Blog do Romilson Cuiabá, 04 de Agosto DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RESGATE HISTÓRICO

Dante caminha para transmissão de cargo

Por 04/05/2014, 21h:48 - Atualizado: 05/05/2014, 16h:54

Em abril de 2002, Dante de Oliveira renuncia ao mandato de governador para concorrer ao Senado, mas não obtém êxito nas urnas. Fica na terceira colocação, com 439.798 votos. As duas vagas são conquistadas pela então petista Serys Marli, com 575.539 votos, e por Jonas Pinheiro, que obteve 612.965 votos. Antes de comandar o Estado por 7 anos e 3 meses, Dante foi prefeito de Cuiabá, deputado federal e ministro da Reforma Agrária. Depois da derrota ao Senado, passa a trabalhar projeto à Câmara Federal, em 2006. Mas em julho do mesmo ano veio a falecer, aos 54 anos.

Demóstenes Milhomem

dante deixa governo

Recepcionado pelo desembargador Lêonidas Monteiro, então presisente do TJ-MT, Dante e Thelma caminham para transmissão de cargo de governador a Rogério Salles, com esposa Marília, em 2002

Na foto, Dante caminha para a solenidade de transmissão do cargo ao lado da então primeira-dama e deputada federal Thelma de Oliveira, numa estrutura montada em frente ao Palácio Paiaguás. Na mesma direção Rogério Salles, que assumiu o posto e comandou o Estado pelos oito meses finais do mandato, ao lado de Marília Salles. Os casais são recepcionados pelo então presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Leônidas Monteiro.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Paulo | Terça-Feira, 29 de Julho de 2014, 00h23
    0
    0

    -Mal Sabia Ele, que estava indo para o Declínio... A "Era Dante", dava seus últimos passos. **** Foi o início da derrocada do "Império" do PSDB em MT. **** Emergiu dps a "Turma da Botina", que agora, após 12 anos começa a se mostrar sem forças com seu estilo "novo" de governar. Teve que se envolver os com os caciques de sempre para se manter. Que moral tem para criticar o Governo Dante?

  • André Barcelos | Terça-Feira, 06 de Maio de 2014, 08h52
    4
    1

    Caro Padilha, lamento em muito pelo seu desconhecimento. O Governo Dante foi o melhor governo que este estado já teve. Foi graças às reformas implementadas por ele que o Sr. Blairo pode colher certos frutos. As ações do Governo Dante reestruturaram o nosso estado que estava afundado em dividas com gastos superiores em 50% aquilo que arrecadava. O setor energético era caótico, importávamos a energia que consumíamos e Dante fez com que, em apenas 8 anos, passássemos a ser exportadores desse produto. Dante foi quem fomentou a Agroindústria viajando o Brasil inteiro vendendo o estado. Foi Dante que fechou contratos com investidores nacionais e estrangeiros que viabilizaram a agroindústria. Foi Dante quem trouxe a Ferronorte para MT. E ele investiu, dentro das limitações financeiras do Estado, na melhoria da malha viária (destaco a construção de dezenas de pontes de concreto onde antes havia - quando havia - apenas pontes de madeira). O Salto do PIB foi o maior - proporcionalmente - da história do Estado. Reestruturou a Polícia, a saúde e a educação. Logicamente não resolveu todos os problemas, mas o MT que ele entregou foi em muito superior àquele que ele recebeu. Tomar conhecimento dos fatos e se afastar de falaciosas afirmações é de suma importância antes de falar de Dante de Oliveira. Parabéns à RDNews pelo resgate histórico.

  • Padilha | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 22h20
    0
    2

    Um péssimo governador, o funcionalismo público foi pisotiado, as rodovias abandonadas. Se trabalhou foi por Cuiabá, porque no interior teve um mandato pífio... Por isso sua ambição ao Senado foi frustrada e foi submetido a uma vergonha sem tamanho ao sair de um mandato de Governador para perder para o Senado!!

SEM CRISE

Mesmo com pandemia, 7 cartórios de Cuiabá faturam R$ 7 mi em julho

Por 03/08/2020, 18h:56 - Atualizado: 06h atrás

Romilson Dourado

cartorio 7 oficio 680

Não há pandemia capaz de interromper os bons faturamentos dos cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. As sete principais serventias de Cuiabá, que estavam atendendo sob agendamento, fecharam julho com R$ 7,5 milhões no caixa.

Postar um novo comentário

RUPTURA SEM VOLTA

A tentativa frustrada de Júlio de unir Emanuel e Mauro

Por 03/08/2020, 14h:30 - Atualizado: 03/08/2020, 14h:29

emanuel pinheiro julio campos 680

Prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (MDB) e Júlio Campos (DEM), que foi prefeito, deputado, governador e senador

Acumulando experiência de mais de 40 anos de vida pública, Julio Campos enfrenta uma situação paradoxal.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Manoel Ribamar | Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 19h22
    1
    0

    Mauro Mendes e seu grupo, esta de na passagem no DEM, já usaram o DEM para chegar ao Governo, e já deixaram o Partido na Estrada da amargura faz tempo,portanto mesmo com toda experiencia e prestigio politico, não vai conseguir o seu objetivo dessa falsa união de contrários.

  • joao | Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 17h44
    1
    1

    Cabe aos Campos indicarem o vice na chapa de Emanuel Pinheiro para a reeleição.

RECURSOS FEDERAIS

Juína perde R$ 805 mil do MS por não habilitar unidades

Por 03/08/2020, 10h:30 - Atualizado: 03/08/2020, 10h:32

altir peruzzo 680

Administrada hoje pelo petista Altir Peruzzo, Juína, no noroeste mato-grossense, na divisa com Rondônia, deixará de receber neste ano R$ 805,3 mil do Ministério da Saúde por não cumprir os requisitos de habilitação das unidades de Suporte Avançado (USA) e de Suporte Básico (USB) do Samu.

Postar um novo comentário

PANDEMIA

Cuiabá deve acabar com toque de recolher; prefeito decide nesta 2ª

Por 02/08/2020, 17h:12 - Atualizado: 02/08/2020, 17h:19

Davi Valle

emanuel pinheiro 680

Emanuel Pinheiro fecha nesta segunda (3) o primeiro ciclo de monitoramento dos casos de Covid-19 e tudo indica que suspenderá o toque de recolher em Cuiabá, em vigor hoje entre 22 horas e 5 horas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • marta | Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 09h15
    0
    4

    manoel infelizmente não anda como cuiaba quer, demora para dar soluçoes, fraco prefeito e depois do paleto, piorou.

  • Marcio Mario Albuquerque | Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 05h29
    1
    4

    Gosto do Emanuel e acho que fez muito por Cuiabá mais o covid enterrou ele politicamente e o Ze Carlos de Rondonópolis a mesma situação e acho quase impossível a eleição de ambos.

TRANSFERINDO DEMANDAS

O combinado é que só Cuiabá seria referência da Covid, diz prefeita

Lucimar afirma não existir só coronavírus e precisa agir sobre outras doenças

Por 02/08/2020, 09h:44 - Atualizado: 02/08/2020, 10h:05

lucimar campos 680

A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos disse que, numa reunião com representantes de vários órgãos, como TCE, Assembleia, governo estadual e as duas maiores prefeituras, ficou combinado que a referência no tratamento de pessoas com Covid-19 só seria em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dos Santos | Domingo, 02 de Agosto de 2020, 10h47
    17
    0

    Embora as cidades do interior tem dado melhor exemplo no combate a covid, com maior numero de recuperados se comparado a Cuiabá e VG. Varzea grande não é interior, pois é a 2ª maior cidade e esta na região metropolitana, tem obrigação de junto com Cuiabá ser referência também no atendimento para Covid. Como é fácil transferir responsabilidade para os outros e tirar o corpo de fora, não é mesmo, prefeita?...

  • Manoel | Domingo, 02 de Agosto de 2020, 10h03
    3
    15

    Não sou eleitor de Várzea Grande, e nem tenho poderes para defender a Prefeita Municipal de V.Grande, mais nisso ela tem razão: Logo que iniciou a Pandemia do Coranavirus, o Governo do estado via Secretária da Saude (sr.Gilberto Figueiredo)e as Prefeituras de Cuiabá e V.Grande, acertaram de que o H.PS de V.Grande, não iria cuidar de pacientes do COVID 19, mais de todas as outras doenças, e que os doente do COVID seriam referenciados para o Hospital Metropolitano do Cristo Rey (que é Estadual),e foi ampliado mais 200 leitos de 50 UTIS para o COVID, mais a Santa Casa (que tambem é Estadual), e o Hospital São Benedito e o antigo Pronto Socorro de Cuiabá, que ficaria exclusivamente para o COVID 19. E o HPSocorro de VG, atenderia outras doenças, menos COVID 19. Essa é a verdade, e Prefeita Lucimar falou certo.

APOSENTADORIA POLÍTICA

Sou adepto da renovação, diz Blairo

Por 01/08/2020, 20h:40 - Atualizado: 01/08/2020, 20h:52

blairo maggi 680

Do megaempresário Blairo Maggi, que ocupou mandato eletivo por quase 20 anos, ao reafirmar que está fora de vez da vida pública:

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Amaral antunes | Domingo, 02 de Agosto de 2020, 08h45
    4
    0

    Renovacao que você apoiou no TCE, quando governador né?! blairo, blairo, blairo, mad merda, confiava tanto em vc, decepção pura

  • Reginaldo | Sábado, 01 de Agosto de 2020, 21h21
    10
    1

    Muito bem, mas nunca se esqueça que dos acordos espurius feitos pelo sr, surgiu um dos piores governadores de MT, ladrão confesso Silval Barbosa, parte da culpa é do senhor, tomara que os novos não venha a alimentar os hábitos da velha política... acordos, conchavos e negociatas.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2580