Polícia

Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020, 18h:25 | Atualizado: 16/07/2020, 10h:36

DEPOIMENTO

Garota diz que namorado de 16 anos deixou arma na casa dela por temer blitz

Reprodução

Alphaville em Cuiab�

A adolescente de 14 anos, responsável pelo tiro acidental que matou a amiga, Isabele Guimarães Ramos, da mesma idade, afirmou que a arma que disparou era do namorado de 16, que pediu para deixar um case com duas armas na casa da família dela, no condomínio Alphaville, em Cuiabá. A afirmação foi feita durante seu depoimento colhido ontem (14), na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

De acordo com ela, o adolescente pediu ao pai dela, Marcelo Martins Cestari, para guardar as armas na casa, já que estava com medo de ser parado em uma blitz. A menor ainda afirmou que o namorado foi até a residência por volta das 15h e levou as duas armas sem avisar previamente. Todos da família praticavam tiro esportivo. 

Ele teria mostrado as armas para amigos e familiares da adolescente. Ela contou à polícia que, então, todos jantaram e o adolescente foi embora, deixando o case no braço do sofá da sala. Em seguida, Marcelo teria pedido para que alguém guardasse-as no closet. 

Em depoimento, a menor contou que acabou se prontificando a guardar as armas. No mesmo momento, teria percebido que Isabele subiu as escadas em direção ao quarto dela e resolveu ir atrás para ver o que a amiga estava fazendo. 

Quando chegou no cômodo, a adolescente teria chamado por Isabele, que não respondeu. Ela então teria entrado no closet, onde fica um banheiro. Como a amiga não atendeu aos chamados, a menor afirmou que resolveu bater na porta, momento em que o case teria caído no chão. 

De acordo com ela, uma das armas caiu parcialmente para fora do case. Com uma das mãos, ela segurou uma das armas e com a outra o objeto onde elas estavam guardadas. Ela explicou aos policiais que acabou se desequilibrando. Antes do disparo, ela afirmou ter colocado uma arma sobre a outra. 

Ela ainda contou que, no susto, teria fechado os olhos e começado a gritar pelo apelido da amiga. A menor também disse aos policiais que não lembra se a amiga chegou a abrir a porta do banheiro, pois estava prestando atenção nas armas. 

Por conta dos gritos, o irmão da menor teria entrado no cômodo e, ao se deparar com ela segurando o case, pediu para que ela fosse guardar o mesmo. Ele teria entrado no banheiro e, em seguida, gritado por socorro. 

A menor narrou que foi até o quarto da mãe e "enfiou" as armas no closet. Quando voltou para o cômodo onde o disparo havia acontecido, conseguiu ver as pernas de Isabele, que estava caída no chão, mas explicou aos policiais que não teve coragem de se "deparar com a cena inteira". 

Marcelo teria chamado o Samu e pedido para que alguém avisasse a mãe da vítima, que mora no mesmo condomínio. A adolescente, a mãe dela e irmã foram juntas buscar por um médico conhecido da família para atender a garota atingida.

Ela também afirmou aos policiais que não se lembra de ter apertado o gatilho, mas ressaltou que "acredita" que possa ter apertado. A menor ainda explicou que não brigou com Isabele no dia do crime e que não tinha intenção de "tirar a vida da melhor amiga". O caso passa a ser investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica). 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Realista | Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020, 11h18
    14
    0

    Como disse anteriormente o comentarista Marcio, agora é assumir a bronca de ter tantas armas em casa. Arma de fogo mata rápido querendo ou não querendo. Faltou cuidado e envolveu menores no triste evento de resultado trágico. Meus sentimentos aos familiares da falecida, essa sim a maior perdedora, pois perdeu a vida precocemente, como também a sua mãe que vai carregar essa dor até o último dia de sua existência.Que a justiça seja feita. .

  • MARCIO | Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020, 10h50
    15
    0

    cadeia em todos...quer armas então assuma a bronca1! sem querer ou querendo mata igual

  • LUCAS FERRAZ | Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020, 08h29
    19
    0

    Essa "estória" tá muito mal contada, tá parecendo que o cenário foi armado e deve ter sido bem instruído pelo advogado para caracterizar como acidente, mas na minha opinião o que houve foi um exibicionismo arrogante por parte desta jovem que atirou, pra constranger ou intimidar a amiga, de modo que ao apontar a arma e manusear contra a vítima, a arma tenha disparado e matado a jovem.

  • Paulo | Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020, 07h47
    15
    0

    Todo dia uma versão diferente pro caso. Agora a culpa é toda de adolescentes (Di menó), se apertar um pouco vai acabar a culpa sendo da vítima ou que foi a própria que disparou a arma.

  • luci | Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020, 07h42
    13
    0

    Historia mal contado, tem verificar pela camera da casa .

  • Mentira tem perna curta | Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020, 07h04
    14
    0

    Engraçado que ouvi um áudio do senhor excelentíssimo presidente da federação de tiro falando q a arma seria do tal empresário e q deixava municiada P proteção das outras armas e de sua família. Bom do MP pegar esse áudio...

  • ZÉ BACURI | Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020, 21h26
    20
    1

    ESTRATEGIA DA DEFESA NO CASO ENVOLVE DOIS INIMPUTÁVEIS. PARABÉNS AOS ADVOGADOS DE DEFESA. VAI SAFAR O PAI DA ADOLESCENTE A CULPA É DA VÍTIMA QUE ESTAVA NO LUGAR ERRADO NA HORA ERRADA....

  • Fanny Santana | Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020, 20h02
    22
    2

    Falso testemunho não é crime? Pq o Marcelo contou uma história totalmente diferente ao que tá aqui! Sinceramente? Não tem como acreditar em nada do que essa família diz.

  • Roberto | Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020, 19h32
    27
    0

    Cada hora uma versão mais mentirosa.

  • joana | Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020, 18h55
    28
    0

    Meus sentimentos a familia da menina que faleceu. Fiquei com uma duvida o namorado so ficou com medo de ser parado em uma blitz na volta? e a ida para a casa da namorada tudo bem ?

Licença da PRF para disputar eleição

Arthur Nogueira_400_curtinha   As eleições municipais e ao Senado continuam inflacionando o número de pré-candidatos. O ex-superintendente da PRF, Arthur Nogueira (foto), anunciou que se afastou das atividades policiais para colocar o seu nome à disposição da Rede para concorrer a vaga da senadora...

Possível recuo de Fábio pra prefeito

fabio garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal, primeiro-suplente do senador Jayme e presidente estadual do DEM, Fábio Garcia (foto), faz mistério sobre encarar ou não a corrida pela Prefeitura de Cuiabá. Empurrou a decisão para a próxima semana, sem precisar data e horário. O dirigente do...

Fórum aponta traição de 3 deputados

joao batista 400 curtinha   Fórum Sindical está na bronca com os deputados que aprovaram a reforma da Previdência, mas voltam seus canhões com mais força contra 3 deles: João Batista (ex-presidente do Sindispen), Delegado Claudinei e Faissal Calil. Em nota, o Fórum dispara que se elegeram com os votos...

Vereadora cacerense vira opção à vice

valdeniria 400 curtinha caceres   Em Cáceres, a vereadora de cinco mandatos Valdeniria Dutra Ferreira (foto), do PSC, está sendo cortejada pelos principais pré-candidatos a prefeito. Todos querem-na de vice da chapa. Até Paulo Donizete, que entrou na disputa majoritária apoiado pelo prefeito Francis Maris, passou...

Selma deve mesmo deixar o Podemos

selma arruda 400 curtinha   Para evitar um novo pedido de expulsão do Podemos, Selma Arruda dá sinais de que deixará o partido nos próximos dias. A ex-senadora, que preside o Podemos de Cuiabá, foi "convidada" a deixar a sigla após demonstrar resistência em apoiar a pré-candidatura do deputado...

Arco de alianças define vice de Eliene

eliene liberato 400 curtinha   A professora e vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato (foto), pré-candidata do PSB à sucessão municipal, disse que a definição do nome para vice de sua chapa só sairá na pré-convenção. Até lá, o amplo arco de alianças...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.