Blog do Romilson Cuiabá, 15 de Abril DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Silval crê em transferência de votos de Maggi

02/01/2010, 06h:53 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

 Fernando Ordakowski 
 
Pré-candidato ao Senado, Blairo Maggi renuncia ao Paiaguás no final de março e Silval Barbosa, que conduzirá o Estado, espera contar com o efeito da transferência de votos para aumentar a chance de conquistar a cadeira
 

  Enquanto a oposição ganha força na corrida ao Palácio Paiaguás com a tríplice-aliança PSDB-DEM-PTB, conduzindo para o mesmo palanque Wilson Santos e Jayme Campos, o peemedebista Silval Barbosa assume a cadeira de governador daqui a três meses e aposta na tese da transferência de votos. Ele fará uma campanha "casada" com Blairo Maggi, pré-candidato a uma das duas cadeiras que serão abertas no Senado.

   Governistas sustentam a tese de que o governador Maggi renuncia ao mandato em 31 de março com a popularidade em alta. Garantem que o diferencial num comparativo com o que foi a gestão Dante de Oliveira é que "houve menos propaganda e mais realizações de Maggi", ou seja, "tem projetos e obras para mostrar em todo o Estado". O problema é que Dante (já falecido), já passou por esse mesmo processo. Em 2002, o tucano deixou o Paiaguás com cerca de 70% de aprovação popular e perdeu para o Senado. Agora, Maggi vai seguir o mesmo caminho eleitoral. Em sua cola está Silval, que começou na vida pública como prefeito de Matupá (Nortão), foi deputado por dois mandatos, presidente da Assembleia e, desde 2007, ocupa o cargo de vice-governador.

    Silval mapeou todas as principais realizações do governo Maggi nos 141 municípios. Será com esses dados nas mãos que percorrerá o interior, pregando a continuidade do governo da chamada turma da botina. Numa estratégia orientada pelo próprio Maggi, o secretariado tem colocado a máquina a serviço do nome do peemedebista, tudo para ajudá-lo a melhor o desempenho nas intenções de voto. Hoje, o prefeito cuiabano Wilson Santos lidera as pesquisas. Silval, o senador Jayme Campos e o empresário Mauro Mendes (PSB) surgem "embolados" nos vários cenários, oscilando entre segundo e terceira colocações. Com a força da máquina e empurrão de Maggi, Silval tem praticamente assegurado no arco de alianças  PMDB, PR, PT e batalha para cooptar PSB, de Mendes e Valtenir Pereira. Em verdade, vai jogar duro para atrair outras legendas, como o PP de José Riva e Pedro Henry, o PDT e o PPS dos deputados Otaviano Pivetta e Percival Muniz e tem esperanças de reconquistar o DEM.

   De um lado, o nome de Silval passa a ganhar maior visibilidade eleitoral, afinal terá o controle de uma máquina que controla quase R$ 9 bilhões de orçamento por ano e quase 100 mil servidores distribuídos em 22 secretarias, órgãos, empresas e autarquias vinculadas. De outro, enfrenta o contraponto daqueles que, motivado pelo tradicional discurso de sentimento de mudança, quer dar um basta nas urnas do grupo que comanda o Estado desde janeiro de 2003.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Ari Bonilha | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 09h15
    0
    0

    Esse tal de Germano duvida da mensagem de algumas pessoas, colocando a suspeita de que são de pessoas previamente concatenadas para falar bem do Vice Governador Silval. Quem garante que o tal Germano também não é um agente da tucanagem? Aqui em nossa região, o Silval tem credibilidade e eu diria que ele já decolou. O tucanato teve seus momentos de glória no Estado, mas Wilson Santos, tem má repercussão devido sua gestão cheia de mentiras em Cuiabá. Aliás o Wilson Santos está muito mais pra galinho de terreiro mal cuidado do que pra tucano de alta linhagem!

  • Germano Souza Cruz | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 05h14
    0
    0

    É conversa fiada dizer que alguém consegue transferir todos os votos obtidos numa eleição à outro, ainda mais quando deixou de trabalhar na maioria das regiões do estado. Silval Barbosa não tem votos nem para voltar a ser deputado, pois deixou muito a desejar em sua região, lá poucos votos ainda mantem na eleição passada. Esse candidato, com certeza, mantem toda sua tropa em serviço quando se trata de levantar seu nome, vejam como exemplo os comentários acima, que são todos de pessoas íntimas, ligadas à Silval que falam bem dele, e ninguém mais, o que é fácil concluir à simples leitura, já que tais comentários mencionam fatos aleatórios e condizentes com algo que diz respeito à personalidade de Silval Barbosa, e não sobre algo que ele realmente fizera. São comentários ensaidos por uma única pessoa com nomes diferentes, vejam bem: "Essa dobradinha Maggi/Silval está dando certo..."; "No interior acredito que o Blairo vai transferir votos para o Silval..."; "Poucos politicos tem a seriedade de Silval..." E tem outra, se Brairo não conseguiu transferir votos para seu candidato em seu "curral eleitoral"(Rondonopolis), é lógico que não transferirá em outras cidades. MORAL DA HISTÓRIA = Silval não decola nem com o governo empenhando pesado em sua campanha".

  • mayume antonietti | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 21h29
    0
    0

    Essa dobradinha Maggi/Silval está dando muito certo na administração do nosso Estado, com certeza o comando passar na mão do Silval Barbosa a tendencia é melhorar muito mais, até porque Silval está pegando o estado em crescimento e com o controle das finanças, diferentemente quando Maggi pegou.

EFEITO-PANDEMIA

Prefeitos em rota de colisão com governador

Por 14/04/2021, 18h:23 - Atualizado: 14/04/2021, 18h:25

ze do patio 680

No jogo de transferência de responsabilidades entre Estado e prefeituras sobre aquilo que acaba empacando nas ações de enfrentamento à Covid-19, mais um prefeito se distancia do Palácio Paiaguás.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Davi | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 11h56
    0
    0

    O governador está naufragando e a CPI do COVID pode ser a pá de cal em seu projeto de reeleição. Não fez nada em lugar nenhum e tratou desrespeitosamente muitos dos que o elegeram.

  • Pedro luis | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 10h04
    1
    1

    Grandes perdas para o governador: Um demagogo que foi eleito com apenas 30% dos votos e outro do Paletó que ganhou com diferença de apenas 2% dos eleitores. realmente o governador perde dois grandes líderes...

  • José Maria | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 03h39
    11
    0

    Grande equívoco do governador. É bem simples ter o apoio do Zé, é só ajudar Rondonópolis. Todos sabemos que o Zé defende Rondonópolis com unhas e dentes.

RUMO À ASSEMBLEIA

Os 4 pré-candidatos de Mauro a deputado estadual

Por 14/04/2021, 08h:17 - Atualizado: 14/04/2021, 08h:18

Rodinei Crescêncio/Rdnews

alan porto seduc 680

Quatro integrantes do primeiro escalão do Palácio Paiaguás estão se articulando, em privado e sem alarde, para entrar na disputa de deputado estadual, empurrados pelo governador Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (22)

  • marcos | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 10h01
    0
    1

    e o afilhado do mauro , fabio garcia ?

  • murilog.1980@bol.com.br | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 07h52
    3
    3

    ENTÃO LANCARAM BUSSIKI NA COVA DO LEÃO TIRARAM ELE DE REELEIÇÃO CERTA PRA VEREADOR PRA ABRIR CAMINHO PRA PANELA DO GOVERNO UM VEREADOR DE QUALIDADE SACRIFICADO E ABANDONADO PELO SEU LIDER E SEU GRUPO DEVERIAM SE ENVERGONHAR MAS BUSSIKI VAI VOLTARÁ PRO PARLAMENTO

  • Carlos | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 07h31
    0
    4

    Juliana só porque os professores estão de teletrabalho? Ficar sem trabalhar é tão bom assim? O que foi faticamente realizado nesta área?

AUXÍLIO ADMINISTRATIVO

Empresa vai faturar R$ 5 mi com serviços nas unidades Ganha Tempo

Por 13/04/2021, 19h:08 - Atualizado: 13/04/2021, 19h:09

basilio bezerra 680

O secretário Basilio Bezerra (Planejamento e Gestão) fechou um contrato milionário e sem licitação com a empresa cuiabana Stock King Terceirizações.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Observadora | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021, 11h25
    3
    0

    Alan Porto não era do PT? Agora no DEM? Oi? Impressionante as andanças que esse povo faz. Tem que perguntar para os professores da rede como estão avaliando as desorientaçôes a respeito do ensino remoto.

ALIANÇA MAJORITÁRIA

Para Janaina, caminho natural do MDB e a reeleição de Mauro

Por 13/04/2021, 16h:10 - Atualizado: 13/04/2021, 16h:13

Jardel da Silva

janaina riva 680

Bem articulada e uma das principais vozes do MDB no Estado, a deputada Janaina Riva considera hoje natural o seu partido apoiar o projeto de reeleição de Mauro Mendes (DEM).

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Mario Márcio | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021, 08h19
    5
    6

    Se o Mauro Mendes, não for candidato a reeleição, a candidata do DEM a Governador será a ex-Prefeita de Varzea Grande, Lucimar Campos, que dá um surra de votos nessa tal da Janaina RIVA (votê filha de quem que ela é?), Lucimar tem o consenso no Democratas, e terá até o apoio de mais de 10 partidos em Mato Grosso.

  • Deosvaldo | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021, 08h02
    5
    6

    Nesse assunto devo concordar com a Janaína. Não vejo nenhum nome no MDB a altura de Mauro Mendes para disputar, para disputar o governo em 2022.

  • Rafael | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 19h50
    7
    5

    Olha ela, não era pra senhorita estar preocupada com o combate a COVID? Esta preocupada com reeleição de quem está fazendo uma péssima gestão... E o povo que se dane ...

INFRAESTRUTURA

Empreiteira enrola há 5 meses para retomar obras de asfalto na MT-100

Por 12/04/2021, 20h:51 - Atualizado: 12/04/2021, 20h:53

maquinario torixoreu 680

Maquinário da construtora Destesa Engenharia e Construções, que deveria estar executando as obras de pavimentação de 18 km da MT-100, se encontra acumulando poeira e ferrugem.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Oliveira Júnior | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 14h23
    8
    3

    pura estrategia política rasteira e suja de Mauro mendes. Mandou enrolar a obra prá inaugurar ano que vem devido a reeleição.

  • Oliveira Júnior | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 12h45
    0
    1

    Oliveira Júnior, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Eleitor | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 08h17
    11
    3

    Tal demora com todos equipamentos parados no pátio e os empregados nos hotéis e em casas alugadas pela empresa e com alimentação tudo pago pela empresa. Isso deixa claro que o valor pago pelo Estado para execução dessa obra foi muito além do custo real, porque empresa nenhuma iria ficar cinco meses com todos equipamentos e homens mobilizados e ela retirando do caixa dela para pagar essas despesas sem retorno financeiro... Com a palavra o Ministério publico do Estado de Mato Grosso...

COVID-19

Assinatura de Fávaro por uma CPI ampliada contraria governador

Por 12/04/2021, 16h:40 - Atualizado: 12/04/2021, 16h:41

carlos favaro 680

Mauro Mendes não gostou nem um pouco do posicionamento de seu "aliado" político Carlos Fávaro, que, em atendimento ao Palácio do Planalto, no sentido de tirar o foco de Bolsonaro, ajudou a inflar o número de assinaturas por uma CPI da Pandemia que investigue também governadores e prefeitos.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • joaoderondonopolis | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 16h18
    5
    1

    Uai, o governador não gostou de ser investigado pela CPI da covid-19 que foi assinada pelo senador Fávaro? Acho que MM não tem motivo de temer de ser investigado. A CPI tem que investigar governadores e prefeitos, doa a quem doer.

  • joaoderondonopolis | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 16h16
    3
    1

    Uai, o governador não gostou de ser investigado pela CPI da covid-19 que foi assinada pelo senador Fávaro? Acho que MM não tem motivo de temer de ser investigado. A CPI tem que investigar governadores e prefeitos, doa a quem doer.

  • oliveira | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 11h37
    6
    2

    parabéns senador a partir de agora tem meu respeito e apoio

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2694