Blog do Romilson Cuiabá, 06 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Silval crê em transferência de votos de Maggi

 Fernando Ordakowski 
 
Pré-candidato ao Senado, Blairo Maggi renuncia ao Paiaguás no final de março e Silval Barbosa, que conduzirá o Estado, espera contar com o efeito da transferência de votos para aumentar a chance de conquistar a cadeira
 

  Enquanto a oposição ganha força na corrida ao Palácio Paiaguás com a tríplice-aliança PSDB-DEM-PTB, conduzindo para o mesmo palanque Wilson Santos e Jayme Campos, o peemedebista Silval Barbosa assume a cadeira de governador daqui a três meses e aposta na tese da transferência de votos. Ele fará uma campanha "casada" com Blairo Maggi, pré-candidato a uma das duas cadeiras que serão abertas no Senado.

   Governistas sustentam a tese de que o governador Maggi renuncia ao mandato em 31 de março com a popularidade em alta. Garantem que o diferencial num comparativo com o que foi a gestão Dante de Oliveira é que "houve menos propaganda e mais realizações de Maggi", ou seja, "tem projetos e obras para mostrar em todo o Estado". O problema é que Dante (já falecido), já passou por esse mesmo processo. Em 2002, o tucano deixou o Paiaguás com cerca de 70% de aprovação popular e perdeu para o Senado. Agora, Maggi vai seguir o mesmo caminho eleitoral. Em sua cola está Silval, que começou na vida pública como prefeito de Matupá (Nortão), foi deputado por dois mandatos, presidente da Assembleia e, desde 2007, ocupa o cargo de vice-governador.

    Silval mapeou todas as principais realizações do governo Maggi nos 141 municípios. Será com esses dados nas mãos que percorrerá o interior, pregando a continuidade do governo da chamada turma da botina. Numa estratégia orientada pelo próprio Maggi, o secretariado tem colocado a máquina a serviço do nome do peemedebista, tudo para ajudá-lo a melhor o desempenho nas intenções de voto. Hoje, o prefeito cuiabano Wilson Santos lidera as pesquisas. Silval, o senador Jayme Campos e o empresário Mauro Mendes (PSB) surgem "embolados" nos vários cenários, oscilando entre segundo e terceira colocações. Com a força da máquina e empurrão de Maggi, Silval tem praticamente assegurado no arco de alianças  PMDB, PR, PT e batalha para cooptar PSB, de Mendes e Valtenir Pereira. Em verdade, vai jogar duro para atrair outras legendas, como o PP de José Riva e Pedro Henry, o PDT e o PPS dos deputados Otaviano Pivetta e Percival Muniz e tem esperanças de reconquistar o DEM.

   De um lado, o nome de Silval passa a ganhar maior visibilidade eleitoral, afinal terá o controle de uma máquina que controla quase R$ 9 bilhões de orçamento por ano e quase 100 mil servidores distribuídos em 22 secretarias, órgãos, empresas e autarquias vinculadas. De outro, enfrenta o contraponto daqueles que, motivado pelo tradicional discurso de sentimento de mudança, quer dar um basta nas urnas do grupo que comanda o Estado desde janeiro de 2003.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Ari Bonilha | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 09h15
    0
    0

    Esse tal de Germano duvida da mensagem de algumas pessoas, colocando a suspeita de que são de pessoas previamente concatenadas para falar bem do Vice Governador Silval. Quem garante que o tal Germano também não é um agente da tucanagem? Aqui em nossa região, o Silval tem credibilidade e eu diria que ele já decolou. O tucanato teve seus momentos de glória no Estado, mas Wilson Santos, tem má repercussão devido sua gestão cheia de mentiras em Cuiabá. Aliás o Wilson Santos está muito mais pra galinho de terreiro mal cuidado do que pra tucano de alta linhagem!

  • Germano Souza Cruz | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 05h14
    0
    0

    É conversa fiada dizer que alguém consegue transferir todos os votos obtidos numa eleição à outro, ainda mais quando deixou de trabalhar na maioria das regiões do estado. Silval Barbosa não tem votos nem para voltar a ser deputado, pois deixou muito a desejar em sua região, lá poucos votos ainda mantem na eleição passada. Esse candidato, com certeza, mantem toda sua tropa em serviço quando se trata de levantar seu nome, vejam como exemplo os comentários acima, que são todos de pessoas íntimas, ligadas à Silval que falam bem dele, e ninguém mais, o que é fácil concluir à simples leitura, já que tais comentários mencionam fatos aleatórios e condizentes com algo que diz respeito à personalidade de Silval Barbosa, e não sobre algo que ele realmente fizera. São comentários ensaidos por uma única pessoa com nomes diferentes, vejam bem: "Essa dobradinha Maggi/Silval está dando certo..."; "No interior acredito que o Blairo vai transferir votos para o Silval..."; "Poucos politicos tem a seriedade de Silval..." E tem outra, se Brairo não conseguiu transferir votos para seu candidato em seu "curral eleitoral"(Rondonopolis), é lógico que não transferirá em outras cidades. MORAL DA HISTÓRIA = Silval não decola nem com o governo empenhando pesado em sua campanha".

  • mayume antonietti | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 21h29
    0
    0

    Essa dobradinha Maggi/Silval está dando muito certo na administração do nosso Estado, com certeza o comando passar na mão do Silval Barbosa a tendencia é melhorar muito mais, até porque Silval está pegando o estado em crescimento e com o controle das finanças, diferentemente quando Maggi pegou.

CÂMARA DE CUIABÁ

Quase 3 anos depois, Toninho apresenta relatório da CPI do Paletó

Por 06/07/2020, 18h:16 - Atualizado: 04h atrás

toninho de souza 680

Vereador de terceiro mandato pela Capital, Toninho de Souza se prepara para o chamado Dia D, após quase três anos na relatoria da CPI do Paletó.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Reginaldo | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 21h02
    4
    0

    Diante dos fatos que se apresenta para o caso, essa CPI deveria ser um instrumento de promoção da justiça que deveria ter cassado o prefeito, mas, na mão dos adversários políticos do prefeito, eles usam isso para fazer o prefeito agonizar e suportar possíveis chantagens até a próxima eleição para tirarem todo o proveito político e econômico.

  • MARCOS SILVA | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 19h38
    5
    1

    Vai dar em nada, já sabemos o final dessa novela.

  • Marcos | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 19h00
    7
    0

    Esse toninho chegando as eleições aparece mais que uma jaca no pescoço ... duvido que ele faça algo kkkk

elefante branco

Governo anuncia licitação para retomar obras do Hospital Central

Por 06/07/2020, 12h:29 - Atualizado: 06/07/2020, 12h:35

hospital central 680

A secretaria estadual de Saúde anunciou para 7 de agosto a reabertura da licitação para contratar empresa, pelo menor preço, para retomar as obras da construção do Hospital Central de Alta Complexidade, em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ruy Novaes | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 18h27
    1
    0

    Se a parte deixada construida pelo Governador Julio Campos(1983/86) será aproveitada depois de 36 anos pelo Governo do Mauro Mendes, é sinal que essa obra do Hospital Central de Cuiabá, não é nhenhum elefante branco, pois se a oposição na epóca não tivesem sacaneado o então Secretário de Saude Gabriel Novis e o próprio Governador JC, essa obra teria sido concluida e servida muito bem aos Matogrossenses. Ainda bem, que o atual Secretário Gilberto e o Governador Mauro, resolveram em boa hora, concluir o HC.

EM POCONÉ

Comissão que poderia cassar 2 vereadores perde prazo e é extinta

Por 06/07/2020, 11h:18 - Atualizado: 06/07/2020, 11h:35

marcio marcinho pocone 680

Presidida por Marcinho Fernandes, a Comissão de Investigação e Processante, instaurada pela Câmara de Poconé para investigar dois vereadores por quebra de decoro, foi extinta naturalmente porque extrapolou os 60 dias sem conclui-la e tampouco aprovar em plenário a deliberação para prorrogação do prazo.

Postar um novo comentário

NOVA PLATAFORMA

Regulamentado em Cuiabá serviço delivery

Por 06/07/2020, 10h:10 - Atualizado: 06/07/2020, 10h:24

Edinei Rosa

fachada camara cuiaba 680

Em meio à pandemia, com impactos sem precedentes por causa da suspensão de muitas atividades econômicas, a Câmara de Cuiabá promulgou a Lei 6.543/2020, que regulamenta o comércio de alimentos na modalidade delivery. As empresas têm 30 dias para se adequar.

Postar um novo comentário

PREOCUPAÇÃO

Com Covid-19, deputado se transfere para isolamento em Sorriso

Por 05/07/2020, 21h:53 - Atualizado: 05/07/2020, 22h:55

faissal 680

Uma semana após anunciar que está com Covid-19, Faissal Calil (PV) decidiu se transferir provisoriamente de Cuiabá para o hospital 13 de Maio, em Sorriso, uma forma de se separar e evitar contágio do vírus aos pais, que são idosos.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Fábio Pereira | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 10h05
    4
    0

    Seu caráter esta acima da mentira! Homem trabalhador honesto a verdade sempre andou junto com você!

  • Bruna Vieira Silva | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 10h01
    2
    0

    E como vocês colocam no título da matéria q ele foi transferido para uti em São Paulo ???

  • Juca | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 07h57
    2
    10

    Desdenhou do vírus. Tá pagando pela língua. Povo que pegou vírus junto com ele tomou tubaína e já voltou para o trabalho.

PT CUIABANO

De oposição a todos prefeitos ao isolamento político e social

Por 05/07/2020, 18h:43 - Atualizado: 05/07/2020, 18h:50

pt 680

O PT, que no campo municipal foi oposição a todos os prefeitos, hoje está literalmente calado. Acéfalo, perdeu força, discurso, quadros, representatividade em cargos eletivos e adotou o isolamento político e social.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Rccbamt1985@gmail.com | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 14h15
    0
    0

    Esse PT tá acéfalo mesmo

  • Edmilson | Domingo, 05 de Julho de 2020, 22h14
    0
    2

    Edmilson, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2566