Polícia

Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 14h:45 | Atualizado: 10/09/2019, 07h:27

OMISSÃO

Delegado revela que investiga se pai da menina envenenada é cúmplice da esposa

delegado Wagner Bassil

Delegado Wagner Bassi é um dos responsáveis por investigação do caso

O pai da menina Mirella Poliana Chue de Oliveira, de Cuiabá, envenenada aos 11 anos, supostamente pela madrasta, também é investigado pela Polícia Civil. A madrasta foi presa nesta manhã (9). O pai não.

Se confirmadas as suspeitas de que ele tenha participação no crime, pode responder por homicídio qualificado. Um dos delegados responsáveis pelo caso, Wagner Bassi, mantém o nome do homem em sigilo. A madrasta foi identificada como Jaira Gonçalves de Arruda, 45.

Segundo Bassi, Jaira é quem “mandava” em casa. O marido não podia se intrometer. “Tanto que ele a defende. Diz que não acredita que ela tenha feito isso. Assim como ela afirma que não fez”, detalha o delegado que, depois, completa: "a princípio só ela foi presa. Ele continua sendo investigado e no mínimo pode responder por omissão”.

menina envenenada

Mirella Poliana e, no destaque, a madrasta

Histórico

A menina, após a morte da mãe no parto, por erro médico, foi criada pelos avós paternos. Mas, um deles morreu em 2017 e o outro no início de 2018.

Desde então, ela foi morar com o pai e a madrasta. “Por coincidência, 2018 foi o ano em que o dinheiro foi liberado (R$ 800 mil)”, ressalta o delegado, se referindo à indenização judiciação decorrente de ação impetrada pelos avós da criança, devido ao erro no parto.

A trama

O delegado Bassi conta que tudo começou com a menina sendo impedida pela madrasta de visitar e receber os familiares tanto maternos quanto paternos.

Em seguida, ela começou a passar mal, devido ao envenenamento silencioso, e foi hospitalizada nove vezes, em dois meses, até morrer em junho deste ano.

Laudo pericial confirmou que o pesticida que a matou é o altamente tóxico carbofurano, de venda proibida no Brasil.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Anonimo | Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 00h02
    4
    0

    Qual foi a causa morte dos avós? No mínimo estranho isso.

  • Cidadão | Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 21h26
    1
    4

    Parabéns ao site por divulgar o nome do veneno para que outras "mentes brilhantes" façam o mesmo.... Meus parabéns...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.