Judiciário

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 17h:51 | Atualizado: 21/02/2020, 11h:15

Dossiê no pendrive

Delação entregue por Riva tem 58 anexos; são áudios, vídeos, além de documentos

Jos� Riva

Anexos contém documentos e declarações que trazem à tona as condutas ilícitas conduzidas pela organização chefiada pelo ex-presidente da Assembleia

A delação premiada do ex-presidente da Assembleia Legislativa José Riva, homologada pelo desembargador  Marcos Machado, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), foi dividida em 58 anexos.  Cada anexo contém documentos e declarações sobre as supostas condutas ilícitas praticadas pela organização criminosa comandada pelo delator.

As provas foram entregues de maneira física (documentos) e audiovisual (áudios e vídeos) gravados num pendrive  que está em poder do Judiciário e Ministério Público Estadual (MPE).

Segundo o despacho do desembargador Marcos Machado, os termos do acordo foram definidos após considerações sobre a  repercussão dos fatos  nas finanças pública. Também foi considerada  a possibilidade de se apurar tudo o que foi narrado por Riva, individualizando a conduta de cada envolvido e  estimando os valores desviados.

“Os  núcleos das revelações estariam concentrados em reiterados casos de desvio de receita pública, realizados por agentes lotados no Poder Executivo e na mesa Diretora da ALMT, objeto das apurações em curso tanto na esfera criminal como no âmbito civil”, diz trecho do despacho.

Termos

Conforme apurado pelo  , Riva se comprometeu em devolver R$ 94 milhões - sendo que já abateu R$ 2 milhões referente a uma aeronave entregue ao Estado. Além disso, ficará ao menos dois anos em prisão domiciliar - o acordo tratava de 4 anos, mas o período em que o político esteve preso preventivamente serviu para abatimento.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Ggm | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 10h36
    2
    1

    Sigam o exemplo do Rio de Janeiro, Cabral fez delação e nem por isso reduziram sua pena.

  • Diego A L | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 09h41
    4
    0

    Se ele realmente delatar irá aparecer os verdadeiros larápios pois ele sempre dizia que era um gatinho perto dos leões, ele sempre levou a fama mas nunca esteve sozinho, agora a vaca vai para o brejo...

  • Crítico | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 09h28
    2
    0

    Tem gente do TJ e MP envolvido. Foi omitido?

  • Critico | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 09h26
    3
    0

    E o judiciário e o MP não delatou porque? Bocas pequenas anunciam pelos 4 cantos que existem envolvidos.

  • Lucia Matos | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 07h59
    2
    0

    que vergonha... que vergonha... o carma desses larápios será pesado...

  • Nilza | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 20h48
    4
    0

    MEU PAI SEMPRE FALAVA QUE O ÚNICO LUGAR PARA ESSA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA COMANDADA PELO DELATOR É NA CADEIA.

  • nelson | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 19h37
    6
    0

    a quadrilha era antiga e a formação era sempre a mesma e de acordo com as necessidades o grupo aumentava, conseguencia quanto maior o grupo a arrecadação aumentava, agora vem a delação homologada, e o delator não passa de um ladrão mor

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.