Judiciário

Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 08h:54 | Atualizado: 20/01/2020, 09h:05

FEMINICIDA

Goleiro Bruno ainda aguarda autorização do TJ para "assumir" camisa do Operário

Atualizada às 08h59 - 20/01/2020

Renata Caldeira/TJMG

Goleiro Bruno

Bruno é condenado por homicídio qualificado

O goleiro Bruno Fernandes, que cumpre pena em regime semiaberto em Varginha (MG) pelo homicídio da ex-namorada Eliza Samudio, ao contrário do que foi divulgado na imprensa local e nacional neste final de semana, ainda aguarda autorização da Justiça de Minas Gerais para se mudar para Mato Grosso e trabalhar no time Operário de Várzea Grande. Só depois disso, o time deve apresentá-lo aos torcedores.

Condenado a cumprir a pena por homicídio triplicamente qualificado por 20 anos, é esperado com grande expectativa pelo Operário Várzea-Grandense. A proposta foi feita ano passado, mas precisava da liberação judicial para oficialização da contratação do atleta na temporada de 2020.

Nesta segunda, o falou com a Assessoria de Imprensa do TJMG, que negou já haver uma decisão proferida. 

Erramos - 20/01/2020

Esta matéria foi modificada para correção da informação incialmente publicada de que Bruno já tinha aval para morar em Mato Grosso e jogar no Operário.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • DELCI BALEEIRO SOUZA | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h52
    0
    4

    RESPOSTA AO DIGNO LEITOR, NÃO CONHEÇO OS AUTOS DA EXECUÇÃO PENAL , MAIS ACREDITO QUE ELE JÁ ESTA NO REGIME ABERTO. QUE DORME NO SEU DOMICILIO, SÓ COMPARECE À VARA DE EXECUÇÕES MENSAL PARA COMPROVAR SUAS ATIVIDADES E ENDEREÇO. seja bem vindo ao chicote da fronteira.

  • joao | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 13h16
    0
    0

    Prisão Domiciliar, de acordo com o poder judiciário é uma espécie de pena alternativa onde o réu cumpre em regime fechado, dentro de sua própria residência, a pena na qual foi julgado e condenado ou espera por julgamento. E tem mais, o juiz pode autorizar o condenado a usar tornozeleira eletrônica para sair de sua residência para trabalhar, neste caso jogar somente em VG.

  • ana | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 11h46
    1
    0

    se ele é do regime semi aberto vai dormir onde?

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.