Cidades

Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018, 09h:57 | Atualizado: 03/09/2018, 15h:17

OPERAÇÃO CATARATA

Gaeco vê "fatos graves" no contrato da Caravana da Transformação em MT e SP

Atualizada às 13h44

Christiano Antonucci

Caravana da transforma��o

Caravana da Transformação é um programa na área de saúde do Governo do Estado e faz cirurgias oftalmológicas em regime de mutirão em todo Estado

Rodinei Crescêncio

Gaeco na SES

Gaeco vasculha o prédio da Secretaria de Saúde e cumpre mandados de busca e apreensão

O Ministério Público de Mato Grosso deflagrou nesta segunda (3) a Operação Catarata. Agentes do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado, o Gaeco, de Mato Grosso e São Paulo, cumprem mandados de busca de apreensão e vasculham todo o prédio da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES). Outro alvo é a empresa 20/20 (Fábio Vieira da Silva), localizada em Ribeirão Preto.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público, promotor de Justiça Mauro Zaque, o objetivo da operação é apurar “fatos graves na execução do contrato da Caravana da Transformação no tocante aos serviços de oftalmologia”. Os mandados de busca e apreensão foram deferidos pela juíza Célia Vidotti em ação cautelar proposta pelo MP de MT. Investigações apontam que o contrato cobria mais trabalhos que não foram feitos.

A magistrada também acatou o pedido do MP e determinou a suspensão do contrato e o pagamento de quaisquer valores à empresa responsável pelos serviços de oftalmologia. Foi decretada ainda a indisponibilidade de bens do secretário do Estado de Saúde, Luís Soares, e do proprietário da empresa. Na tarde desta segunda, o Gaeco colherá depoimentos de pessoas envolvidas no caso. 

O oficial de Justiça esteve nesta manhã notificando a Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) sobre a decisão da suspensão do contrato.

Outro lado

O procurou o secretário de Estado de Saúde, Luís Soares, mas a assessoria de comunicação dele disse que ainda não estavam informados sobre o teor da operação.

Às 15h11 - Governo emite nota dizendo que procedimentos da Caravana são rigorosamente auditados

Confira íntegra da nota:

O Governo do Estado de Mato Grosso informa que está prestando todas as informações necessárias ao Ministério Público Estadual sobre o contrato da Caravana da Transformação e que irá recorrer da decisão que suspendeu o referido contrato.

O Governo do Estado esclarece que os procedimentos cirúrgicos da Caravana da Transformação são rigorosamente regulados e auditados. Os relatórios são encaminhados periodicamente aos órgãos de controle e estão à disposição para consulta, desde sua primeira edição, em 2016, no Portal Transparência.

A Caravana da Transformação segue rigidamente os preços da Tabela SUS (Sistema Único de Saúde). Cada cirurgia sai pelo valor de R$ 771,60. Já na rede particular, uma cirurgia de catarata fica entre R$ 4 mil e R$ 8 mil por globo ocular e, dependendo dos equipamentos e tipo de lente a ser implantada no paciente, pode chegar a R$ 10 mil.

Em 14 edições, a Caravana da Transformação realizou 88.171 consultas e 66.409 cirurgias oftalmológicas. No total, foram atendidas mais de 350 mil pessoas em serviços de cidadania ao longo de todas as edições.

O Governo do Estado reitera a lisura e transparência em todos os contratos envolvendo a Caravana da Transformação e se coloca à disposição para prestar todos os esclarecimentos à Justiça.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • João batista | Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018, 17h33
    0
    0

    Tem político de MT que só vai desidter de mamar no estado quando for condenado por pelo menos 30 anos pois alguns já estiveram condenados e presos por crime de desvios de verba publica e estão fazendo campanha para as eleições deste ano como se fossemos memória fraca.

  • Ex-eleitor do Taques 2 | Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018, 13h03
    5
    1

    A casa tá caindo!

  • alexandre | Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018, 12h42
    6
    0

    tão confundindo atendimento com operação...

  • Marcelo Lira | Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018, 12h02
    5
    1

    Tá tendo Transformação ???

  • Jorge Luiz | Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018, 11h00
    6
    1

    TUDO CULPA DO SIVAL, PEDRINHO O EMBROMADOR NÃO SABE DE NADA

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.