Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Novembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Divergências

Henry vê manobra de Riva e Eliene, suspende eleição no PP e rejeita apoiar Wilson e Jayme

31/12/2009, 07h:30 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

    Os deputados José Riva e Pedro Henry, principais caciques políticos do PP no Estado, continuam em rota de colisão nos debates internos. Apesar de não admitirem publicamente o clima de racha, ambos não chegam a um acordo sobre quem o partido deva apoiar para governador e senador. Presidente da Assembleia, Riva se mostra simpático a uma coligação com o DEM do senador Jayme Campos, de quem é amigo há vários anos. Jayme, por sua vez, se não consolidar sua candidatura ao Palácio Paiaguás, sinaliza para apoio ao prefeito tucano Wilson Santos. Já Henry deixa claro que não apóia nem Jayme e muito menos Wilson. O deputado federal está costurando junto à direção nacional para o PP fechar aliança com o PMDB do vice-governador Silval Barbosa, que assume a administração estadual em 31 de março.

Fernando Ordakowski
Deputado estadual José Riva e o federal Pedro Henry não chegam a um acordo sobre quem o partido deva apoiar para governador e senador

  O confronto entre os dois caciques aumentou quando, no mês passado, Henry descobriu que Riva e o deputado federal Eliene Lima estavam conspirando contra ele. Queriam formar comissão provisória regional e excluir Henry, já pensando no poder de decisão na hora de definir sobre que rumo o PP deve tomar quanto às eleições gerais de 2010. Henry ficou na bronca e buscou respaldo da Nacional e conseguiu recompor o diretório estadual, hoje sob seu aliado Chico Daltro, que deixa nesta quinta a secretaria estadual de Ciência e Tecnologia já para trabalhar candidatura à Câmara Federal. A eleição para renovar a Executiva do PP que deveria ocorrer neste ano acabou suspensa por causa dessa queda-de-braço. Dos membros da cúpula estadual, Riva ficou com apenas três votos. Hoje, o PP está sob controle de Pedro Henry, aliado de carteirinha do governador Blairo Maggi, principal cabo eleitoral de Silval.

   O deputado tem divergências com Jayme desde a época em que o hoje senador era prefeito de Várzea Grande. Além disso, entra em jogo questão paroquial de Cáceres. Pedro Henry é irmão de Ricardo, prefeito reeleito em 2008 e que foi cassado sob acusação de ter cometido crime eleitoral. Os irmãos Henry são adversários do hoje prefeito Túlio Fontes, que pertence ao DEM de Jayme. Pedro Henry e o pré-candidato do PSDB a governador Wilson Santos estão tão distanciados devido a brigas do passado que nem se cumprimentam. Além disso, o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo, se juntou a Henry para rejeitar composição com o tucanato. Desse modo, se depender do grupo de Henry, que domina o PP em Mato Grosso hoje, o partido estará no palanque de Silval e Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • André | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 19h43
    0
    0

    Realmente Jota Ribeiro, até que se prove, todos são inocentes, inclusive VOCÊ.

  • Antônio Carlos | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 16h01
    0
    0

    Fico triste em ler este tipo de noticias, estes dois parlamentares tem dezenas de processos na justiça e ainda comanda um partido politico de renome nacional. é complicado ter que conviver com este tipo de politico. um é acusado de fazer parte do mensalão outro é acusado de disviar dinheiro da assembleia. que lideranças tem o PP no estado heimmmmmmmmmmmmmm. o lugar destes dois é no pascoal ramos.

  • aroldo | Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 14h37
    0
    0

    é isso ai henry, cuidado com riva esse é traíra mesmo tá sempre querendo levar vantagem

RUMO A 2022

Empresário já se articula pra federal

Por 30/11/2020, 15h:39 - Atualizado: 01h atrás

junior verdao 680

O empresário José Wenceslau Júnior, o Júnior da Verdão, começa a trabalhar projeto de candidatura a deputado federal daqui a dois anos.

Postar um novo comentário

APADRINHAMENTO

Afilhada política de Blairo se deu bem e será senadora temporária

Por 30/11/2020, 13h:17 - Atualizado: 02h atrás

margareth buzetti 680

A empresária Margareth Buzetti (PP), aos 61 anos, se deu bem na vida pública, sob empurrão de Blairo Maggi, de quem se diz amigo e da cozinha.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Gilmar Maldonado Roman | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 14h16
    1
    1

    Não seria 2027?

DESGASTE

Gisela e o abraço da morte política

Por 29/11/2020, 20h:23 - Atualizado: 29/11/2020, 20h:25

gisela simona abilio 680

Junto com Abílio Júnior, morre também politicamente, ao menos pelos próximos dois anos, a advogada Gisela Simona (Pros), terceira colocada no primeiro turno na disputa à Prefeitura da Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • ILDO PEREIRA | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 13h52
    8
    0

    MORREU POLITICAMENTE PORQUE FALTOU COERENCIA, DEVERIA TER FICADO NEUTRA NO SEGUNDO TURNO, PRESERVANDO SEU LEGADO, ACABOU OPTANDO POR ABILIO, COM CERTEZA EM RAZAO DE GANHAR ALGUNS CARGOS NO GOVERNO E NAO PENSOU NO FUTURO, E UMA PENA.

  • Vendas Certas | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 10h29
    4
    0

    Vendo camiseta com a frase " Mesmo sendo Mulher....." by Abelha. Mas só vendo para os apoiadores desta traidora

  • André Ribeiro | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h34
    26
    0

    Essa Gisela tá igual ao Mike Jagger, o barco que ela entra afunda!!! Affe

DERROTA NAS URNAS

Despreparado, Abílio foi longe demais

Por 29/11/2020, 18h:56 - Atualizado: 29/11/2020, 18h:58

abilio derrota 680

Abílio Júnior foi longe demais na vida pública. É um político oco, inconsistente, arrogante, dissimulado, oportunista, contraditório e que soube, sob os artifícios das redes sociais, atacar e se vitimizar ao mesmo tempo.

Postar um novo comentário

Comentários (25)

  • Paulino | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 15h03
    5
    4

    Érica cabe sim ao povo julgar, a eleição é um julgamento sim, mas entre ficar com um cara que apareceu no vídeo colocando dinheiro no paletó, este vídeo faz parte de um processo da justiça com delações apontando que são verbas de propina e um outro cidadão que julgam inexperiente, eu fico com o inexperiente.

  • João Pedro | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 14h10
    3
    2

    Infelizmente nao temos bom candidatos a politicos, ai temos que escolher entre o Emanuel Paletó e o Abilio surtado

  • Erica Ferreira | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 11h18
    14
    5

    a corrupção do prefeito, cabe a justiça julgar, agora entregar a prefeitura de uma cidade a um pessoa desiquilibrada que nunca soube o que é gestão, como seria esse governo, não votei a favor da corrupção voltei sem ter opção então preferir optar pela experiencia de gestor para comandar a cidade

REPRESENTATIVIDADE

Com Cuiabá, MDB se torna a maior força partidária de MT - confira

Por 29/11/2020, 18h:09 - Atualizado: 29/11/2020, 18h:10

mdb prefeitos 680

Com a vitória em Cuiabá, marcada pela reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro, somando 23 prefeituras, o MDB se torna a maior força partidária de Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ricardoefferson | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h16
    5
    0

    Democrata fadado ao ostracismo político

  • Rico | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h14
    8
    0

    Senador Jaime peça orientação ao Bezerra dê como administra um partido político

CÂMARA DE CUIABÁ

A derrota com "sabor" de vitória

Por 29/11/2020, 12h:13 - Atualizado: 29/11/2020, 12h:16

bruno magalhaes 680

O empresário Bruno Zancanaro Magalhães, de 30 anos, jogou pesado, em termo de estrutura logística, na candidatura a vereador pela Capital, mas não conquistou a cadeira.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Narciso Mello | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 00h30
    0
    1

    Humm, 1.652 é maior do que 2037. Ta sertu (certo)

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2634