ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 09h:54 | Atualizado: 12/01/2017, 17h:30

mobilidade urbana

Yet Go já opera em Cuiabá, quer taxis parceiros e preço tenta "peitar" Uber

Yet Go

Em Cuiabá, já são 532 motoristas cadastrados e 148 deles com toda a documentação aprovada

O aplicativo de mobilidade urbana Yet Go entrou em funcionamento em Cuiabá na última segunda (9). O serviço, que oferece transporte privado, chega à Capital prometendo preços mais baixos e ainda realizar uma concorrência saudável com a Uber. Entre os diferenciais do aplicativo estão a taxa única e o convênio com os táxis.

Segundo o CEO da empresa, Jailson Ferreira, o Yet Go já está funcionando em 23 cidade, como Porto Alegre, Fortaleza, Maceió, Recife, Alagoas, Manaus e Belém. A ideia inicial era liberar o funcionamento em Cuiabá somente na próxima sexta (13), mas a data foi adiantada porque, segundo o empresário, a cidade já está pronta para receber o serviço.

O principal objetivo do aplicativo é oferecer uma alternativa aos clientes nesse setor que tem pouca concorrência. “O consumidor tem o direito de ter uma livre escolha. O dinheiro suado é dele, ele precisa poder escolher o que cabe em seu bolso. E a única forma disso acontecer é havendo uma disputa saudável entre todo mundo, sem coerção nem nada do tipo”, defendeu Jailson.

Em Cuiabá, segundo o CEO, já são 532 motoristas cadastrados, sendo que 148 deles já estão com toda a documentação aprovada. Os profissionais que querem trabalhar no modelo precisam apresentar documentos do carro, pessoais, comprovante de residência e seus antecedentes criminais.

Um dos diferenciais do Yet Go é sua conexão com os táxis. No aplicativo, os taxistas podem usar seu carro para prestar serviço aos clientes do app. O diferencial, porém, é que eles terão que trabalhar com as taxas propostas pela própria empresa. “O que nós queremos é chamar os taxistas para o nosso lado. As pessoas precisam ter a liberdade de chegar no centro de Cuiabá e ter a possibilidade de, caso não tiver nenhum carro pelo aplicativo concorrente, chamar o taxista que está ali parado no ponto. Eles precisam se adequar a esse modelo de negócio também”, defendeu.

Além disso, a empresa afirma que ser 100% nacional é um dos seus trunfos. O serviço também disponibiliza um número para que clientes e motoristas possam reportar qualquer situação diferente aos responsáveis. “A gente é brasileiro e gosta de se comunicar. Não queremos ficar falando por mensagem de texto, desse modo criamos esse canal de comunicação”, elucidou.

Yet Go

Yet Go atende mais 23 cidades, como Porto Alegre, Fortaleza, Maceió, Recife, Alagoas e Manaus

O empresário relatou, também, que a empresa está sendo levada para Miami, nos Estados Unidos, e que deve, posteriormente, começar a funcionar em Portugal. Ele afirmou que, principalmente nos EUA, esse modelo de transporte é muito comum e que o mercado para eles lá fora é gigante.

Em fevereiro os responsáveis pelo negócio deverão se reunir para avaliar as projeções e fazer um primeiro balanço sobre os resultados da utilização da ferramenta em Cuiabá. 

Perguntado sobre a possibilidade do aplicativo sofrer com proibições ou regulamentações, o CEO afirmou não ter medo, já que “com o Yet Go não existe jeitinho brasileiro, nós estamos ao rigor da lei”. Em Várzea Grande, por exemplo, a Uber foi vetada, mas a prefeita Lucimar Campos (DEM) prometeu estudos para viabilizar o serviço.

Ele contou que a ferramenta chegou a ser proibida em Belém, mas que após uma decisão judicial o funcionamento foi liberado novamente. 

Serviço

O Yet Go oferece viagens em quatro tipos: carro comum, de luxo, táxi e moto taxi. As taxas não variam e o pagamento pode ser realizado tanto pelo cartão de crédito quanto por dinheiro.

Para o carro comum, as taxas cobradas são de R$ 1,7/km e mais R$ 0,15 por minuto. A tarifa mínima para o serviço específico é de R$ 3. No caso do luxo, a tarifa é de R$ 2/km e R$ 0,25 a cada minuto. O mínimo cobrado pela corrida é R$ 3.

Com os táxis, a cobrança estipulada é R$ 2/km e R$ 0,20 a cada minuto. A corrida com os táxis será cobrada em um mínimo de R$ 4. No caso do moto taxi os valores serão R$ 1/km e nenhum adicional por minuto. A cobrança mínima dessas viagens será de R$ 3.

Entre os diferenciais oferecidos pelo aplicativo também está o “Yet Go 10”. Jailson explicou que uma vez por mês, durante o horário comercial qualquer corrida terá o preço de R$ 10.

O aplicativo pode ser baixado pela "Google Play", em celulares com sistema operacional Android ou pela "App Store" para usuários de Iphone. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • MARCO | Sexta-Feira, 13 de Janeiro de 2017, 08h31
    1
    0

    Adeus Taxis!

Matéria(s) relacionada(s):

Joaquim vê tentativa de ferir sua honra

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim, que aguarda oficialização de sua aposentadoria de conselheiro do TCE pelo Palácio Paiaguás para poder se lançar pré-candidato a governador, se mostra revoltado com o que chama de uso político da lista de materiais apreendidos pela PF em sua casa. Foram...

Aliados de Percival não querem Taques

percival muniz pps   Alguns filiados do "nanico" PPS e pertencentes ao grupo de Percival Muniz (foto) estão resistindo a ideia de receber a filiação do governador Taques, que está disposto a deixar o PSDB. O curioso é que esse movimento ganha corpo sem o conhecimento do próprio ex-prefeito rondonopolitano....

Derrota aos Viana e novo grupo político

leo bortolini curtinha   Léo Bortolini (foto), prefeito peemedebista interino, "enterrou" de vez o grupo dos Viana, ao vencer a vereadora Carmen Betti (PSC) neste domingo com 69% dos votos válidos, na eleição suplementar em Primavera do Leste. O peemedebista segue no comando do Executivo até 2020. Léo...

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

MAIS LIDAS