Polícia

Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 11h:00 | Atualizado: 09/12/2019, 11h:50

JARDIM INDEPENDÊNCIA

Moradores denunciam torneio organizado por facção e pedem socorro - confira vídeo

Moradores do bairro Jardim Independência, em Cuiabá, cansados das confusões, desordem e brigas durante os campeonatos de futebol - realizados no mini estádio da região, aos sábados - denunciam que estes eventos são organizados por integrantes de uma facção criminosa. Ao , pedem para não ser identificados, mas relatam que o caso já foi denunciado à secretarias municipais de Ordem Pública; de Cultura Esporte e Turismo; e de Meio Ambiente e Desenvolvimento.

Reprodução

Festa e torneio realizado aos s�bados no Jardim Independ�ncia

Festa e torneio são realizados aos sábados no Jardim Independência. Moradores reclamam de barulho e confusões

“No dia 30 foi publicado em vários sites que a Polícia Militar entrou com truculência. Mas é mentira. Todo sábado e domingo é isso. Uma desordem nesse campo e no centro comunitário. Música de apologia ao crime, menores bebendo, enfim, nós moradores não aguentamos mais essa situação”, desabafa uma testemunha.

Revoltados, eles enviaram um documento no qual relatam a situação à secretaria de Ordem Pública. Nela, afirmam o grupo tranca as ruas e que pessoas saem empinando motos e fumando maconha. “No sábado, uma mulher deu entrevista falando que os policiais estavam agredindo, mas é mentira. Eles chegaram e foram recebidos com xingamentos e pedradas. Moleques correndo para conseguir esconder drogas, isso é todo final de semana”.

A confusão aconteceu no sábado (30), durante a comemoração do resultado de uma partida de futebol. Segundo o boletim de ocorrência, os militares foram ao local depois de receberem denúncia sobre tráfico de drogas e som alto.

“É cheio de caras de tornozeleira. Vi em matérias que dizem que moradores reclamaram da PM. Mentira! Nós é quem chamamos. Estamos pedindo socorro. Essa mulher que falou não representa os moradores. Esse campo do Independência já deveria ter acabado porque não sabem jogar bola sem perturbar o sossêgo público e tenho certeza que essa dona foi tentar impedir o filho de ser preso e agrediu os policiais”, disse outro morador. Neste sábado (7), segundo testemunhas, um novo evento ocorreu com os mesmos "ingredientes".

Apuração

Devido a reclamação de uma família sobre truculência da PM, a Corregedoria abriu procedimento, porém aguarda a formalização da denúncia contra os policiais.“Estamos pedindo, por favor, nós cidadãos de bem não aguentamos mais!”.

A secretária de Ordem Pública, sob o coronel Salles, informa que ainda não recebeu as reclamações. "Assim que formos provocados, faremos os devidos encaminhamentos", assegura.

Por meio de nota, a secretária de Cultura, Esporte e Turismo pede que seja realizada queixa formal sobre os fatos ocorridos para que, juntamente com a Ordem Pública e demais autoridades competentes, possa averiguar em que situações estão sendo realizados os eventos no local.

A pasta reforça a importância do diálogo entre Poder Público e comunidade e se coloca à disposição dos munícipes. "Os mini estádios são espaços públicos de lazer e promoção de qualidade de vida para a comunidade e qualquer atividade realizada no local, que não seja compatível com seu propósito será averiguada e tomada as medidas cabíveis".

Em fevereiro o fez uma reportagem sobre torneios festas e torneios esportivos amadores em bairros realizados pelo CV.  As ações ganharam mais força no segundo semestre de 2018. Moradores dos bairros Cidade Verde e Novo terceiro, por exemplo, já foram contemplados com eventos. Relatam, sem se indentificar, que as regiões estão nas mãos da facção criminosa, que estaria fazendo o papel de um Estado paralelo. A maior preocupação desses populares é a cobrança de “arrego” ou mensalidades.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Allana | Sábado, 14 de Dezembro de 2019, 09h45
    1
    0

    Olha só a sujeira que fica no bairro, sem contar a baderna o som muito alto do rapaz que narra o jogo do som automotivo e depois os djs da facção no centro comunitário só incentivando o crime!

  • marcelo moreira | Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 17h15
    1
    0

    Muita baderna desde o som do locutor muito alto depois os carros de som depois abrem o centro comunitario e a baderna continua, está longe de ser um ambiente de lazer, escureceu começa o inferninho, um verdadeira baile funk do Rio de Janeiro em Cuiabá, regado a muita droga, arma, prostituicao e bebidas, não vamos deixar isso continuar prof Arlindo e uma enganação, e ninquem que vem mora no bairro tudo de fora. Por favor nos ajudem rdnews para o crime não vencer. Jardim independência agradece a materia🙏🏻🙏🏻

  • Arilson nunes | Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019, 10h55
    1
    0

    Insuportável esse jogo, só bagunça, som muito alto, drogas, e muita sujeira mesmo acaba com o bairro, melhor aproveitável para um ambiente social ao bairro e arrumar a pracinha ai sim os moradores do independência agradecem, presidente do bairro não faz nada e convivente com essa pouca vergonha outro mulambo! Faça por merecer sr Gilson arrume nossa pracinha e acabe com essa baderna.

  • Thiago | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 09h08
    1
    1

    Bom dia, sinceramente eu adoro futebol, jogo bola nesse campo, mais acho inconveniente esse negócio de som alto tanto do narrador como som automotivo, me coloco no lugar desses moradores, eu em csa com meu filho sem conseguir descansar em pleno sábado, por causa de uns e outros estraga todo o time, então senhores vamos jogar bola e esquecer o som por favor. Parem com a baderna, desculpe aos moradores do bairro por esse evento sem estrutura e sem organização iremos rever!

  • joana | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 15h31
    3
    1

    aqui em VG tambem tem na ponte nova perto daquele clube laço alguma cooisa

  • Edmar | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 12h51
    4
    1

    Por mim nem futebol tinha detesto. Fora a sujeira que fica em volta do campo só mosquito da dengue, nesse espaço daria um belo residencial melhor aproveitável.

  • Luana | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 12h36
    5
    0

    Digite o texto aquiDigite o texto aquiEsses que estão defendendo, levem eles para suas casas e deixa usarem drogas .. o fato e verídico nos moradores não precisamos mentir muito menos fazer montagem de vídeo. Só pra deixar claro! Uns dos vídeos foi eu quem fiz!!!! Faz como o Luís falou ,vão lá após as 18:00 veras e filmaras oque estamos relatando.. lógico que o arlindo nem o Luís vê.. após o jogo vao embora e deixam a baderna seguir na rua e no centro comunitário o próprio video da pra entender quando a música fala palavrão, vcs são surdo ou oque e tem várias músicas ao mesmo tempo comprovando o raxa de são eu como moradora tenho que sair de casa pra ter paz, trabalho a semana inteira sábado até às 15 quando chego em casa pra descansar começar essa baderna, isso e complicado.. espero que os próximos jogos sejam feito no MINI ESTÁDIO QUE ESTA LA PRA ESSES TIPOS DE EVENTOS.. e não no campo de futebol.... Lembrando já que não tem facções,no dia 30 pq os caras saíram correndo pulando muros,jogando drogas xingando e jogando pedras nos PM.. haaa levam eles para casas de vcs... E deixa nos moradores de bens em paz!

  • Elizangela | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h30
    8
    1

    Pessoal Discutir aqui não leva a nada, sou moradora da rua também e muito antiga, e o fato é verdadeiro, o vídeo não tem montagem, o som do locutor muito alto, som automotivo insuportável, muita gente que trava a rua, muita bebida alcoólica, e quando acaba o jogo aquele centro comunitário que era p ser de lazer vira uma boate iqual do Rio de Janeiro só funk de apologia ao crime. Se resolve se essas coisas o jogo de bola e até uma atração, mais enquanto isso fica minha nota de repúdio aos organizadores e a quem pactua com esse absurdo, infelizmente 😔😔

  • Ricardo | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h10
    5
    1

    todo sábado e uma bagunça uma desordem nesse campo, nos moradores não aguentamos mais, pelo amor de Deus, a alguns anos atrás era tranquilo mais nesse último ano se tornou insuportável, iqual o Santos disse, muita droga muita bebida, incontrolável som muito alto, o pessoal do time urina nos nossos muros, sem nenhuma organização sem nenhuma estrutura, o luis e o Arlindo não moram próximo para esta defendendo essa desordem , não tem um Sabado que consigo ficar com minha família em csa, cheiro de Maconha e insuportável, fora o som alto tanto do narrador como dos carros de som, tanta gente no meio da rua que quando passo batem no vidro como o Santos disse um absurdo, e Qnd acaba o jogo abrem o centro comunitário colocam uma musica de Apologia ao crime que só Deus msm p aguentar, cadê o presidente do bairro Gilson que não vê isso, cadê o cel Sales cadê o secretário vuolo???? Nos cidadãos de bem que moram próximo do campo pedimos socorro, não aquentemos mais, kd as autoridades queremos que resolvam isso, os jogadores podem ser pessoas de boa mais nao tem nenhuma organização nem estrutura esse campo, e o mais terrível e o som alto, se acabasse com o som alto seria melhor, iqual era os outros anos.

  • LUIZ DA PENHA | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 10h07
    7
    6

    Dá pra perceber que a reclamação não vem de moradores, mas de um morador. Quem sabe não é o Santos Santos que reclamou acima? Deve ser um novo morador nos arredores daquele campo e não aprendeu a conviver ainda. Esse campo existe há mais de 20 anos e todos os anos tem campeonato, onde os moradores se confraternizam, se divertem e alguns ambulantes geram rendas pra sí e família. Caixas de som realmente são colocadas na beira do campo com muita música e para narração empolgante das partidas. Mas aquele tipo de música que mostraram no vídeo nunca ouvi por lá. Da de perceber pelo som que a música estava tocando ao lado de quem filmava o movimento no campo. Montagem!!! Quem organiza o campeonato há muito tempo por lá é o prof. de Ed. física Arlindo. Pessoa da melhor qualidade e campeonato bastante movimentado. O barulho tá muito alto? Chama conversa e todos saem contentes. Não pode mentir, inventar, tentar fazer de algo admirável, uma coisa reprovável, só porque não gosta de futebol. Absurdo! Vamos nos divertir, que a vida é muito curta. Segue o jogo!!! Kkkk

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.