Cidades

Terça-Feira, 01 de Outubro de 2019, 18h:15 | Atualizado: 01/10/2019, 18h:19

Testemunha afirma que madrasta usou herança da enteada para comprar lote

Reprodução/Rdnews

Jaira Gon�alves de Arruda Deddica

Depoimento feito na Deddica aponta que investigada Jaira Arruda teria comprado lote com dinheiro da sua enteada

O depoimento de uma nova testemunha do caso Mirella Poliane Chue de Oliveira, de 11 anos, que teria sido envenadada pela madrasta Jaira Gonçalves de Arruda, 42, presa no dia 9 de setembro, traz novos detalhes para a investigação do caso. Jaira teria pedido autorização a Justiça para sacar R$ 10 mil, de uma conta onde estava depositado a indenização pela morte da mãe da enteada, para usar no tratamento da menina. Porém, a suspeita teria comprado um lote com o valor. 

O depoimento de três páginas foi divulgado pela TV Centro América, na manhã desta terça (1°). De acordo com a lei, os valores da indenização só poderiam ser liberados quando a menina fizesse 24 anos ou em caso de extrema urgência. 

Para conseguir retirar o dinheiro, a madrasta alegou que Mirella estava doente e que os médicos de Cuiabá não conseguiam diagnosticar o problema, portanto, seria necessário que elas fizessem uma viagem para São Paulo. Cerca de R$ 800 mil estavam depositados na conta em questão. 

A mãe da menina morreu no parto em decorrência de erro médico, no Hospital Santa Rosa, na Capital. Em 2019, após 10 anos, o processo foi encerrado, e o hospital foi condenado a pagar o valor à Mirella. 

Na segunda parte do depoimento, a testemunha afirmou que Jaira teria se desesperado após descobrir que o corpo da enteada precisaria ser encaminhado para um exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Entenda o caso 

Um exame pericial confirmou a presença de carbofurano no corpo de Mirella, de 11 anos. De acordo com a Polícia Civil, o pesticida é um dos mais tóxicos do mercado e é comercializado somente através do mercado clandestino. 

Mirella chegou a ser internada nove vezes durante dois meses, até morrer em junho deste ano. No início, o médico que atendeu a menina suspeitou de abuso sexual e, por conta disso, solicitou um exame pericial. A motivação do crime foi o dinheiro da ação movida pelos avós maternos da criança, que ingressaram na Justiça reivindicando indenização. Em 2019, após 10 anos, o processo encerrou, com causa ganha à família.

O valor de obtido, de R$ 800 mil, incluindo os descontos de honorários advocatícios, teria atraído a atenção da madrasta.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Base na Câmara e apoio de Iva Viana

leonardo 400 curtinha   Leonardo Bortolin (foto), que comanda Primavera do Leste e um dos vários prefeitos que prestigiaram a solenidade de entrega 100% do HMC, nesta segunda à noite, em Cuiabá, revelou contar com uma base forte e sólida na Câmara Municipal, o que tem sido importante na aprovação dos...

Ato de EP atrai 5 últimos governadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto), habilidoso nas articulações políticas, conseguiu levar para o mesmo evento, marcando a entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá, nesta segunda à noite, quatro ex-governadores e ainda o atual. Prestigiaram a solenidade Júlio Campos, Carlos Bezerra,...

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.