Polícia

Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020, 05h:56 | Atualizado: 21/10/2020, 15h:07

CIRCUMITUS

PF faz ação contra desvios na Educação; empresário é preso por arma ilegal

A Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas da manhã de hoje (21) a operação Circumitus para combater desvio de recursos públicos. Ordens judiciais são cumpridas em Cuiabá e Campo Novo do Parecis. O empresário Mauricio Souza de Menezes, dono da Protege Energia, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma. A candidata Samila Dalva de Jesus Silva, a "Samila" (Patri), também foi alvo de busca e apreensão.

Bárbara Sá

Agentes da PF na empresa Protege Energia, no Jardim Calif�rnia, em Cuiab�

Agentes federais estão neste momento na empresa Protege Energia, no Jardim Califórnia, em Cuiabá, onde cumprem mandado de busca e apreensão

Neste momento, são cumpridos mandados em uma empresa no Jardim Califórnia, na Capital, e na prefeitura de Campo Novo do Parecis.

Funcionários da Controladoria Geral da União acompanham os trabalhos, e alguns deles estão no IFMT de Campo Novo dos Parecis. 

Reprodução

Busca e apreensão - casa da candidata Samila

Policiais cumprem busca e apreensão na casa da candidata a vereadora Samila Dalva

A ação visa desarticular esquema criminoso com indicativos de fraudes e desvio de recursos públicos no instituto nas áreas da educação e infraestrutura. O montante dos recursos envolvidos é de aproximadamente R$ 4,8 milhões.

As investigações tiveram início a partir de trabalhos internos da CGU que identificaram pagamentos de notas fiscais de possível fornecimento de gêneros alimentícios no mês de janeiro de 2020 para alimentação escolar, sendo que neste período os alunos estavam em período de férias escolares.

No decorrer das investigações foi possível constatar que os referidos gêneros alimentícios não foram entregues pelas empresas contratadas, porém foram pagos integralmente. Somente nesta ocasião foram desviados cerca de R$ 127 mil.

Diante dos fatos, a CGU iniciou trabalho de auditoria em outros pagamentos e identificou indícios de irregularidade também em um contrato de manutenção preventiva da infraestrutura do campus.

Outros elementos informativos evidenciaram as referidas irregularidades procedimentais em relação a contratos para obras de engenharia. Servidores públicos estariam exercendo pressão sobre responsáveis pela fiscalização de contratos para liquidação e pagamento de notas fiscais, muitas vezes sem que se verificassem a execução completa do respectivo serviço ou fornecimento de material.

Assista momento em que agentes chegam à empresa - veja.

Bárbara Sá

Agentes da PF na empresa Protege Energia, no Jardim Calif�rnia, em Cuiab�

Reprodução

CGU_IFMT_camponovo

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Pedro A. Moura | Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020, 11h40
    1
    0

    Hum... Não sei não. Acho que nesse caso a atuação freou danos maiores, já que o grupo criminoso já estava se articulando para voos na "política" com a candidatura da principal envolvida nas fraudes e desvios. Como pode uma pessoa ganhar R$ 5000 e ao mesmo tempo viajar pra portugal, ter casa de alto padrão, se lançar na política financiando a própria campanha. Interessante faz a gente pensar

  • José Eduardo | Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020, 09h47
    3
    1

    A Polícia e a Justiça é igual marido traído são últimos a saber.

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...