Cidades

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 18h:40 | Atualizado: 28/02/2020, 21h:23

DE PRONTIDÃO

Antigo Pronto-Socorro de Cuiabá passa a ser referência para casos de coronavírus

Reprodução

Coronav�rus

Mato Grosso registrou mais um caso suspeito da doença em Sorriso, segundo o Governo do Estado. Cuiabá não estã na lista de notificações do coronavírus

O antigo Pronto-Socorro de Cuiabá será ponto de referência para atendimentos de possíveis casos de suspeita de coronavírus na Capital, que, até o momento, não possui nenhum paciente em monitoramento. No local, serão realizados exames hospitalares e internações, em situações necessárias. Em Mato Grosso, três pessoas estão sob monitoramento e aguardando o resultado do teste para o vírus.

Um deles, morador de Alto Taquari (a 483 km de Cuiabá) teve piora no quadro de saúde ontem (27). No entando, conforme a secretaria de Saúde do município, o paciente segue sendo observado e os médicos aguardam o resultado dos exames laboratoriais. Ele começou a apresentar os sintomas após chegar de uma viagem à Europa. 

Leia mais: Homem com sintomas de coronavírus está estável e já fez exame, diz secretária

Leia mais: Paciente monitorado por coronavírus piora; familiares têm orientações de saúde

O segundo paciente monitorado é de Glória D'Oeste (a 312 km de Cuiabá) e mora em um dos países em que o coronavírus se alastrou rapidamente. Ele procurou por ajuda médica após retornar ao Brasil na quarta (26). De acordo com a secretaria estadual de Saúde, não há novidades sobre o estado de saúde dele. 

Um novo caso suspeito de coronavírus foi notificado em Sorriso (a 420 km de Cuiabá) e divulgado pela secretaria estadual de Saúde (SES), na tarde de desta sexta (28). 

A Prefeitura de Cuiabá anunciou nesta sexta (28) uma série de medidas que visam a orientação sobre como evitar o contágio, além do atendimento correto e humanizado aos pacientes com suspeita do vírus. Dentre as ações, estão capacitações para os servidores de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), das policlínicas, unidades básicas de saúde e alinhamento de fluxo de atenção a casos suspeitos.

Leia mais: MT tem 2 monitorados com sintomas de coronavírus; um deles chegou da Itália

Além do suporte médico, a prefeitura informou que está emitindo orientações nas salas de espera das unidades de saúde e redes sociais. A previsão é de que, na próxima semana, uma campanha de comunicação sobre o coronavírus seja encaminhada para todos os prédio públicos municipais. Informativos técnicos também estão sendo feitos pela Vigilância em Saúde

Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica.

O vírus 

Pertencentes a uma grande família viral, o coronavírus que é conhecido desde meados de 1960 reapareceu na China neste ano. Embora na maioria dos casos as complicações sejam consideradas leves e moderadas pela semelhança com resfriado, alguns podem causar doenças graves com impacto importante na saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

As investigações sobre transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação entre pessoas (contaminação por contato) está ocorrendo podendo ser pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

· gotículas de saliva;

· espirro;

· tosse;

· catarro;

· contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

· contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os quadros respiratórios como resfriados, gripes e pneumonias são causados por diversos microorganismos. Assim que os primeiros sintomas respiratórios surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento. São eles:

 · febre;

 · tosse;

· dificuldade para respirar.

Cuidados

 O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

· evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

 · realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

· utilizar lenço descartável para higiene nasal;

· cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir e higienizar as mãos após;

· evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

· não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

· manter os ambientes bem ventilados;

· evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

· evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Diante dessa preocupante situação, a Prefeitura Municipal de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde tem adotado as seguintes condutas técnicas:

· participação em web e vídeo conferências promovidas pelo Ministério da Saúde;

· acompanhamento da situação por meio dos boletins epidemiológicos emitidos pelo Ministério da Saúde (MS)/Organização Mundial da Saúde(OMS)

· participação em encontros técnicos multissetoriais para definir ações e estratégias de ação em consonância com as instruções do Ministério da Saúde/OMS;

· organização da rede de assistência e acompanhamento do paciente;

· estabelecimento de Hospital-Referência para suporte inicial;

· elaboração e divulgação de material informativo para a população e profissionais de saúde;

· elaboração e divulgação de material técnico para profissionais de saúde;

· levantamento de necessidades emergenciais para atendimento de qualidade em caso de suspeitos em nosso município;

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.