Legislativo

Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2018, 17h:44 | Atualizado: 21/12/2018, 10h:34

CUIABÁ 300 ANOS

Vereadores autorizam Cuiabá a contratar empréstimo de R$ 425 milhões para obras

Empréstimo será contraído em dólar, o que gerou críticas pesadas dos cinco vereadores oposicionistas

Brunna Maria

C�mara de Cuiab�

Vereadores por Cuiabá,  em sessão  extraordinária, aprovaram contratação de empréstimo

A Câmara de Cuiabá aprovou, com 17 votos favoráveis e cinco contrários, a autorização para o Executivo contrair empréstimo de 110 milhões de dólares, o que equivale a aproximadamente R$ 425 milhões. A operação de crédito que ainda precisa de autorização do Senado para ser avalizada pela União será contratada junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), que é  o Banco de Desenvolvimento da América Latina. Os recursos serão destinados ao financiamento do Programa Cuiabá 300 Anos.

A sessão extraordinária foi realizada na tarde desta quinta (20). Os favoráveis seguiram a orientação do vereador Misael Galvão (PSB), que exerce a liderança do prefeito enquanto se prepara para assumir a presidência da Câmara.

A matéria teve parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Já Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária emitiu parecer contrário.

O vereador Marcelo Bussiki (PSB), que preside essa comissão, fundamentou o parecer contrário afirmando que o contrato não prevê trava cambial. Citou o exemplo de Mato Grosso que sofreu prejuízos com a dolarização da dívida pública.

Bussiki também argumentou que o projeto enviado pelo Executivo não especifica a taxa de juros.  O prazo de carência nem as demais condições de pagamento também não constam na matéria.

Entretanto, o parecer contrário foi derrubado em plenário. Neste caso, 16 vereadores votaram pela rejeição.

O Executivo não se pronunciou oficialmente sobre o Programa Cuiabá 300 anos. O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB)  prometeu  conceder entrevista coletiva sobre o tema somente após a Câmara autorizar o empréstimo.

Segundo Misael, o Programa Cuiabá 300 Anos contempla a construção do chamado  Contorno Leste, viadutos e trincheiras, 200 quilômetros de asfalto e parques em bairros da Capital. Outra ação prevista é a revitalização do Morro da Luz.

Contrários

Os vereadores contrários ao empréstimo foram Bussiki, Diego Guimarães (PP), Felipe Wellaton (PV), Abílio Júnior (PSC) e Dilemário Alencar (Pros). Já a base governista votou favorável.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Robson Araújo de Oliveira | Sexta-Feira, 21 de Dezembro de 2018, 10h10
    0
    0

    Mais uma forma de fundar Cuiabá de vês em dívida. Cadê o VLT ?

  • capataz | Sexta-Feira, 21 de Dezembro de 2018, 10h01
    2
    0

    Desde que os Nobres Vereadores assumam a responsabilidade como "fiadores", pois em caso de Inadimplência por parte do Executivo, os vereadores como pessoa jurídica assumem as responsabilidades...inclusive herdeiros e seus sucessores....

  • Gilmar | Sexta-Feira, 21 de Dezembro de 2018, 08h28
    2
    0

    Mais divida para a população cuiabana pagar.

  • Ana | Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2018, 18h59
    2
    0

    Vai pagar como? Se já está endividado por causa do Mauro com o Banco do Brasil... O asfalto das ruas movimentadas de bairro residencial precisa ser refeito, só tapar buraco não adianta mais, as pessoas precisam se voluntariar mais, pois é o próprio beneficiário, diferente de quem empresta o dinheiro, que não se importa em gerar uma crise financeira. Parabéns Bussiki, pena que uma andorinha só não faz verão!

  • Critico | Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2018, 18h46
    0
    0

    Critico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Moreira | Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2018, 18h41
    0
    0

    Moreira, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.