Blog do Romilson Cuiabá, 20 de Abril DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Divergências

Henry vê manobra de Riva e Eliene, suspende eleição no PP e rejeita apoiar Wilson e Jayme

31/12/2009, 07h:30 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

    Os deputados José Riva e Pedro Henry, principais caciques políticos do PP no Estado, continuam em rota de colisão nos debates internos. Apesar de não admitirem publicamente o clima de racha, ambos não chegam a um acordo sobre quem o partido deva apoiar para governador e senador. Presidente da Assembleia, Riva se mostra simpático a uma coligação com o DEM do senador Jayme Campos, de quem é amigo há vários anos. Jayme, por sua vez, se não consolidar sua candidatura ao Palácio Paiaguás, sinaliza para apoio ao prefeito tucano Wilson Santos. Já Henry deixa claro que não apóia nem Jayme e muito menos Wilson. O deputado federal está costurando junto à direção nacional para o PP fechar aliança com o PMDB do vice-governador Silval Barbosa, que assume a administração estadual em 31 de março.

Fernando Ordakowski
Deputado estadual José Riva e o federal Pedro Henry não chegam a um acordo sobre quem o partido deva apoiar para governador e senador

  O confronto entre os dois caciques aumentou quando, no mês passado, Henry descobriu que Riva e o deputado federal Eliene Lima estavam conspirando contra ele. Queriam formar comissão provisória regional e excluir Henry, já pensando no poder de decisão na hora de definir sobre que rumo o PP deve tomar quanto às eleições gerais de 2010. Henry ficou na bronca e buscou respaldo da Nacional e conseguiu recompor o diretório estadual, hoje sob seu aliado Chico Daltro, que deixa nesta quinta a secretaria estadual de Ciência e Tecnologia já para trabalhar candidatura à Câmara Federal. A eleição para renovar a Executiva do PP que deveria ocorrer neste ano acabou suspensa por causa dessa queda-de-braço. Dos membros da cúpula estadual, Riva ficou com apenas três votos. Hoje, o PP está sob controle de Pedro Henry, aliado de carteirinha do governador Blairo Maggi, principal cabo eleitoral de Silval.

   O deputado tem divergências com Jayme desde a época em que o hoje senador era prefeito de Várzea Grande. Além disso, entra em jogo questão paroquial de Cáceres. Pedro Henry é irmão de Ricardo, prefeito reeleito em 2008 e que foi cassado sob acusação de ter cometido crime eleitoral. Os irmãos Henry são adversários do hoje prefeito Túlio Fontes, que pertence ao DEM de Jayme. Pedro Henry e o pré-candidato do PSDB a governador Wilson Santos estão tão distanciados devido a brigas do passado que nem se cumprimentam. Além disso, o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo, se juntou a Henry para rejeitar composição com o tucanato. Desse modo, se depender do grupo de Henry, que domina o PP em Mato Grosso hoje, o partido estará no palanque de Silval e Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • André | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 19h43
    0
    0

    Realmente Jota Ribeiro, até que se prove, todos são inocentes, inclusive VOCÊ.

  • Antônio Carlos | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 16h01
    0
    0

    Fico triste em ler este tipo de noticias, estes dois parlamentares tem dezenas de processos na justiça e ainda comanda um partido politico de renome nacional. é complicado ter que conviver com este tipo de politico. um é acusado de fazer parte do mensalão outro é acusado de disviar dinheiro da assembleia. que lideranças tem o PP no estado heimmmmmmmmmmmmmm. o lugar destes dois é no pascoal ramos.

  • aroldo | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 14h37
    0
    0

    é isso ai henry, cuidado com riva esse é traíra mesmo tá sempre querendo levar vantagem

INFIDELIDADE PARTIDÁRIA

Pra se salvar, Cattani cita BO, arrola 6 testemunhas e quer ação extinta

Por 19/04/2021, 18h:48 - Atualizado: 19/04/2021, 18h:51

gilberto cattani 680

Em sua contestação ao pedido de cassação do mandato por infidelidade partidária, o recém-empossado deputado Gilberto Cattani alega que o suplente Emilio Populo, que pleiteia a cadeira, ajuizou ação antes do prazo estabelecido, o que contraria a norma eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Fabinn | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 08h45
    2
    0

    Tosco, porém, esperto quando se trata de dinheiro e poder! Pra quem estava apagado la nos rincões de Nova Mutum, a coisa esta ficando gostosa

  • marlon lopes | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 07h10
    5
    0

    Esse nao tem futuro....vai voltar para o curral

  • Sônia Campos | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 21h52
    4
    1

    Nada haver essa justificativa! Jogou no lixo o entendimento jurídico Eleitoral

RUMO AO SENADO

Só apoio de Bolsonaro não elege Medeiros

Por 19/04/2021, 14h:20 - Atualizado: 19/04/2021, 14h:22

jos� medeiros 680

Num Estado em que a principal engrenagem que puxa a economia é o agronegócio, apenas o apoio político de Bolsonaro não será suficiente para eleger José Medeiros senador nas urnas do próximo ano, mesmo com boa parte do eleitorado considerado conservador e inclinado às ideologias de direita.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • elias | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 09h49
    0
    0

    morrerão abraçados na praia

  • SEBASTIÃO BENILDO RCOHA | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 20h30
    13
    2

    Não é todo dia que acefalia substitui cerebro pensante e estrutura. fALA BOBAGEM DEMAIS, NÃO TEM PROJETO NEM PROPOSTA PRA SOCIEDADE. BABA OVO NÃO CRIA IMGAGEM PROPRIA.

  • Citizenship | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 19h48
    6
    1

    A regra de proibição de coligações partidárias em eleições parlamentares produz efeitos interessantes. Deputado federal de um partido pequeno parece vislumbrar um cenário de não reeleição e então discute uma candidatura majoritária, a senador. Será que este é o motivo?

RUMO À ASSEMBLEIA

Principais pré-candidatos a deputado pelo Araguaia saiba

Por 19/04/2021, 07h:19 - Atualizado: 19/04/2021, 09h:07

baiano filho 680

A região do Araguaia, com 35 municípios e cerca de 300 mil eleitores e que hoje só tem um representante entre 24 deputados, o médico Eugênio de Paiva, de Água Boa, já contabiliza ao menos 15 pretensos candidatos à Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Regina Mendes | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 13h24
    1
    0

    O Engenheiro Nakamoto vai ter muitos apoios nesta região, mesmo sendo de outra!

  • Gonçalves | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 11h35
    1
    11

    Eu sou de São Félix do Araguaia e faço política em Luciara, Santa Terezinha, Vila Rica e outros Município e esses nomes são fracos e com pouca chance de serem eleitos, por isso o Grupo do DEM prefere votar no ex Governador Júlio Campos que será Deputado Estadual e será eleito e não em alguém que não tem chance de ganhar. Nos vamos de Júlio 2525.

  • Araguaia | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 09h11
    11
    0

    Nenhum merece ser eleito são todos farinha do mesmo saco, sou do araguaia digo e afirmo que todos os deputados que sairá da região envergonhou nossa gente, se pensarmos bem não devemos eleger ninguém dessa turma. Eles São eleitos para representar o governo e não o povo.

REPASSES FEDERAIS

Bolsonaro cita verbas "robustas" para MT; senador pede informações

Por 18/04/2021, 14h:39 - Atualizado: 18/04/2021, 14h:39

jair bolsonaro 680

O Governo Bolsonaro, que ainda não abriu o orçamento deste ano, tem feito propaganda de números robustos de repasses em 2020 para Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Pedrão | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 16h58
    2
    0

    É impressionante que expressiva parcela de evangélicos esteja "fechada com bolsonaro". Como acendem uma vela a Deus e outra ao diabo? O cabra já deu mostras, inúmeras vezes, de que não veio pra compor, mas para segregar. Só governa (sic) para sua base, e suas políticas principais são voltadas para a extinção das minorias - e de todos a quem elegeu como inimigos. Como o crente "é de Deus" e apoia um troço desses??

  • Jorge | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 11h07
    2
    0

    Diva, ignorância também tem limites. Lembrando que, segundo o teu mito, você nasceu de uma fraquejada. Não é que ele tem razão? Pelo teu comentário, você está com capim no lugar do cérebro.

  • rico | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 10h08
    5
    1

    Aqui na VG o dinheiro foi gasto nas pracinhas, na Orla do Porto , Parque Berneck e eleição

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Cáceres gasta quase R$ 500 mil na compra de 5.460 cestas básicas

Por 18/04/2021, 07h:58 - Atualizado: 18/04/2021, 08h:03

fabiola campos caceres 680

A prefeitura de Cáceres, sob Eliene Liberato, vai comprar 5.460 cestas básicas para distribuir gratuitamente a famílias em vulnerabilidade socioeconômica neste período de pandemia.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Pedrão | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 17h29
    0
    0

    Ô dona Sônia Campos, não fossem as (poucas) políticas adotadas pelo prefeito anterior, teríamos um número de mortos muito mais assustador. As parcas medidas restritivas atrapalharam os negócios, mas pouparam vidas. A economia só vai reagir após a vacina, coisa que o seu presidente ainda não aceitou.

  • Sandra Furlan | Domingo, 18 de Abril de 2021, 19h40
    2
    0

    Qual é a estratégia do ser,ou melhor ,qual foi a estratégia no início da pandemia,acorda povo.

  • Victor | Domingo, 18 de Abril de 2021, 18h12
    4
    1

    Se não fosse a PM e o Rotary com suas ações sociais a população estaria passando fome.

MODAL DE TRANSPORTE

A luta ignorada de Vuolo pra ressuscitar VLT

Por 17/04/2021, 14h:07 - Atualizado: 17/04/2021, 14h:09

vicente vuolo 680

Mesmo com a decisão oficial do governador Mauro Mendes de enterrar de vez a ideia de retomar as obras do VLT e, sim, de implantar o BRT na Região Metropolitana, o servidor do Senado, Vicente Vuolo, segue na luta incansável, desgastante e isolada de ressuscitar o tal metrô de superfície.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Hernan Escudero | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 09h51
    1
    0

    Discordo q esteja sendo ignorado!, pois muitos de nos cuiabanos e varzeagrandenses! Estamos tda aguardando o posicionamento do MpF e a da Justica federal

  • Hernan Escudero | Domingo, 18 de Abril de 2021, 20h59
    1
    0

    Discordo q esteja sendo ignorado!, pois muitos de nos cuiabanos e varzeagrandenses! Estamos tda aguardando o posicionamento do MpF e a da Justica federal

  • João Vicente Latorraca | Domingo, 18 de Abril de 2021, 16h16
    1
    1

    A decisão do governador não teve e nunca terá respaldo técnico. Se tivesse, a viabilidade do VLT estaria estampada. Ele sabe disso. Isso é fortemente sustentado pelo fato dele correr do debate. Assume uma postura autoritária para tentar provar a eficácia de suas decisões. Não é difícil imaginar os motivos para ele querer o BRT. Tirem suas conclusões. Parabéns Vicente, sua luta não será em vão. Força 💪

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2695