Cidades

Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 13h:57 | Atualizado: 23/01/2020, 09h:50

ENXURRADA DE CRÍTICAS

Após atos de repúdio e cortes de apoio, Operário de VG desiste de trazer Bruno

Atualizada às 14h38

Renata Caldeira/TJMG

Goleiro Bruno

A contratação do goleiro Bruno, após muitas críticas em MT, pode não ocorrer pelo Operário

Poucas horas após anunciar que estava reavaliando a contratação do goleiro Bruno Fernandes, a diretoria do Operário Várzea-grandensse confirmou o recuo e desistência de trazer o jogador para terras mato-grossenses. O comunicado foi divulgado na tarde desta quarta (22).

Bruno Fernandes é condenado a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, homicídio e ocultação de cadáver da ex-namorada Elizia Samudio, em 2010. Na noite de ontem (21) mulheres protestaram contra a eventual contratação pelo time, em frente ao Estádio Municipal de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá. 

O supervisor do time, André Xela, explicou que a decisão de cancelar a contratação do goleiro Bruno foi motivada pela repercussão negativa e a perda de patrocínios. De acordo com ele, a advogada do atleta foi informada sobre a decisão. "Consideramos a saída dos patrocinadores, algumas empresas que patrocinam o clube também estavam sendo pressionadas nas redes sociais".

Dois dos patrocinadores do Campeonato Mato-grossense de futebol, o banco Sicredi e loja de eltrodomésticos Martinello, determinaram que os uniformes não estampassem mais os nomes das empresas por conta da contratação de Bruno. 

Tanto o Sicredi como a Martinello ressaltaram que continuarão patrocinando o campeonato estadual, porém, parte do valor que é repassado para todo os times não contemplarão mais o Operário Várzea-grandense. 

O dinheiro do patrocínio é repassado à Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), que redistribui para os clubes ajudando no pagamento de transporte, alimentação e hospedagem do time durante os partidas.

Divulgação

Nota Oper�rio de VG

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Reflexão | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 19h00
    2
    1

    Vivemos em uma sociedade que não tem amor nenhum ao próximo, se Paulo, Moisés vivessem hoje seriam apedrejados, mas Deus mudou a trajetória de cada um, lhes perdoou. A pessoa do Bruno se mostrasse arrependimento ou pelo menos assumisse que cometeu o crime, mas ele não demonstra isso. Sempre com o queixo erguido, altivo, soberbo, por este motivo sua queda sem chance de redenção diante a sociedade.

  • Cloves | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 15h11
    4
    2

    O histerismo venceu ao bom futebol.

  • alexandre | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 20h06
    8
    3

    A turma da lacração, nem sabe onde fica o estádio, vai ganhar auxílio reclusão, onde deveria estar trabalhando..

  • Benedita da Silva | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 17h27
    14
    12

    Amadores, esperavam tapete vermelho, pra recebe-lo? Foguetório? Banda de música, desfile em carro aberto? Estão nas manchetes do.jornais de grande circulação nacional, conhecidos como o time que ia contratar um feminicida. Passando vergonha local e nacional.

  • Gilston | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 17h09
    13
    7

    Certinho a decisão, uma vez que o Sr Bruno, primeiro precisa entregar as ossadas que mulher que ele confessou mando matar, para a sua família fazer um sepultamento digno. Após isso, ta livre para recomeçar em outra profissão. Agora, esta gente que estava ou ainda esta apoiado o Bruno, é por que o Sr Bruno matou filha dos outros e não de seu apoiadores. Duvido se a mulher morta fosse uma filha, fosse uma esposa, se fosse a sua mãe duvido que estariam ai nesta aforia de alegria em apoiar este mostro que não queria pagar pensão para o seu próprio filho bebezinho.

  • Joaquim Silva | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 16h47
    21
    10

    Covardes diretores. Quero ver esses "manifestantes" agora indo ao estádio, duvido até que gostem de futebol. Se fosse pra passar essa vergonha nem deveriam ter tentado, já deveriam saber que viria pressão. O chicote não merece tanta incompetência e incoerência.

  • Kleber | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 16h34
    21
    9

    Pq o povo não faz isso com qm eles elegem, q matam muito mais nas filas dos hospitais, pq roubam o dinheiro da saude da educação etc... e o cara não tem direto de trabalhar . Irresponsáveis.

  • Neno | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 16h05
    13
    13

    Todo mundo.q erra tem uma segunda chance ele esta tentando trabalhar e um bando de sem oq faze perdendo tempo.com isso dando midia e muitos outros bandidos piores que o bruno solto em cuiava e ninguem faz nd ai pq o kra é da midia querem denegrir a vao cassa oq fazer bando de atoa

  • Luis Ferreira da cruz | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 16h01
    10
    9

    Vai jogar no presídio que é o lugar dele! Ressocializar dentro da cadeia, fazendo trabalho comunitários... ou ganhando um salário mínimo em um trabalho indicado pelo juiz/promotor e etc (assim que deveria ser, país de leis penais brandas e falhas), a carreira como jogador terminou para esse cabra, quando ele tirou a vida de outra pessoa da forma que foi, deixando um filho sendo criado pela avó. ..... Jogue na cadeia!

  • GILMAR DE PAULA | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 15h59
    9
    0

    E a montanha pariu um RATO! Já dizia vovó: "muito pei..., sinal de pouca bos..".

Matéria(s) relacionada(s):

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.