Judiciário

Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 08h:34 | Atualizado: 16/09/2020, 13h:37

HOMICÍDIO NO ALPHAVILLE

Defesa diz que divulgação do caso Isabele seria tortura moderna contra a atiradora

A defesa da adolescente B. de O. C. afirmou que a divulgação do caso em que ela é acusada pela morte da jovem Isabele Guimarães Ramos seria uma espécie de tortura moderna contra a atiradora. Em pedido encaminhado à 2ª Vara da Infância e Juventude, o advogado da família pediu que um dos promotores de Justiça que atuam no caso e a defesa da mãe da vítima não recebam mais informações do processo que tramita sob segredo de Justiça.

Reprodução

B de O C, atiradora, Isabele

Adolescente acusada de atirar em Isabele foi apreendida na noite de ontem pela Justiça

As informações constam em manifestação da defesa da atiradora sobre o pedido de apreensão feito Ministério Público Estadual (MPE). Na terça (15), a juíza Cristiane Padim da Silva determinou a apreensão de B. de O. C., o que foi cumprido ainda na noite de ontem. A adolescente está atualmente Centro de Ressocialização Menina Moça onde aguarda possível transferência para o Complexo do Pomeri. Há um habeas corpus da defesa para revogar a decisão de apreender a garota.

A petição feita pelo advogado Artur Osti critica que apesar de o promotor de Justiça Rogério Bravin ter, em meio ao pedido de apreensão, solicitado "providências de redobrada cautela no intuito de se evitar a divulgação de atos processuais a serem realizados na presente ação", a imprensa noticiou a recusa do pedido de concessão da remissão feito pela defesa antes mesmo de a própria defesa ter acesso à decisão.

Representam espécie de tortura hodierna especialmente se considerar que a vítima da infeliz prática - seja lá a quem a sua autoria seja atribuída - nada mais é que uma criança de 15 anos de idade

Artur Osti

"Embora à defesa a representação não tenha sido surpresa, até mesmo porque o promotor de Justiça Marcos Regenold Fernandes, uma semana atrás, já blasfemava o direito à liberdade da defendente em entrevista concedida à Revista Época, surpreendentemente anunciando o pedido de internação provisória que efetivamente veio a ser feito, o fato é que tais vazamentos em nada contribuem com a conveniência da instrução criminal", afirma.

Regenold atua em procedimentos relacionados aos adultos envolvidos no caso, incluindo o pai da garota que foi indiciado no inquérito da Polícia Civil por posse de arma de fogo, homicídio culposo, entregar arma a adolescente e fraude processual. Ainda não há denúncia em relação a ele e os demais adultos. A denúncia foi oferecida pelo promotor Rogério Bravin, que atua na 2ª Vara da Infância e da Juventude.

A defesa de B. de O. C. e do pai dela pede que não seja repassada qualquer informação do processo envolvendo a menor a Regenold. Cita que, a pedido da própria defesa, o membro do MPE é investigado na Corregedoria-Geral do MPE e no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) em razão da entrevista à Época. No CNMP o pedido de afastamento de Regenold do caso já foi negado.

Para a defesa, as informações publicadas pela imprensa sobre o caso não ajudam o julgamento: "Muito pelo contrário! Representam espécie de tortura hodierna especialmente se considerar que a vítima da infeliz prática - seja lá a quem a sua autoria seja atribuída - nada mais é que uma criança de 15 anos de idade".

Em seu pedido, Osti também solicita “a imediata inabilitação da família da vítima do polo ativo do presente procedimento”. Cita que a mãe de Isabele, Patrícia Hellen Guimarães Ramos, foi arrolada como testemunha de acusação, "ocasião em que precisará prestar seu testemunho de acordo com a verdade dos fatos e não de acordo com a antecipação de estratégias de defesa que ainda serão arguidas".

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Juca | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 17h09
    1
    1

    Dos Santos, leva você que deve criar seus filhos sem nenhuma regra de respeito e educação!

  • olho por olho | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 15h22
    0
    0

    olho por olho, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Jair Ipiranga | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 13h52
    5
    1

    Tortura ???? Ah tá......não foi o que eu vi lá no manso! Andando de lancha e jetski......todos felizes! A família toda estava lá......Demais de preocupados.....

  • Paulo Ricardo | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 12h56
    1
    0

    Paulo Ricardo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Rogerio | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 12h41
    8
    0

    A "criança" foi autorizada a pegar na arma. Era uma atiradora de competição. A criança tinha o domínio da técnica de tiro. Há criança sociopatas. Basta procurar na literatura.

  • fabio | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 12h08
    12
    1

    Já esta solta e a familia da menina que morreu é a unica que perdeu alguma coisa!!!! Essa menina mimada vai virar nada na vida a nao ser uma criminosa protegida pelo pai e pelas leis frouxas que temos.... perdeu quem morreu, e essa menina que matou acaba matando de novo, tomara que seja de maior ja que ai fica presa um tempo maior que uma noite. estava em quarto isolado la, um hotel pobre ne.... ja que esta acostumada com regalias e prazeres a vontade. O pai dela deveria ser incriminado e preso tambem, no minimo ele é culpado por isso..... belo exemplo ele ta dando para a flha....

  • eu | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 12h03
    12
    0

    queria ver pra esse advogado e pro pai , se fossem filhas deles, se ponha na inversão de papel, filho dos outros pode, o meu num pode, esses estão com sorte, pq se é comigo o cemitério estaria lotado, todos envolvidos na casa iriam juntos,

  • Dos Santos | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 11h48
    12
    0

    Juca, leva a di menor pra tua casa e espera ela dar um tiro no meio da testa de um de teus filhos. Aí eu quero ver você vir nos comentários e defende-la e dizer que foi um incidente e que não há necessidade de prisão. Pimenta nos olhos dos outros é refresco né camarada. Só a mãe da jovem menina morta sabe o que está sentindo.

  • Servidor Público | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 11h27
    14
    0

    Esse poder judiciário é uma VERGONHA!!!

  • Juca | Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 10h47
    1
    18

    Não vejo motivo para prisão da menor, que está respondendo junto com seu pai pelo incidente, principalmente ao ver que "di menor" de 17 anos rouba, mata, estupra, pratica todos os atos contra pessoas e a sociedade, quando levado para a delegacia a mãe dele vai lá, pega-o pela mãe e leva para casa.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...