Cidades

Sexta-Feira, 02 de Novembro de 2018, 07h:53 | Atualizado: 03/11/2018, 08h:31

GARIMPO EM ARIPUANÃ

Dono da fazenda invadida diz que jazida é enorme e tem ouro e diversos minérios

Internauta

Garimpo ilegal Aripuan�

Aproveitando escavações de pesquisas feitas pela concessionária da área, garimpeiros ilegais escavam dia e noite atrás de pedras com fagulhas de ouro 

Reprodução

TUNEL

Tunel está sendo escavado para exploração de minérios pela multinacional Votorantim

Empresário do agronegócio Luiz de Almeida Saliez, dono da fazenda Dardanellos, em Aripuanã (a 1,2 mil km de Cuiabá), invadida, em massa, por garimpeiros, nos últimos dias, afirma que a jazida, no local, é enorme e a situação está perigosa, porque os ilegais não aceitam diálogo. "Se chegarmos perto, seremos mortos", supõe.

Sendo assim, fez representações na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e no Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), órgão responsável pela mineração no país. Também levou reclames à Polícia Federal e ao Ministério Público. Registrou boletim de ocorrência policial. "Estamos aguardamos as providências, porque da nossa parte não há nada que se possa fazer".

Explica que tem um contrato de 23 anos de uso da área com o grupo Votorantim, que é uma multinacional brasileira. O grupo é concessionário, autorizado pelo Governo Federal, tem alvará, e, de acordo com o fazendeiro, conduz projeto mineral na fazenda milionário. Segundo ele, o investimento é na ordem de 500 milhões de dólares e que em 3 anos deve aplicar R$ 1 bilhão.

São 30 quilômetros de pesquisa, do rio Aripuanã ao rio Branco, é uma serra que vai de um rio a outro e em toda a serra tem minério, a quantidade maior é zinco, mas lá tem outros minérios, tem cobre, tem ferro, tem ouro

"São 30 quilômetros de pesquisa, do rio Aripuanã ao rio Branco, é uma serra que vai de um rio a outro e em toda a serra tem minério, a quantidade maior é zinco, mas lá tem outros minérios, tem cobre, tem ferro, tem ouro". No entanto, assegura que não tem minério superficial e sim intermediário.

O empresário ressalta que, por causa de pesquisas na área, já existem 60 dragas instaladas e 300 perfurações, de 300 metros de profundidade, e que está inclusive sendo escavado um tunel.

"Ocorre que em janeiro deste ano a Votorantim contratou de 350 a mil braçais, para fazer toda estrutura de mineração, e isso provocou um barulho, uma agitação, de que tem minério e isso foi agitando e agitando", repete. "Por isso houve uma explosão de garimpeiros".

Saliez acredita que, aproveitando o momento eleitoral, período em que a polícia está proibida de prender, garimpeiros entraram em massa na fazenda, que tem segurança "leve".

Segundo ele, a notícia sobre ouro raso se espalhou e, além de amadores, foram atraídos também garimpeiros profissionais, inclusive um grande grupo que estava explorando ilegalmente reservas indígenas em Rondônia.

Diz ainda que na fazenda tem mais dois garimpos, além da "Grota da Anta", onde o pessoal está agora.

Além da concessão da multinacional, um pecuarista arrendou a fazenda, há 6 anos, para criar cerca de 500 cabeças de gado.

O fazendeiro explica que mora com a esposa, oficialmente a dona da fazenda, em Joinville, Santa Catarina, e a Dardanellos é a única propriedade do casal em Mato Grosso. Trata-de 2,8 mil hectares, em área amazônica, tamanho considerado de pequeno porte. No entanto, de grande potência mineral.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • José dione ferreira de Paula | Quarta-Feira, 07 de Novembro de 2018, 17h57
    1
    0

    Na verdade os garimpeiros vão sair sozinho por causa da dificuldade mais também não tem tanto Ouro como estão falando estive no local

Matéria(s) relacionada(s):

AMM omite transparência e é acionada

neurilan fraga curtinhas   O Ministério Público e o TCE receberam denúncia e vão intimar a AMM, presidida por Neurilan Fraga, a se explicar sobre o porquê o portal da entidade estar completamente desatualizado. Em Transparência, nada consta de informação, muito menos em relação...

Famílias e resgate da Praça Alencastro

emanuel praca curtinha   A praça Alencastro, em frente à prefeitura, no centro de Cuiabá, voltou a ser frequentada, de forma tranquila e segura, pelas famílias, algo até então inimaginável, principalmente à noite, porque ali estava tomado por pessoas suspeitas, inclusive de tráfico de...

Silval pagou dezembro; e Taques, não

pedro taques curtinhas   Por incrível que pareça, Pedro Taques (foto), que passou o tumultuado mandato de quatro anos olhando para o retrovisor, carimbando Silval Barbosa (foto) de quadrilheiro, corrupto e de incompetente, vai fechar o mandato, no próximo dia 31, sem pagar a folha de dezembro, ou seja, empurrando-a para o...

2 na briga para cuidar do caixa da AL

guilherme maluf curtinha   Sob articulação do pai, ex-deputado José Riva, a deputada reeleita Janaína segue articulando duro nos bastidores para compor chapa como primeira-secretária. Na prática, por mais que encontre certas resistências de alguns dos colegas votantes, ela quer ser ordenadora de...

MDB aponta o des(acordo) com Mauro

carlos bezerra curtinha   O MDB conduzido por Carlos Bezerra insiste na tese de que Mauro Mendes está descumprindo acordo de campanha. Para atrair o partido ao palanque, Mauro se comprometeu a, se eleito, oferecer duas secretarias de ponta à legenda. Agora, em reunião com o dirigente emedebista, o governador eleito sugeriu as...

Selma prevarica sobre tais extorsões

selma arruda curtinha   A juíza aposentada Selma Arruda, senadora eleita pelo PSL, arrumou mais uma confusão. Acuada por estar sendo investigada por abuso de poder econômico e sob risco de ser cassada, ela disparou sua metralhadora verbal contra membros do TRE-MT. Sem citar nome, afirmou que sofreu três tentativas de...

Derrota, acordo e permanência na AL

romualdo junior   Romoaldo Júnior (foto) está rindo à toa. Após derrota à reeleição, viu nas negociações políticas a chance de continuar legislando na Assembleia. E, pelo visto, conseguiu. O governador eleito Mauro convidou o deputado reeleito Allan Kardec (PDT) para assumir a...

Misael priorizará concurso na Câmara

misael galvao curtinha   Misael Galvão, que assume a presidência da Câmara de Cuiabá em 1º de janeiro, já definiu como uma das prioridades de sua gestão a realização de concurso público para preenchimento de diversas vagas. A equipe de transição, que levanta a real...

Definida lista tríplice para vaga no TRE

Em sessão ordinária administrativa realizada na manhã desta quinta (13), o Pleno do Tribunal de Justiça (TJ)  definiu a lista tríplice com o nome dos advogados que irão concorrer à vaga de juiz membro titular – classe jurista – do Tribunal Regional (TRE). A vaga será aberta com o término do primeiro biênio do advogado Ulisses Rabaneda  na função. Compõem a lista os advogados...

MAIS LIDAS