Legislativo

Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018, 16h:05 | Atualizado: 11/04/2018, 16h:08

Senado

Medeiros contrapõe petistas e pede para incorporar Moro a seu sobrenome confira

Gilberto Leite/Rdnews

Renuncia vice governador Carlos Favaro

Senador José Medeiros diz que se for para mudar, fica do lado da Justiça e pede para acrescentar Moro a seu nome

O senador José Medeiros (Podemos) resolveu contrapor os petistas que estão se solidarizando com o ex-presidente Lula (PT), preso em Curitiba (PR) desde o último sábado (7). Nesta quarta (11), ele encaminhou ofício ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) pedindo que seu nome seja alterado nos registros da Casa e no painel eletrônico do plenário para José Moro Medeiros em homenagem ao juiz federal Sérgio Moro.

“Se for para mudar o nome, eu fico do lado da Justiça”, postou Medeiros nas redes sociais fazendo alusão a Moro, que decretou a prisão de Lula após a condenação em segunda instância no caso do triplex do Guarujá, cuja pena imposta foi de 12 anos e 1 mês de reclusão em regime inicial fechado.

Medeiros está fazendo contraponto à bancada do PT na Câmara dos Deputados e no Senado. Isso porque que os deputados federais e senadores petistas começaram a incorporar Lula em seus nomes.

O PT possui 57 deputados federais. No Senado, a sigla conta com 9 representantes.

O deputado federal Ságuas Moraes ainda avalia se pedirá a incorporação. Caso decida acompanhar os correligionários, passará a ser chamado de Ságuas Moraes Lula.

Após a mudança, quando um membro da Mesa Diretora for se referir ao parlamentar, terá que chamá-lo também pelo nome Lula incorporado. No entanto, as mudanças ainda precisam da aprovação dos dirigentes tanto da Câmara dos Deputados quanto do Senado.

Reprodução

of�cio Jos� Moro Medeiros

Em ofício com assunto "Alteração de nome parlamentar" senador José Medeiros pede para acrescentar sobrenome Moro ao seu próprio nome

 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • gILSTON | Quinta-Feira, 12 de Abril de 2018, 10h15
    0
    0

    Não pode.., a legislação eleitoral proíbe uma vês que o politico tem que usar o nome que foi registrado na urna ou na campanha eleitoral, seja nome ou apelido mas tem que ser o que esta na urna eleitora. Pode até perder o mandato já que o novo nome não passou pela urna eleitoral. TRE/MT precisa ficar atento.

  • Francisco Antonio de Almeida | Quinta-Feira, 12 de Abril de 2018, 08h39
    1
    1

    Tanto este parlamentar que quer usar o "MORO", como os demais parlamentares que querem usar o "LULA" no nome estão no parlamento sem saber o que fazer, o melhor que eles fazem é calar ou procurar algo útil para fazer que corresponda ao cargo que ocupam. Principalmente no senado tem alguns que não sabem mesmo o que fazer pois subiram ao poder usando os votos dos titulares.

  • roberto luiz | Quinta-Feira, 12 de Abril de 2018, 08h33
    2
    2

    Isso ai Medeiros... Se fizeram aquela besteira colocando LULA no nome, porque não homenagear o grande herói do BRASIL... #SOMOSTODOSMORO

  • Rodrigo dias | Quinta-Feira, 12 de Abril de 2018, 08h32
    0
    2

    Esse Sr, com todo respeito ao cargo, não passa de uma cavalgadura. Mato Grosso anda ruim senador viu. Tirando WF, os sem votos, pelo amor de Deus. Vote!!!!

  • SADY DE MOURA | Quinta-Feira, 12 de Abril de 2018, 08h20
    1
    1

    Não teve voto neum para chegar ao senado até hoje é questionado uma tal de ATA e ainda faz um papelão disso seja mais serio senador.. pare de fazer teatro.

  • Marcelo | Quinta-Feira, 12 de Abril de 2018, 00h20
    2
    0

    Kkkkk Santa hipocrisia, vão trabalhar que é muito bom, seja esse suplente de senador ou o povo do pt. Parem de fazer teatro, querer ganhar mídia. Vocês não estão num circo mas se comportam como anfitriões das cenas, a diferença é que no circo nós damos rodadas das palhaçadas alegres e contagiantes. Vão fazer jus ao que ganham e parem de usufruir do erário sem o devido mérito. Patati Patatá, Comadre Nhara, Nico e Lau, nos socorram..........o teatro desse povo é muito FRACO.....

  • Ronaldo botelho Pinto | Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018, 23h18
    5
    1

    É moto deveria averiguar como o sro chegou aí. Fica quietinho.

  • Amarildo | Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018, 20h00
    0
    0

    Amarildo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • José da Rocha Filho | Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018, 19h49
    0
    0

    José da Rocha Filho, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Hélio | Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018, 18h30
    3
    2

    Isso sim é atitude de um Senador da República. Se a bancada do PT erra, o Senador sem votos também não fica atrás. Parecem crianças brincando (sem ofensa as crianças é claro).

Matéria(s) relacionada(s):

15 vão concorrer pela Grande Cáceres

moraes curtinha   Pelo menos 15 da região Oeste, que agrega mais de 20 municípios, estão se articulando para concorrer a deputado, sendo 7 deles de Cáceres. Dois vão a federal: Ezequiel Fonseca (PP), de Reserva do Cabaçal e que busca a reeleição, e o estadual Leonardo Albuquerque (SD), baseado...

Ataques de Pivetta dividem opiniões

otaviano pivetta curtinha lucas   Os ataques do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (foto), do PDT, ao governador Pedro Taques (PSDB) dividem opiniões. Uns acham que ele agiu com desrespeito quando definiu Taques como vagabundo, mentiroso, ladrão de sigla partidária e narcisista. E, diante disso, disseram que...

Irmão de senador disputa a estadual

wener santos nova marilandia curtinhas   O ex-prefeito de Nova Marilândia Werner dos Santos (foto), derrotado à reeleição em 2016, vai concorrer a deputado estadual, mesmo sem apoio irrestrito do irmão, o empresário e senador Cidinho Santos. Filiado ao PP, depois de sair do PR de Cidinho, Werner tem fomentado...

Salgadeira é "pepino" em 2 gestões

Não foi desta vez que a população pode começar a desfrutar das belezas do Complexo Turístico da Salgadeira. Pela segunda vez, o governo adiou a inauguração das obras de reestruturação. O local está fechado há quase 8 anos. O problema se arrastou por toda a gestão Silval e, ao que parece, vai ser resolvido no último ano do governo Taques, que se encerra em dezembro, caso ele não seja reeleito. Era...

Deputados com chances de reeleição

eduardo botelho curtinhas   Quase todos deputados estaduais consideram que entre 10 e 12 dos 21 que vão tentar a reeleição devem obter êxito nas urnas. E apontam, em privado, os com as maiores chances, inclusive com expectativa de mais de 30 mil votos: Botelho (foto), Nininho, Janaína Riva, Zeca Viana e...

Rede de aliados para se tornar federal

neri_geller_curtinha.jpg   Com a estatura de quem foi ministro da Agricultura do Governo Dilma e depois retornou como secretário de Política Agrícola da gestão Temer, Neri Geller (foto) montou uma rede estruturante de aliados capaz de já projetá-lo como futuro deputado federal. Aproveitou os últimos...

Assumindo culpa por "fantasma" na AL

abilio moumer curtinha   Numa postagem em sua página pessoal no Facebook, Abilio Moumer (foto), pai do vereador por Cuiabá Abílio Júnior e marido de Damaris Rasteli, tem a coragem de usar o nome de Deus e da igreja para, depois, pedir perdão. Se revela culpado pelo deputado Sebastião Rezende, evangelista da...

Rossato e Selma já têm até marketing

selma arruda curtinha   Dilceu Rossato, ex-prefeito de Sorriso, e Selma Arruda, que se aposentou prematuramente como juíza de Direito para poder se candidatar a cargo eletivo, estão mais bem planejados e organizados do que se imagina, surpreendendo até aqueles políticos mais tradicionais que costumam empurrar as...

Se Mauro recuar DEM volta pra Taques

jayme campos curtinha   O DEM segue aguardando decisão do indeciso empresário Mauro Mendes para puxar candidatura a governador. Mas, caso o ex-prefeito cuiabano desista de disputar o Paiaguás, o partido abriria duas possibilidades. Uma seria voltar para os braços do governador Taques e apoiá-lo à...