Polícia

Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019, 19h:33 | Atualizado: 24/09/2019, 11h:07

ATROPELAMENTO

Delegado indicia sobrevivente e motorista por mortes em frente à Valley na "balada"

Atualizada às 9h30 de 24/09/19

Reprodução

Hya Girotto

Hya Girotto foi indiciada pela conduta perigosa na av, como mostra detalhe da imagem

Sobrevivente do atropelamento que matou Myllena de Lacerda e Ramón Alcides Viveiros, de 22 e 25 anos, em 23 de dezembro do ano passado, Hya Girotto responderá por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, com pena de um a três anos de reclusão.

O indiciamento consta em despacho desta segunda (23), assinado pelo delegado Christian Cabral.

A motorista que atropelou os três jovens teve o indiciamento original alterado e deve responder por dois crimes de homicídio comum, com pena de seis a 20 anos, e lesão corporal culposa no trânsito, com pena de dois a cinco anos, pelo atropelamento de Hya.

De acordo com o relatório da conclusão do inquérito da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), o comportamento imprudente da jovem teria causado situação propícia para o acidente.

O acidente aconteceu em frente a boate Valley Pub, na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá. No despacho, Chistian explicou que Myllena e Ramón estavam a menos de dois metros de concluir a travessia com segurança, quando Hya voltou para o meio da avenida e começou a desenvolver uma "performance de dança".

De acordo com o delegado, as duas vítimas viraram de costas para ver o comportamento de Hya e não perceberam quando o carro dirigido pela professora de Biologia da UFMT, Rafaela Screnci Ribeiro, 33, surge em alta velocidade.

O titular da Deletran determinou que Rafaela e Hya sejam interrogadas novamente antes do indiciamento ser oferecido ao Ministério Público Estadual (MPE), que deve determinar se ambas serão denunciadas. Para o delegado, a única sobrevivente do acidente teria contribuído para que o atropelamento acontecesse ao assumir conduta imprudente.

Na época, câmeras de segurança de um prédio ao lado da boate registraram o momento em que Hya começa a dançar no meio da avenida, os amigos da jovem chegam a retirá-la do local algumas vezes. Também é possível perceber quando um carro passa a poucos metros dela. 

Rodinei Crescêncio

Delegado Christian Cabral

Christian Cabral, delegado títular da Deletran, decidiu pelo indiciamento da sobrevivente

Em seguida é possível ver quando Ramón e Myllena atravessam a rua de mãos dadas com Hya. Em determinado momento a jovem volta a dançar na pista e os três são atingidos pelo veículo de Rafaela. 

O crime 

Myllena morreu na hora do atropelamento e Ramón chegou a ficar internado em estado grave, mas não resistiu. O jovem teve traumatismo craniano e faleceu cinco dias após o acidente. Hya Giroto passou 23 dias internada e fez quatro cirurgias, incluindo uma cirurgia cardíaca e no ombro esquerdo.

Rafaela foi detida e liberada sob pagamento de fiança no valor de R$ 9,5 mil, após passar por audiência de custódia. Durante a investigação, a polícia teve acesso a ficha de consumação de professora em uma casa noturna. Segundo o estabelecimento, na lista de produtos consumidos estavam seis garrafas de cerveja.

Como medida cautelar, a mulher teve a Carteira de Habilitação (CNH) recolhida, deve comparecer mensalmente em juízo e se recolher rotineiramente nos períodos noturnos e aos finais de semana.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Josy Campos | Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019, 09h22
    6
    1

    Então a sobrevivente vai pagar pelo crime também?

  • jj | Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019, 08h25
    11
    1

    concordo plenamente com o delegado ela tbem motivou o acidente, se a motorista não estivesse tomado uma e as belezas fazendo de boate a avenida, com certeza não aconteceria isso, então tem qu ser penalizada sim.

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.