ENTREVISTA ESPECIAL

Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 08h:55 | Atualizado: 06/12/2018, 11h:29

Encantada pela lua, estudante de MT que já foi à Nasa luta para ser astronauta veja

Maria Gisllanny tem se dedicado aos estudos com o objetivo de conquistar a chance de estudar na Nasa

Rodinei Crescêncio/Arte/Rdnews

Maria Gisllany

 

Maria Gisllanny é uma jovem estudante de Física da UFMT, que há muito tempo sonha em ser astronauta e conheceu a Nasa em 2016 com apoio do Governo do Estado. Mantendo proximidade com Marcos Pontes e outros pesquisadores brasileiros, ao ela se mostra confiante em seus objetivos, já que é uma aluna aplicada desde que se entende por gente. Com inúmeras palestras marcadas, ela tenta coletar incentivo financeiro para alcançar a meta e viajar, mais uma vez, aos EUA e transferir seu curso para mais perto de seu sonho.

Confira os melhores trechos da entrevista:

No 3º semestre de Física e seu objetivo profissional parece estar traçado. De onde surgiu o desejo em seguir essa carreira?

Entrei na UFMT com objetivo de ser astronauta, um dos requisitos para isso é se graduar em uma das áreas das exatas: Física, Química ou Engenharia. Gosto de Física desde criança e por isso quis cursá-la aqui. Estive na Nasa em 2016 com o apoio do Governo do Estado e realizei cursos dados por eles. Por crescer assistindo os filmes Apollo 13, Perdido em Marte, Gravidade e outros relacionados ao espaço e conhecer o centro de comando e os ônibus espaciais na Nasa e ver tudo de perto foi incrível.

Quem conheceu na NASA? Depois de ter visto tudo de perto acha seu sonho ainda mais possível?

Os cientistas que encontrei lá são todos americanos, conversei com eles e tive a oportunidade de saber um pouco mais sobre a vida deles para chegar até a Nasa e isso foi muito importante. Meu objetivo é ser astronauta e trabalhar na estação espacial, sempre fui encantada pela lua desde criança, então meu sonho é trabalhar nas próximas missões, que serão na Lua e em Marte, se tudo der certo, vão construir um laboratório na superfície da lua e eu quero estar trabalhando lá.

Quais tipos de dificuldades enfrentou?

Tenho enfrentado muitas dificuldades na trajetória, mas quero muito terminar minha graduação nos EUA ou fazer uma pós, faltam bolsas por parte do Brasil. Nos EUA oferecem bolsas para estudantes internacionais, mas temos custos e não são bolsas integrais. O aluno que não tiver condições financeiras, dificilmente consegue ir para outro país. Terá que trilhar um caminho muito mais longo e árduo para alcançar o mesmo resultado.

Rodinei Crescêncio

Maria Gisllany

Em um dos laboratórios do curso de Física da UFMT, Maria Gisllanny conta ao Rdnews sobre seu sonho em morar nos EUA e se tornar astronauta

Como você se tornou uma aluna tão aplicada e se destacou de outros da sua idade?

Sempre fui apaixonada pelos livros e coisas relacionadas a Astronomia, por muitas vezes não tinha internet em casa ou um computador e eu ia para a biblioteca e levava um caderninho. Nele eu transcrevia tudo que eu achava sobre o assunto. Uma vez, uma professora me perguntou o motivo pelo qual eu copiava aquilo, porque muita coisa nem era conteúdo de sala de aula. Porém, eu sabia que iria usar para alguma coisa um dia e, realmente, usei mais tarde.

Eu tive momentos em que homens riram e fizeram comentários maldosos ao se deparar com minha decisão de ser piloto

Maria Gisllanny

Sendo mulher e ainda muito jovem, passou por algum tipo de preconceito por querer entrar nesta área que é predominantemente exercida por cientistas homens?

Homens e mulheres possuem a mesma capacidade. Em termos de dificuldade “social” há a questão do preconceito ainda presente. Eu acredito que nós mulheres temos que acreditar em nossa capacidade, tomar nossa posição e dizer, eu posso.  Dizer com autoridade. Eu tive momentos em que homens riram e fizeram comentários maldosos ao se deparar com minha decisão de ser piloto, minha resposta a eles é que eu quero, eu posso e eu serei o que eu quiser ser, independente do que pensam. Tenho certeza que em breve terei meu brevê de comandante, e isso não depende deles, depende apenas de mim. Se eu for me ofender ou desacreditar em meu sonho por comentários maldosos, aí sim meus sonhos ficarão distantes.

Qual a mensagem deixa para jovens que tem sonhos tão grandes como o seu?

Minha mensagem principalmente para as meninas é que elas acreditem em si. Seus sonhos se tornarão reais, se você acreditar neles e se posicionar. Vai lá e faça. Mostre que são capazes de realizar as mesmas tarefas com grande eficiência, independente de sua área de atuação.

Veja em vídeo trecho da entrevista com Maria Gisllanny:

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • . | Sábado, 08 de Dezembro de 2018, 01h11
    0
    1

    Dinheiro para coisas até banais o governo libera, como uma lei Rouanet da vida. Agora deveria existir incentivos para os talentos da ciência, pois serão pessoas decisivas nas ações estratégicas e tecnológicas do país. Entretanto, sem incentivo, há grande chance de mais uma fuga de cérebro.

  • milton seduc | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 18h30
    1
    1

    PARABÉNS MARIA DA NASAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!! Conheci a maria no projeto da caravana , eu a levei para dar palestras e explicar sobre o espaço para os alunos de escolas estaduais...participei da ida dela para os estados unidos na primeira vez.... menina de um futuro brilhante!!!! estará nos estados unidos como astronauta com certeza... conte comigo maria.....

  • Maximo | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 13h39
    3
    1

    Parabéns Maria! Conte com a gente.

  • Frank Eduardo Ferreira de Souza | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 16h57
    6
    1

    Parabéns Maria Gisllany por correr atrás do seu sonho de ser astronauta, sucesso para você nessa sua jornada!

Matéria(s) relacionada(s):

Jackson, enfim, nomeado ao TRE-MT

jackson 400 curtinha tre   O presidente Bolsonaro, enfim, escolheu, de uma lista tríplice, quem passa a compor o Pleno do TRE-MT no cargo de juiz titular, na categoria jurista, para dois mandatos de mandato. Trata-se de Jackson Francisco Coutinho (foto), que desde o ano passado já atua como juiz-membro substituto no Tribunal. Nos...

Com mais de 60 prefeitos e esposas

mauro mendes virginia 400   Acompanhado do governador e esposo Mauro, a primeira-dama Virginia Mendes recebeu para um jantar no Palácio Paiaguás, na segunda, mais de 60 primeiras-damas, além de prefeitos e outras autoridades. O governador, que promoveu o encontro, aproveitou para expor números, ações e...

UPA do Verdão vai ser entregue - veja

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro programa inaugurar na primeira quinzena de dezembro a UPA do Verdão (próximo à Arena Pantanal), uma nova e moderna estrutura que terá capacidade de atendimento de cerca de 12 mil pessoas por mês - veja aqui o vídeo que mostra a obra em fase...

Capital transmite final da Copa Verde

O Cuiabá Esporte Clube enfrenta o Paysandu hoje, às 20h, pela final da Copa Verde, no estádio Mangueirão. O Dourado precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com o título. Caso a vitória seja por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis. A Capital FM 101.9, que acompanha o futebol regional desde início do ano, será a única rádio de Cuiabá que fará a...

Um dos cuiabanos na final Fla x River

leonardo campos curtinha 400   O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, o Leo Capataz, é um dos flamenguistas de Cuiabá que já estão em Lima ou que ainda vão embarcar rumo à capital do Peru para assistir a final da Copa Libertadores entre Flamengo e o argentino River Plate. O confronto será...

Políticos em peso em evento do HMC

A solenidade que marcou a entrega do HMC em Cuiabá, nesta segunda (19), está sendo considerada o evento do ano para o prefeito Emanuel. Ele conseguiu motivar a presença de diversas lideranças políticas, empresariais e de diferentes setores. Para se ter uma ideia, dos 11 membros da bancada federal, 8 estavam presentes, assim como 16 dos 24 deputados estaduais e 17 dos 25 vereadores. Também marcaram presença dezenas de prefeitos e outros...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.