Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Palácio Paiaguás

Jayme e Wilson afinam discurso de oposição

Fernando Ordakowski
 

 
Senador Jayme Campos e o prefeito de Cuiabá Wilson Santos fazem acordo para governador e unem DEM e PSDB

 Jayme Campos e Wilson Santos, que foram inimigos políticos históricos nas décadas de 1990, decidiram desde já bater o martelo sobre alianças majoritárias, principalmente para o governo do Estado, seguindo a conjuntura nacional que contempla DEM e PSDB no mesmo palanque na corrida à sucessão presidencial. A partir de agora, o senador e o prefeito de Cuiabá vão afinar o discurso como opositores ao Palácio Paiaguás e disparar críticas e ataques ao governo estadual. Esse contraponto, na tentativa de descontruir a gestão Blairo Maggi e atingir o vice Silval Barbosa, pré-candidato a governador pelo PMDB, vai se intensificar a partir de 31 de março, quando Maggi deixa a cadeira de chefe do Executivo para buscar projeto ao Senado.

    Com a máquina estadual sob seu controle, Silval partirá para a reeleição. Terá a seu favor uma estrutura com 24 secretarias, órgãos e empresas vinculadas e que empregam quase 100 mil servidores e um orçamento de quase R$ 9 bilhões. Se de um lado, o nome do peemedebista ganha visibilidade e deve aglutinar apoios de partidos governistas, como PT e PR, de outro, vai virar "saco" de pancada dos opositores. A dupla Jayme-Wilson já começou a agir nos bastidores. Seus principais assessores começaram a mapear o Estado, para detectar onde o nome de Silval tende a crescer, para entrarem em campo.

   Jayme e Wilson fecharam acordo para o nome que melhor pontuar nas pesquisas de intenção de voto, em pesquisa a ser feita entre fevereiro e março, vir a ser o candidato ao Paiaguás do grupo. Hoje, a vantagem seria do tucano. No geral, Jayme oscila entre segunda e quarta colocação. Alguns acham que a coligação PSDB-DEM trará desgaste para os dois grupos, que foram adversários no passado. Quando era deputado estadual nos anos 90, Wilson batia dura em Jayme, que ocupava a cadeira de governador pelo velho PFL (hoje DEM). Os dois só foram se aproximar nas eleições de 2002. Mesmo assim, as cúpulas tucanas e democratas acham que as rusgas do passado não vão enfraquecê-los e nem trazer desgaste junto ao eleitorado. Os dois possuem perfis similares. São populistas. Wilson se destaca pelo bom discurso, mas enfrenta problemas administrativos em Cuiabá por causa de projetos empacados, como alguns obras macro de infraestrutura, entre elas as avenidas das Torres e Rodoanel e os projetos do PAC, que devem receber R$ 238 milhões da União, com contrapartida do Estado na área de saneamento em geral.

   Jayme nada tem a perder. Ex-prefeito de Várzea Grande por três mandatos e ex-governador, o democrata tem o mandato de senador assegurado até 2014, ano em que Cuiabá será uma das 12 sedes da Copa do Mundo. Se vier a disputar o Paiaguás de novo e perder, Jayme tem a cadeira no Congresso Nacional garantida. Também correm por fora como alternativas ao governo do Estado o empresário Mauro Mendes (PSB) e o juiz federal Julier Sebastião da Silva, que tem até 4 de abril (6 meses antes das eleições) para decidir se será ou não candidato. 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Flávio Martins Gomes | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 13h43
    0
    0

    Grande prefeito que Cuiabá ja teve e ninquem nunca encontrará outro, wilson vamos lá MATO GROSSO precisa de vc, vamos acabar com essa maracutaia do Governo MAGGI que so atrasa MATO GROSSO. Famosa musica do nosso Grande e ilustre Amigo DANTE DE OLIVERA. VAI MATO GROSSO SEGUE ADIANTE É HORA DA VIRADA.. VAMOS WILSON CONFIAMOS EM VC. É HORA DA VIRADA..

  • Samir Sebastião da Costa Ribeiro | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 18h31
    0
    0

    Wilson Santos tem costume de trair mesmo heim!!!!! Wilson tem que ser verdadeiro e não pode deixar companheiros para trás ou trair. E eu soubesse desse estilo antes nunca teria te apoiado para prefeito em 2008. Por isso o segundo turno a vossa excelência perdeu o meu apoio. O senhor terá que pagar todas as suas dívidas para voltar a pedir votos e apoio. Só assim o senhor poderá ter apoios perdidos.

  • Antonio Marcos | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 09h55
    0
    0

    Jayme Campos - teria como explicar seu patrimônio??? Wilson Santos teria como explicar seu patrimônio??? Wilson sempre pixou a família Campos, tendo declarado certa feita que jamais subiria em palanque com Júlio Campos irmão de Jayma - em 1998 traiu Dante e foi para o palanque com Júlio. Jayme precisa apresentar para população de MT prestação de contas de sua atuação no Senado, pois já se vão 4 anos e cade algum projeto de destaque. Fica essa policagem barata. O POVO precisa rever sua memória. Toda essa "conspiração" tem o endereço do Poder e das benécias deste. Toda familia Campos tem um empreguinho no governo. Jayme sempre foi aliado de primeiro minuto com Blairo, de repente, bandeia-se para Wilson. É MEU POVO, O CARÁTER É ALGO MUITO SÉRIO.

REFORÇO JURÍDICO

Eraí Maggi bate duro para Fávaro virar senador antes da suplementar

Por 28/02/2020, 12h:14 - Atualizado: 02h atrás

erai maggi 680

Eraí Maggi, o rei da soja, segue firme na retaguarda financeira de Carlos Fávaro. Já colocou em ação, sem êxito, três planos na esperança de ver seu afilhado na cadeira de senador.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Gaúcho | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h39
    0
    0

    Qual seria o interesse do Rei da Soja??? Só ajudar? Lógico que não, tomara que não se eleja. Com meu voto não.

  • R. Rodrigues | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 12h53
    3
    0

    Vai ficar querendo.... essa turma aí só quer facilidade, tem de ganhar nas urnas, chefe!!! Mau assessorado do começo ao fim.

CUIABÁ

Prédio dos Campos alugado pela Gestão, que vê valor de mercado

Por 28/02/2020, 10h:12 - Atualizado: 04h atrás

Rodinei Crescêncio/Rdnews

controladoria geral cuiaba 680

Alguns vereadores, mesmo ainda sem embasamento técnico e pesquisa de mercado, analisam denunciar ao MPE a locação da nova sede da Controladoria-Geral de Cuiabá. O prédio, localizado na avenida Mato Grosso, pertence à Michelle, uma das filhas do senador Jayme Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h55
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EFEITO-SENADO

Leitão terá Doria de cabo eleitoral e tenta arrumar emprego pra Taques

Por 27/02/2020, 22h:22 - Atualizado: 08h atrás

joao doria 680

Nilson Leitão acionou alguns líderes nacionais do PSDB para reforçar sua pré-candidatura ao Senado e barrar a intenção de Pedro Taques de cruzar seu caminho.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Denner | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h58
    3
    1

    Consultor da Sabesp, assim como Antero num recente passado.

  • João | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h48
    10
    5

    Tanques é um cara firme e sensato e muito inteligente. Uma homem desses não fica sem emprego, além de bom professor é um excelente advogado. Subiu na vida por méritos e não por politicagem barata

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h28
    6
    10

    Taques é uma pessoa muito má

TEMOR GERAL

Em Alto Taquari, um monitorado e milhares preocupados

Por 27/02/2020, 20h:49 - Atualizado: 27/02/2020, 20h:59

alto taquari 680

Cravada na divisa de MT com Goiás, a pequena Alto Taquari vê parte de seus cerca de 12 mil moradores mudarem a rotina por causa do monitoramento de um de seus filhos, que pode estar com coronavírus.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Julio | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 06h46
    6
    0

    Tmoro em Alto Taquari e conheço o jovem em questão. Ele so procurou a sec. Saude para saber como proceder caso viesse a ter os sintomas, ja que irculou pela italia. Todo este boato comecou apos a postagem irresponsavel de um cidadao local, que se diz jornalista, eque não checou a fonte e os fatos e publicou como verdade as suas suposicoes. Pela nossa cidade vai tudo muito bem obrigado.

SOB INVESTIGAÇÃO

Enquanto PSDB esperava Taques em ato, ele estava depondo no MPE

Por 27/02/2020, 18h:50 - Atualizado: 27/02/2020, 19h:20

pedro taques 680

Pedro Taques tem muitas coisas para se preocupar do que a pré-candidatura ao Senado e seu futuro com ou sem o PSDB.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h26
    7
    1

    É uma pessoa muito má

  • Davi | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h01
    12
    2

    O Pedro Taques de hoje é o Mauro Mendes daqui 2 anos - persona nom grata.

  • joao | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 19h13
    6
    7

    Parabéns PSDB pela decisão.

PETISMO RACHADO

Lúdio busca assinaturas para bater chapa com Barranco ao Senado

Por 27/02/2020, 18h:32 - Atualizado: 04h atrás

ludio cabral 680

Lúdio Cabral espalhou nos últimos dias que não tinha pretensão de concorrer ao Senado, mas destacou assessores e vários correligionários para o trabalho de coleta de assinaturas, com vistas a se inscrever amanhã.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Kleber Amorim | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h03
    5
    1

    Caro Romilson, não sei quem é tua fonte, mas infelizmente mais uma vez ela está equivocada. Lúdio em nenhum momento se colocou à frente para essa disputa. Ao contrário disso, várias tendências/coletivos do interior do Partido, assim como vários setores da sociedade, sindicatos, categorias, é, até mesmo outros líderes e partidos de centro e de esquerda entendem que o nome que reúne as melhores condições, neste momento, para enfrentar essa disputa com a direita conservadora, é o nome do companheiro Ludio. Portanto, não é o deputado que designou ninguém, nós nos achamos no direito, enquanto cidadãos e filiados, de propor o melhor nome para esse embate de características de disputa nacional. "O melhor candidato deve ser escolhido pela sua base, e não o contrário". A partir daí cabe à cúpula do Partido decidir o que realmente quer pra si, para seu futuro e da classe trabalhadora do estado. Grande abraço!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2500