PARTIDO

Sábado, 02 de Março de 2019, 07h:00 | Atualizado: 03/03/2019, 07h:31

Familiares de Barbudo e Selma assumem Tesouraria do PSL para gerir R$ 3 milhões

Rodinei CrescêncioArteRdnews

Dire��o PSL MT

Marido de Selma Arruda e filha de Nelson Barbudo foram nomeados tesoureiros do PSL em MT

O deputado federal Nelson Barbudo e a senadora Selma Arruda, que assumiram o comando do PSL do presidente da República Jair Bolsonaro em Mato Grosso a partir de 1º de janeiro, estão praticando nepotismo partidário. Isso porque colocaram familiares para tomar conta das finanças da Tesouraria e administrar os R$ 3 milhões que agremiação receberá do Fundo Partidário neste ano.

O policial rodoviário federal Norberto Arruda, marido de Selma, é o tesoureiro-geral do PSL mato-grossense. A Primeira-Tesouraria está sob a responsabilidade de Nara Nelma Previdente, que é filha de Barbudo.

O ex-deputado federal Victório Galli está fora da direção estadual do PSL, mas comanda o diretório da sigla em Cuiabá. Enquanto tenta se viabilizar como candidato a prefeito da Capital, está exercendo o cargo de assessor especial da Presidência da República em Brasília.

Barbudo é o presidente do PSL e Selma a vice. A Secretária-Geral está com Carlos Hayashida enquanto o primeira-suplente da senadora, Gilberto Possamai, é o primeiro-secretário do partido.

Os deputados estaduais Delegado Claudinei e Sílvio Fávero são vogais. A lista é completa pelos seguintes filiados: Alexandre Augustin, Emerson Tieppo e Rafael Dal Bo.

A comissão provisória está registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A vigência é até 30 de junho de 2019.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Rubens | Sábado, 02 de Março de 2019, 19h52
    4
    0

    Deputado Barba e Senadora Patricinha de 01 mandato só. Há! talvez a patricinha nem chegue ao final do mandato. PM tá com a espada no pescoço da Senadora.kkkk

  • A silva | Sábado, 02 de Março de 2019, 12h29
    2
    13

    Oxente, quem vê assim pensa que se trata de coisa pública. Não é como se eles estivessem colocando familiares para ocuparem cargos públicos assalariados, gente. É coisa de dentro do partido PSL, que lá naquela localidade está sob responsabilidade deles e eles colocam quem quiserem pra ordenar o partido por lá. Esse pessoal acha que esse tipo de coisa é pior que décadas de corrupção petista com bilhões de reais roubados e 14 milhões de desempregados, só pode. Quisera eu que na época do PT no poder, os "jornalistas" (se é que se pode chamá-los assim) tivessem uma fração da minúcia investigativa que estão tendo com o PSL. Se tivessem, o PT teria caído logo no primeiro ano de tanta falcatrua. Mas é bom que seja assim mesmo, pois passam noites em claro investigando tudo do partido do Bolsonaro e só acham insignificâncias kkkkkkkkk! Dá até dó dessas reportagens que ainda tentam fazer sensacionalismo em cima kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Rapunzel | Sábado, 02 de Março de 2019, 11h32
    9
    5

    Esperar o que de um partido que nasceu da corrupção? Sinceramente só entregaram a nação por ódio para um bando de louco q acha a política se faz no grito e o preço vai ser mto caro retrocesso de pelo menos 20 anos.

  • arildo | Sábado, 02 de Março de 2019, 11h20
    16
    4

    vem ai o PSLTRALHAS !!!! KKKKK, E VIVA O BOLSONARO HOMEM INTEGRO, FAMILIA INTEGRA, KKKK, CHEGA DA DÓ DOS BOLSONARISTAS VAI TER QUE PEDIR DESCULPAS PARA O LULA, LULA É TROMBADINHA PERTO DESSA GALERA.

  • MM | Sábado, 02 de Março de 2019, 09h13
    23
    2

    Isso não é nada, aguardem o que eles vão fazer com os mais pobres.

  • Robson Souza | Sábado, 02 de Março de 2019, 09h12
    20
    2

    Agora entendo porque essa defesa intransigente do nobre deputado falastrão federal. Esse senhor esta monstrando as garras muito cedo. Decepcionante.

  • Luiz Barbosa | Sábado, 02 de Março de 2019, 07h55
    19
    2

    Na verdade, na verdade, Selma e Barbudo na politica são mais do mesmo. Façam me rir.

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.