Polícia

Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2018, 07h:05 | Atualizado: 22/11/2018, 16h:17

Operação Sem Saída

Ex-prefeito de Brasnorte é preso pela PF acusado de ligação com megatraficante

Atualizada às 09h51

Reprodução

Eudes prefeito de Brasnorte

Ex-prefeito de Brasnorte Eudes de Aguiar (DEM) é alvo da PF

O ex-prefeito de Brasnorte (a 585 km de Cuiabá), Eudes Tarciso de Aguiar (DEM), é um dos alvos da Polícia Federal na Operação Sem Saída, deflagrada na manhã desta quinta (22) contra o tráfico de drogas. Ele foi preso preventivamente, em Brasnorte, e será trazido para Cuiabá ainda nesta quinta e depois segue para Curitiba (PR), onde deve prestar esclarecimentos à PF.

Outro alvo da operação é irmão do ex-prefeito, Alessandro Rogério de Aguiar.

O terceiro preso é o empresário Mauro Laurindo da Silva, sócio da Fama Serviços Administrativos, empresa em Mato Grosso investigada pelo suposto pagamento de propina a políticos e que recebeu repasses de doleiros ligados ao traficante. Mauro foi preso em Cuiabá e é sócio da empresa, que seria investigada, entre outras coisas, pelo envolvimento no esquema de corrupção no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

Ação é oriunda de São Paulo e estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva em Mato Grosso. Os mandados foram cumpridos em Brasnorte, Tapurah, Juara, Nova Maringá e Cuiabá. O objetivo é reunir elementos probatórios da prática dos crimes de lavagem de dinheiro, contra o sistema financeiro nacional, organização criminosa, associação para o tráfico internacional de drogas, dentre outros delitos ressaltando-se que somente nesta Operação Sem Saída o patrimônio arrecadado será de mais de R$ 100 milhões, considerando que somente em fazenda são mais de 11 mil hectares.

PF

tráfico cabeça branca

Este é o escritório onde megatraficante Cabeça Branca lava o dinheiro ilegal do crime e o carro da Polícia Federal estaciona em frente ao prédio nesta 5ª

A PF afirma que tratar-se da maior operação da história da entidade na desarticulação patrimonial de organização criminosa com atuação no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Eudes é acusado de envolvimento com o megatraficante internacional Luiz Carlos da Rocha, conhecido por “Cabeça Branca”, preso em julho de 2017, em Sorriso (a 290 km de Cuiabá), na operação Spectrum.

Em Cuiabá, em um dos alvos de mandados foi descoberta uma rinha de galos.

PF

rinha

Agentes federais flagram rinha de galos, que seria um divertimento, mas também fonte de renda em disputas ilegais. Ao fundo gaiolas e à frente o ringue

Veja vídeo da sáida dos policiais da sede da PF em Curitiba (PR)

Atualizada às 7h15 - PF encaminha relato sobre nova fase da Operação Spectrum. Leia na íntegra

Em mais uma ação ostensiva decorrente da chamada Operação Spectrum, que levou à prisão o mega traficante internacional Luiz Carlos da Rocha, vulgo “Cabeça Branca” no dia 01/07/2017, a Polícia Federal deflagrou, nesta quinta (22) a Operação Sem Saída, nos Estados do Paraná e Mato Grosso. 

A denominada Operação Spectrum está em sua 4ª fase ostensiva, tendo até o momento arrecadado aproximadamente R$ 500 milhões em patrimônio da organização criminosa comandada por Luiz Carlos da Rocha, o “Cabeça Branca”, somente em solo brasileiro. Dentre os bens sequestrados estão 16 fazendas que somadas representam uma área de aproximadamente 40 mil hectares em Mato Grosso.

Merece destaque a Cooperação Policial Internacional mantida entre a Polícia Federal e a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD), cujos números são extremamente expressivos, pois culminaram no encerramento de 41 empresas, apreensão de 42 mil cabeças de gado e o sequestro de 31 fazendas em solo paraguaio.

Objetivo é reunir elementos probatórios da prática dos crimes de lavagem de dinheiro, contra o sistema financeiro nacional

Trecho da nota da PF

Aproximadamente 100 policiais federais cumprem 18 ordens judiciais em Curitiba no Paraná e em Brasnorte, Tapurah, Juara, Nova Maringá e Cuiabá (em Mato Grosso), dos quais 2 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 14 mandados de busca e apreensão, cujo objetivo é reunir elementos probatórios da prática dos crimes de lavagem de dinheiro, contra o sistema financeiro nacional, organização criminosa, associação para o tráfico internacional de drogas, dentre outros delitos ressaltando-se que somente nesta Operação Sem Saída o patrimônio arrecadado será de mais de R$ 100 milhões, considerando que somente em fazenda são mais de 11 mil hectares.

A denominação Sem Saída é uma alusão ao fato de que todos aqueles que participaram da organização criminosa ou de alguma forma se associaram a Luiz Carlos da Rocha serão identificados e responsabilizados, pois todas as informações levantadas no curso das investigações estão sendo minuciosamente analisadas, não deixando saída para tais suspeitos.

Registramos tratar-se da maior operação da história da Polícia Federal na desarticulação patrimonial de organização criminosa com atuação no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Os presos serão conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR onde permanecerão à disposição da Justiça.

Será concedida entrevista coletiva às 10h no auditório da sede da Polícia Federal em Curitiba/PR.

Galeria: Operação Sem Saída

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Walacce | Segunda-Feira, 26 de Novembro de 2018, 11h10
    0
    1

    Ae Roberto são dos ministros do Bolsonaro e vai ficar presos junto com o Lula né kkkkkkkkkkkkkkk, que combinação perfeita kkkkkkkkkkkk

  • Osni | Sábado, 24 de Novembro de 2018, 18h05
    0
    0

    Se buscar por partido político ninguém escapa, todos têm rabo preso. Tem que DISSOLVER o congresso e resetar todo passado do Brasil. Devemos voltar ao regime militar que é autoritário porém muito menos corrupto.

  • ABEL CLEMENTINO DE AMORIM | Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2018, 10h35
    4
    2

    os presos vão ficar junto com o Chefão do Quadrilhão na sede da policia federal em Curitiba, tudo farinha do mesmo saco, dando trabalho pra Juíza GABRIELA e Procuradores!

  • roberto | Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2018, 09h34
    11
    7

    mais um do DEM dos Ministros Mandeta (saude), Tereza(agricultura) Onix( Casa civil), que apoia Bolsonaro e este deve ter votado no Bozo

Matéria(s) relacionada(s):

Licitação irregular em Alto Araguaia

gustavo de melo 400 curtinha   O conselheiro-subtituto do TCE, Luiz Carlos Pereira, determinou que o prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), suspenda de imediato, devido a apontamento de irregularidades, uma licitação para contratar por R$ 2,9 milhões uma empresa com vistas a executar obras de asfaltamento tipo TSD...

Mutirão fiscal prorrogado na Capital

Emanuel Pinheiro curtinha   Levando em consideração o grande número de contribuintes interessados em negociar dívidas com o município, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu prorrogar o Mutirão de Conciliação Fiscal até 30 de agosto. Os atendimentos foram retomados na terça...

6 deputados podem tentar prefeitura

silvio favero curtinha   Pelo menos seis deputados estaduais ensaiam candidatura à prefeitura. Eles nada têm a perder, pois a legislação não exige renúncia do mandato no Legislativo para disputar vaga no Executivo.  Sílvio Fávero (foto) deve concorrer em Lucas do Rio Verde, numa...

Munhoz agora é adjunto na Sinfra

 Mauricio Munhoz-curtinha-400   O governador Mauro Mendes nomeou o economista e escritor Maurício Munhoz (foto) como secretário adjunto de Gestão e Planejamento da Sinfra, pasta comandada por Marcelo Padeiro. Filiado ao PSD, é representante da Fundação Espaço Democrático em MT, que...

Contribuição com óculos às crianças

virginia mendes 400   Após lançamento de campanhas sociais, como o Aconchego, com distribuição de 100 mil cobertores a famílias em situação de extrema vulnerabilidade, de festas para angariar fundos e ajudar entidades, e do empenho pela reabertura do Hospital Estadual Santa Casa, a primeira-dama do...

Sob efeito das urnas e tiro pela culatra

valtenir pereira 400   Valtenir Pereira (foto), indiciado pela PF por envolvimento em desvio de recursos da União, não conseguiu se reeleger no ano passado. Ficou na primeira-suplência. E culpou o que chamou de traição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro por este ter lançado o filho Emanuelzinho, que se...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.