Judiciário

Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 09h:05 | Atualizado: 17/05/2019, 09h:16

Com novo advogado, Galli tenta reverter condenação por declarações homofóbicas

Transitou em julgado, em 8 de maio, a condenação contra o ex-deputado federal e atual assessor especial da Presidência da República Victório Galli (PSL). O ex-parlamentar trocou sua banca de advogados e tentará reverter a decisão no Tribunal de Justiça sob alegação de que a Defensoria Pública não apresentou provas das declarações supostamente homofóbicas dadas por ele.

Tarso Nunes

deputado federal Vict�rio Galli2

Ex-federal Victório Galli (PSL) é acusado de desrespeitar os direitos da comunidade LGBTI

O advogado Marcos Rachid prepara uma ação rescisória com pedido de liminar, que será interposta na 2ª instância, para suspender a condenação. Galli foi condenado, em 27 de março, pela juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, ao pagamento de R$ 100 mil por danos morais coletivos.

O prazo para recurso contra a decisão de Célia Vidotti se esgotou sem que houvesse qualquer contestação por parte da defesa do pesselista.

A defensoria entrou com a ação em março de 2017 afirmando que Galli violava os direitos fundamentais da comunidade LGBTI por sua visibilidade política. Além disso, o acusou de atuar politicamente no sentido de marginalizar os homossexuais.

“O discurso de ódio pelos gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros está sempre presente em seus palanques. Sua atuação política dentro e fora da casa legislativa se limita a categorizar, inferiorizar e ridicularizar todos cuja orientação do desejo está voltada para pessoas do mesmo sexo”, destacou o defensor Willian Zuquetti na ação.

Numa das declarações citadas, o ex-deputado tem como alvo a Disney. A empresa de entretenimento é acusada pelo ex-parlamentar de promover o "homossexualismo" - termo considerado preconceituoso para se tratar de homossexuais - entre as crianças e o Mickey Mouse, seu principal personagem, de ser gay.

A nova defesa de Galli afirma que houve cerceamento de defesa, pois não foram anexados quaisquer áudios ou outros arquivos que comprovem as declarações dadas por ele. Rachid ainda lembra que os antigos responsáveis pela defesa do ex-deputado não insistiram para que ele fosse ouvido pela Justiça. Para o advogado, a oitiva provaria que Galli “nunca foi homofóbico”.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • José da Rocha Filho | Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019, 10h32
    0
    0

    Projeção: ação pela qual um indivíduo projeta em outra pessoa algo que ele não aceita e reprime em si, mesmo, de forma inconsciente,mas que lhe pertence, como sentimento, pensamento ou desejos- FREUD.

  • Marco Aurélio | Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019, 08h01
    0
    1

    Esse cara teve quatro anos para fazer alguma coisa para MT e para o Brasil mas só ficou chamando todo mundo de gay...michey, super homem, rei leão, huck, tio patinhas, etc. Bela contribuição à nação.

  • Mauro Sergio | Sábado, 18 de Maio de 2019, 15h20
    5
    1

    EU ACHO QUE ESTE CIDADÃO VAI FICAR INELEGIVEL EM BREVE, CHEQUES CAIXA 2 .

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.