa de roubo, porém, a situação saiu do controle e eles acabaram matando a mulher”, informa o delegado.

O policial indicou ainda onde eles ocultaram o corpo da vítima, que foi encontrado nesta terça (08), a aproximadamente 1,5 quilômetro do local em que foi jogado, uma tubulação de bueiro localizada nas proximidades do Centro de Eventos Dante de Oliveira, no município.

Por se tratar de um local de difícil acesso, as buscas contaram com apoio do Corpo de Bombeiros e também foram acompanhadas pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). O corpo estava em avançado estado de decomposição. Mas o filho da vítima reconheceu a mãe pelas suas roupas.

Com base nas evidências, o delegado lavrou o flagrante contra Marcos Vinícius pelo crime ocultação de cadáver e também representou pela prisão preventiva do suspeito e do marido da vítima, Ronaldo da Rosa, pelos crimes de feminicídio e ocultação de cadáver.

“A motivação ainda precisa ser verificada uma vez que essa é a versão apresentada pelo policial militar e o marido da vítima continua foragido”, disso Carlos Muniz.

Coletiva

A partir de então, eles continuaram essa empreitada criminosa e, segundo depoimento do policial militar, teve a ideia de se despejar o corpo no bueiro

Carlos Eduardo Muniz

Em coletiva de imprensa, o delegado Carlos Eduardo Muniz afirmou que toda a idéia da ação partiu do marido, o empresário Ronaldo Rosa. Ele teria convidado Marcos Vinícius e combinado o momento da simulação do assalto. Mas, ao receber o sinal, o homem já agredia sua esposa dentro do carro.

Marcos teria então segurado Zuilda, enquanto Ronaldo continuava a agredir a esposa até a morte. Foi o momento, segundo o delegado, que a “situação saiu do controle”. “A partir de então, eles continuaram essa empreitada criminosa e, segundo depoimento do policial militar, teve a ideia de se despejar o corpo no bueiro”, disse.

Carlos afirma que não foi usado qualquer tipo de arma na ação. “Somente a força”, disse. Zuilda também resistiu às agressões, pois foram encontradas marcas de pé no teto do carro, parte do forro foi rasgado, objetos do console estavam jogados pelo interior do veículo, além de tufos de cabelo e sangue. Tudo são indícios de luta corporal, de acordo com o delegado.

No dia seguinte ao desaparecimento, Ronaldo registrou boletim de ocorrência e contou que, após fazer buscas por conta própria em pontos da cidade, encontrou a caminhonete da enfermeira estacionada na frente de casa. Questionado se viu frieza na ação do marido, o delegado disse que não. “Acho desespero. Isso demonstra que são criminosos, que não tiveram preocupação com o resultado. As pessoas tentam criar álibis. Versões fantasiosas a induzir a investigação de que não cometeu o crime”.

Marcos trabalhava como entregador no espetinho de Ronaldo e Zuilda. Segundo o delegado, ele precisava do emprego, já que estava afastado da PM por responder a um processo demissório. Em nota, a Corregedoria da Policia Militar informou que, como o crime ocorreu fora do exercício militar, ele será investigado na esfera civil, mas que, mesmo assim, vai abrir uma apuração interna para avaliar a sua conduta – veja íntegra no final da matéria.

O delegado Carlos Muniz apontou que vai esperar resultados da perícia e verificar as informações fornecidas pela confissão do policial para montar o quebra-cabeça e “ter uma imagem clara do que aconteceu”. Disse também que está empenhado na busca pelo marido Ronaldo. “Uma pessoa, que foge da vida inteira, já está presa no destino”.

Nota da Corregedoria da PM

"O Comando do 3º Comando Regional da Polícia Militar, com sede em Sinop, informa que tão logo tomou conhecimento da acusação que pesa sobre o soldado PM determinou que oficiais militares acompanhassem as ações da Polícia Civil com o intuito de colaborar para o esclarecimento do homicídio da enfermeira e a participação do militar. Nesse sentido, desde a tarde e ontem(07) uma equipe do 3º CR diligencia conjuntamente com a Polícia Civil.

O soldado em questão está já estava afastado das funções militares respondendo processo demissório. E a PM esclarece que por se tratar de crime cometido fora no exercício da função militar a apuração ocorre na esfera civil, nesse caso específico na Delegacia de Homicídios de Sinop.

Todavia, a conduta do policial será objeto de apuração interna na PM, por meio da Corregedoria. A PM de Sinop permanece à disposta para auxiliar as investigações e reforça que o compromisso diário da instituição é em defesa da sociedade."

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Fim da CPI explorada pela oposição

misael galvao curtinha 400   Com voto "não" de pelo menos 16 dos 24 vereadores ao relatório que pede o afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro, a Câmara Municipal põe fim nesta quinta à polêmica CPI do Paletó, que se arrastou por quase três anos. Os três integrantes da Comissão...

Novo bloco de oposição tem 10 na AL

allan kardec 400 curtinha   A oposição está se ampliando na Assembleia. Já soma 10 dos 24 deputados. Eles se juntaram e criaram o bloco Resistência Democrática. O curioso é que, entre os integrantes, está o pedetista Allan Kardec, com menos de uma semana depois de ter deixado o primeiro...

Percorrendo MT para criar o Aliança

helio silva 400 curtinha   Hélio Silva (foto), que recentemente deixou o Podemos e abandonou o projeto de disputar vaga de vereador por Cuiabá, está percorrendo o Estado por coleta de assinaturas para ajudar na criação do Aliança pelo Brasil, futuro partido de Bolsonaro. Nos municípios por onde...

Barrada licitação pra comprar veículos

ronaldo 400 prefeito bom jesus do araguaia 400   Acatando a uma representação interna com pedido de cautelar, o conselheiro interino do TCE Moisés Maciel determinou que o prefeito Ronaldo Rosa de Oliveira, o Rone do Mureré (foto), de Bom Jesus do Araguaia, suspenda, de imediato, o pregão eletrônico para...

Fazendeiro deve disputar em Tangará

chico clemente 400 curtinha   Chico Clemente (foto), que está determinado a disputar a Prefeitura de Tangará da Serra pelo PSD, é fazendeiro e não precisa de política praticamente para nada. Mesmo assim, é conhecido por gostar muito dos bastidores, o que o levou a estar na direção de campanhas...

Vander sufocado em Tangará da Serra

vander masson 400 curtinha   Se até há poucos dias tudo indicava para uma possível eleição de Vander Masson (foto) em Tangará da Serra, agora a situação ganha novos rumos e se complica para o tucano. O filho do ex-deputado Saturnino vem perdendo o controle do cenário. Nos últimos...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.