Blog do Romilson Cuiabá, 09 de Agosto DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

INGERÊNCIA PARTIDÁRIA

3 afundaram o PSL-MT em dívidas

Por 10/06/2019, 10h:51 - Atualizado: 10/06/2019, 11h:01

Nemias Coelho

wilson kero kero 680

Vereador Wilson Kero-Kero, um dos ex-presidentes que, por ingerência, levou o PSL a perder fundo partidário

O PSL do presidente Jair Bolsonaro continua com fundo partidário bloqueado em Mato Grosso, acumulando dívidas de R$ 160 mil oriundas de três gestões, impedindo repasse de recursos para o diretório estadual, presidido hoje pelo federal Nelson Barbudo.

Sem o suporte financeiro a que teria direito, Barbudo não consegue, por exemplo, montar a sede do partido e nem atender uma série de outras demandas. Mesmo assim, o PSL é uma das legendas que mais tem crescido nos municípios. Conta hoje com 65 comissões provisórias formadas e com outras 47 em andamento.

Os problemas vêm desde 2003, anda sob a presidência de Emídio de Souza, foram transferidos para o vereador cuiabano Wilson Kero-Kero e, depois, para o ex-deputado federal Victório Galli. Deixaram o PSL à deriva.

Entre as ingerências sob responsabilidade do trio estão a não prestação de contas, falta de documentos e dívidas não pagas. Como em eleições passadas, o partido quase não elegia ninguém, os presidentes também pouco importavam em prestar contas a Justiça Eleitoral. As pendências só devem ser resolvidas junto ao TRE-MT dentro de 90 dias.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Emídio de Souza"Major PSL | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 08h49
    0
    0

    ESCLARECIMENTO Realmente, houve uma falha por parte do deputado federal Nelson Barbudo ao fazer acusações ao líder Emídio de Souza que é um dos fundadores do PSL. Isso porque, ele não fez a apuração dos fatos para ter clareza da veracidade do que é certo. Então, a verdade é que a gestão do PSL-MT, contraiu a dívida mencionada pelo parlamentar,por multa, ou deixou de prestar contas anual do partido. Neste caso eu Emídio de Souza era presidente da executiva provisória estadual do PSL MT, exercício no ano de 2002, em que foi criado 43 comissões executiva provisórias municipal em Mato Grosso. As prestações de conta por mim do comitê financeiro foram todos prestados e aprovados, conforme espelho apresentados pelo TRE-MT. Sou líder sempre colaborei apenas como membro histórico fundador do partido PSL-MT, como coadjuvante e colaborador.

  • Cuiabano | Segunda-Feira, 10 de Junho de 2019, 11h27
    7
    1

    Victório Galli foi o único que levantou toda questao contábil do PSL no período que foi presidente. Galli que descobriu toda falcatrua que fizeram nas gestões anteriores, inclusive cnpj duplicado na gestão do kero kero. A inexperiência e ineficiência da gestão atual é que está afundando o PSL de MT, que mesmo sabendo da incapacidade do vereador kero kero o colocaram novamente de presidente municipal. No interior estao colocando pessoas que Que não apoiaram o partido na eleição e deixando os companheiros que realmente vestiram a camisa insatisfeitos. Selma e Barbudo estao acabando com o PSL de MT.

EM CÁCERES

Francis se distancia de sua vice, que ganha asas desvinculada do prefeito

Por 09/08/2020, 17h:27 - Atualizado: 04h atrás

eliene liberato francis 680

O prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), acabou empurrando para a oposição a sua vice Eliene Liberato, pré-candidata à sucessão pelo PSB.

Postar um novo comentário

EM LUCAS

Chapa vitoriosa é reeditada 16 anos depois pra tentar derrotar Binotti

Por 09/08/2020, 11h:53 - Atualizado: 09h atrás

osvaldo martinello 680

Marino Franz (Republicanos) vai com tudo pela reconquista da Prefeitura de Lucas do Rio Verde. Dezesseis anos depois, deve repetir a mesma chapa vitoriosa de 2004, tendo como vice o também empresário Osvaldo Martinello (PR), da rede varejista Eletromóveis Martinello.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amaral antunes | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 15h39
    1
    0

    Virou Cosa Nostra em Lucas

ELEIÇÃO AO SENADO

Sob incentivo do governador, Pivetta se anima; Sachetti segue 1º suplente

Por 08/08/2020, 22h:16 - Atualizado: 08/08/2020, 22h:29

Mayke Toscano

mauro mendes otaviano pivetta 680

Convencido pelo governador Mauro Mendes a se manter no páreo, o vice Otaviano Pivetta (PDT) se reanimou para a disputa ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Nicinha | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 23h15
    7
    3

    Adilton Sachett o marido da influencer que envolveu no acidente que matou o menor e tentou fugir do local, justamente no dia dos pais!!! Caso a chapa ganhe e Adilton Sachett assuma Mato Grosso terá a esposa de um senador que envergonhará nosso estado!

RUMO AO ALENCASTRO

9 partidos já fechados pela reeleição e 4 brigam pela vice de Emanuel

Por 08/08/2020, 12h:43 - Atualizado: 08/08/2020, 12h:43

emanuel pinheiro 680

Nove partidos já estão fechados para o apoio à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. São eles: MDB, PTB, PP, PV, Republicanos, PL, PSB, PSDB e PTC.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Cuiabano de xapa e cruz | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 15h28
    0
    1

    Discordo será volta de novo a ser nosso Prefeito o melhor que tivemos todos os bairros tem uma obra só andar não vê quem não quer têm nosso voto sim com certeza.

  • Alex | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 22h10
    9
    4

    Depois do vídeo do paletó. Me arrependo de ter votado no Emanuel.

  • Pedro luis | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 18h42
    13
    6

    Esse prefeito vai sofrer a maior derrota política. Aquele vídeo do paletó vai desmoraliza-lo, será humilhado e massacrado pelos adversários. A sociedade vai conhecer que realmente é esse cidadão, e vai coloca-lo no seu devido lugar. Só para lembrar: todos que foram filmados embolsando o dinheiro do Silvio, foram dxpurgados da vida pública. O único que ainda respira é o nosso prefeito.

CHAPA AO SENADO

No acordão Leitão-Júlio, Wellington mantém indicação do 2º suplente

Por 07/08/2020, 15h:34 - Atualizado: 07/08/2020, 16h:04

wellington fagundes 680

 

O senador Wellington Fagundes, cacique do PL, participou do acordão que resultou na indicação de Júlio Campos à primeira-suplência ao Senado do tucano Nilson Leitão.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amaral antunes | Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020, 18h50
    10
    7

    Que limpa faremos. Dessa vez leitao e julio, daqui a menos de 3 anos, esse que nunca faz nada welinton.

rumo às urnas

DEM e 3 destinos ao Senado

Por 07/08/2020, 11h:22 - Atualizado: 07/08/2020, 11h:27

otaviano pivetta 680

O DEM está dividido em três sobre disputa ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Francisco Antônio de Almeida | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 08h27
    0
    0

    Depois do vídeo do paletó, se mostra tão indecente quanto o personagem principal do vídeo.

  • José Carlos | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 17h47
    2
    3

    Realmente o DEM autentico e verdadeiro, do tempo de Jonas Pinheiro, hoje liderado pelo Senador Jaime, Deputado Dilmar e ex-Governador Julio, sem duvida alguma vai coligar com o PSDB e apoiar o ilson Leitão, e os dissidentes vão divifdir entre Piveta e Faváro. Eu prefiro apoiar o Leitão que é o menos ruim, e não será empregado nem de Mauro Mendes e nem de Blairo e Erai Maggi, vãi lutar pelo povo de Mato Grosso.

  • Maria Luiza do DEM | Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020, 17h12
    5
    3

    Fabio Garcia, o presidente-sumido do DEM, que tem atende telefone ou zap dos seus companheiros, vai ficar chupando dedo sentando numa cadeira de balança, pelo apoio do DEM ao Piveta, como o Mauro Mendes, tambem com apoio dos Democratas ao Carlos Fávaro, pois ambos devem estar de passagem no DEM-MT.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2582