Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Divergências

Henry vê manobra de Riva e Eliene, suspende eleição no PP e rejeita apoiar Wilson e Jayme

    Os deputados José Riva e Pedro Henry, principais caciques políticos do PP no Estado, continuam em rota de colisão nos debates internos. Apesar de não admitirem publicamente o clima de racha, ambos não chegam a um acordo sobre quem o partido deva apoiar para governador e senador. Presidente da Assembleia, Riva se mostra simpático a uma coligação com o DEM do senador Jayme Campos, de quem é amigo há vários anos. Jayme, por sua vez, se não consolidar sua candidatura ao Palácio Paiaguás, sinaliza para apoio ao prefeito tucano Wilson Santos. Já Henry deixa claro que não apóia nem Jayme e muito menos Wilson. O deputado federal está costurando junto à direção nacional para o PP fechar aliança com o PMDB do vice-governador Silval Barbosa, que assume a administração estadual em 31 de março.

Fernando Ordakowski
Deputado estadual José Riva e o federal Pedro Henry não chegam a um acordo sobre quem o partido deva apoiar para governador e senador

  O confronto entre os dois caciques aumentou quando, no mês passado, Henry descobriu que Riva e o deputado federal Eliene Lima estavam conspirando contra ele. Queriam formar comissão provisória regional e excluir Henry, já pensando no poder de decisão na hora de definir sobre que rumo o PP deve tomar quanto às eleições gerais de 2010. Henry ficou na bronca e buscou respaldo da Nacional e conseguiu recompor o diretório estadual, hoje sob seu aliado Chico Daltro, que deixa nesta quinta a secretaria estadual de Ciência e Tecnologia já para trabalhar candidatura à Câmara Federal. A eleição para renovar a Executiva do PP que deveria ocorrer neste ano acabou suspensa por causa dessa queda-de-braço. Dos membros da cúpula estadual, Riva ficou com apenas três votos. Hoje, o PP está sob controle de Pedro Henry, aliado de carteirinha do governador Blairo Maggi, principal cabo eleitoral de Silval.

   O deputado tem divergências com Jayme desde a época em que o hoje senador era prefeito de Várzea Grande. Além disso, entra em jogo questão paroquial de Cáceres. Pedro Henry é irmão de Ricardo, prefeito reeleito em 2008 e que foi cassado sob acusação de ter cometido crime eleitoral. Os irmãos Henry são adversários do hoje prefeito Túlio Fontes, que pertence ao DEM de Jayme. Pedro Henry e o pré-candidato do PSDB a governador Wilson Santos estão tão distanciados devido a brigas do passado que nem se cumprimentam. Além disso, o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo, se juntou a Henry para rejeitar composição com o tucanato. Desse modo, se depender do grupo de Henry, que domina o PP em Mato Grosso hoje, o partido estará no palanque de Silval e Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • André | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 19h43
    0
    0

    Realmente Jota Ribeiro, até que se prove, todos são inocentes, inclusive VOCÊ.

  • Antônio Carlos | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 16h01
    0
    0

    Fico triste em ler este tipo de noticias, estes dois parlamentares tem dezenas de processos na justiça e ainda comanda um partido politico de renome nacional. é complicado ter que conviver com este tipo de politico. um é acusado de fazer parte do mensalão outro é acusado de disviar dinheiro da assembleia. que lideranças tem o PP no estado heimmmmmmmmmmmmmm. o lugar destes dois é no pascoal ramos.

  • aroldo | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 14h37
    0
    0

    é isso ai henry, cuidado com riva esse é traíra mesmo tá sempre querendo levar vantagem

  • vilmar | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 14h22
    1
    0

    O nome já diz tudo, “partido”, ou seja, dividido, então, normal as idéias dos membros se divergirem, mas, no meu ponto de vista, neste caso específico, a orientação do Presidente da AL prevalecera.

  • Marcos | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 13h41
    0
    1

    Entre RIVA e HENRY!!! Nossa! Dramática a situação do PP em Mato Grosso! Essa dupla é de dar inveja até em Paulo Maluf, que por sinal é o fundador desta sigla tão progressista! O pior de tudo é que esses dois figurinhas carimbadas devem se reeleger em 2010! Realmente tem eleitor pra tudo!! Depois não reclamem da corrupção, da saúde, da educação, da segurança pública.... e por aí vai.. afinal cada um tem o representante que merece!

  • jota ribeiro | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 13h24
    0
    0

    caro plinio o henry é o do mensalão e o riva não é os do 100 processos de corrupção , se ta de brincadeira né rapaz

  • Edinaldo Franca | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 13h19
    0
    0

    SE RIVA SE BANDEAR PARA O LADO DE WILSON SANTOS É BOM ELE POR A BARBA DE MOLHO , PORQUE JÁ COMBALIDO PO TANTOS PROBLEMAS, TALVEZ ESTEJA CAUSANDO O MAIOR DE SUA VIDA! SEM APOIO DO GOVERNO RIVA CORRE O RISCO ATE MESMO DE NAO SR CANDIDATO NEM A DEPUTADO. ABRA O OLHO RIVA!!!

  • benedito kleber dos santos figueiredo | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 12h55
    0
    0

    Acho incrivel o incansavel DEPUTADO RIVA, armar a cama para outros se deitarem, ATE QUANDO prepararemos a ^Ata^ para outros assinarem, vamos analisar aqui quem tem a maior base ELEITORAL, de que vale as visitas constantes em todos os cantos deste Estado, Ora Pois.........

  • PLÍNIO MARQUES | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 09h13
    0
    0

    Esse Henrri não era aquele do mensalão? aquele que quase foi cassado, ele tá cheio de moral para tomar decisões, fiquem de olho neste sujeitinho.

  • MEDEROVSK | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 08h09
    0
    0

    QUE LIDERANÇA FANTÁSTICA...QUE TRIO HEIN?

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 02h atrás

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 06h atrás

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    4
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

RUMO À REELEIÇÃO

Com 13 siglas e podendo atrair o PSL

Por 20/10/2019, 20h:41 - Atualizado: 20/10/2019, 21h:50

emanuel pinheiro deputados 680

Emanuel com os deputados Sílvio Fávero (PSL), Paulo (PP), Avalone (PSDB), Janaína (MDB) e seu esposo Diógenes

A um ano das eleições, o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro já conta com apoio pré-estabelecido ao projeto de reeleição de nada menos que 13 partidos. E tende a aglutinar outros, inclusive o PSL do presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Pedro José Cruz | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 16h45
    0
    0

    Pedro José Cruz , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria F. Albuquerque | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h16
    5
    5

    Desse jeito vai ganhar no primeiro turno. Até agora não apareceu adversário à altura para derrotar Emanuel. Juntando todos os pré-candidatos da oposição não dá um.

  • Claudiomario | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h31
    8
    7

    Neste quase três anos de mandato, o prefeito tem conseguido vencer as demandas, e tem buscado recursos pra continuar viabilizando esforços respeitando todas as possíveis diferenças politicas e partidárias que possam existir, , tudo dentro da normalidade!!

  • Pedro luis | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h59
    17
    9

    Se o eleitor Cuiabano votar no Emanuel, mesmo depois de vídeo do paletó, estará demonstrado que o eleitor não se importa com corrupção, e quem tem atitudes duvidosas é aplaudido. Estará demonstrando também que corrupção não é problema, que não se importa. Estará provado ao mundo que é um exemplo de eleitor, que vota sem se importar com a índole do candidato.

SOB INVESTIGAÇÃO

Promotor denunciado segue do Núcleo de Patrimônio e Probidade

Por 20/10/2019, 10h:44 - Atualizado: 20/10/2019, 13h:37

marco aurelio 680

Denunciado criminalmente pelo MPE por quebra de segredo de Justiça, após investigações do Naco, o promotor Marco Aurélio, ex-coordenador do Gaeco, não deve ser afastado do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

Postar um novo comentário

RUMO AO ALENCASTRO

Sem espaço no PDT, Julier sinaliza retorno ao PT para disputar Cuiabá

Por 19/10/2019, 10h:32 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:39

julier ludio pt 680

Petistas, entre eles o deputado Lúdio Cabral e presidente municipal Bob Almeida, após reunião com Julier, nesta 6ª

De um lado, um partido sem opção de candidatura a prefeito de Cuiabá. De outro, um ex-candidato sufocado e sem espaço na legenda onde está filiado desde dezembro de 2015.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h32
    7
    4

    Sai de um pequeno partido no Estado para um partido inexistente com o peso de ter patrocinado o maior esquema de desvios da história.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h05
    9
    1

    Dr Julier o senhor pode não gostar do meu comentário, mas vou falar, abra mão de candidatura a prefeitura, pois pessoas maldosas lhe tirou da magistratura, e comece do começo, candidate a vereador, com certeza o senhor será eleito, daí pra frente só depende de você. Vai por mim.

SEM RESPALDO

Barbudo agora terá de sobreviver politicamente longe de Bolsonaro

Por 18/10/2019, 18h:24 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:55

nelson barbudo 680

Embora esteja no início do mandato, Nelson Barbudo, o mais votado em 2018 junto ao eleitorado mato-grossense à Câmara Federal, enfrenta agora um grande desafio, o de sobreviver politicamente desgarrado de Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Paulo | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h20
    13
    1

    Esse senhor Barbudo é um falastrão. Com o apoio do presidente já não servia pra muita coisa, sem o apoio é que não serve mesmo pra nada. Como pode dar as costas pro presidente que o elegeu? Se não fosse o Bolsonaro esse homem tirava 200 votos e olhe lá.

  • jose carlos | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 08h44
    3
    2

    Aconselho este deputado a continuar ouvindo seu assessor Dal...B.... que assim ele vai longe , alto taquari

  • Frank Sabiá | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 14h50
    19
    1

    Como que MT elege um Urtigão desses ? Todos foram na Onda do Bolsonarismo, agora o maior beneficiado cospe no prato que comeu.

  • Angelo | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 10h02
    6
    13

    O presidente fraude anti-Brasil nunca abandonará barbudo ... ele sempre terá lugar cativo no lado esquerdo ... no lado esquerdo da bolsa escrotal do psicopata ... ele de um lado e Medeiros de outro...

  • Salas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 08h52
    15
    1

    Deputadinho “marca fraca”, sempre foi ridículo e se acha, agora vai pra vala.

  • Lucas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 05h15
    22
    0

    Esse Barbudo que nem sei de onde surgiu. E blm colocar a barba o bigode o chapeu a botina de molho. Quis fazer gracinha. Virou traira tambem. Agora vai ter que rebolar p se manter

  • alexandre | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 20h21
    18
    1

    quem era o PSL , antes do Bolsonaro ? vai voltar para o ostracismo...

  • GILMAR DE PAULA | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 15h59
    28
    0

    O Barbudo , se continuar nesse "lero lero", aventando possível candidatura a prefeito de Cuiabá e participando de conluios com os camundongos famintos do PSL terá, no futuro, uma difícil campanha para vereador em Alto Taquari, com chances reais de fragorosa derrota.

  • Benedita da Silva | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 13h39
    18
    1

    Muito cacique pra pouco índio, e agora Barbudo ficou, não só com as barbas de molho, como num mato sem cachorro. E não fez um ano de mandato, a lojinha do PSL pegando fogo.

  • Joacir Gimene de Lima | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 12h57
    12
    6

    Depressão à vista.....Falta o Mouro. 🤔🤔

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2437