DIA DAS MÃES

Domingo, 13 de Maio de 2018, 08h:27 | Atualizado: 13/05/2018, 20h:29

Dia das mães em dose dupla na casa de Michelle e Regina; medicina realiza sonho

Um “pacotinho de amor” chegou há 55 dias para completar a felicidade das companheiras Michelle Jaber, 37 anos, e Regina Silva, 39, juntas há 17 anos. Neste domingo (13), as duas comemoram o primeiro Dia das Mães como homenageadas.

Mário Okamura

Michelle e Regina

 Michelle e Regina, que estão juntas há 17 anos, ligadas pelo amor, agora estão apaixonadas pela filha, Lívia, que chegou por meio de inseminação artificial

A pequena Lívia Jaber Silva veio como um bálsamo para a família em um momento conturbado, já que uma delas, a Michelle, combate um câncer, e a outra, Regina, enfrenta doença autoimune.

Lívia, que significa “vida” em romano antigo, agora veio completar a família das professoras universitárias, que até então era formada por dois cachorros e três gatos recebidos de amigos. “Sempre conversamos sobre ter filhos e já tínhamos até um nome, mas para menino”, relembra Michelle.

O amor cura, vivenciamos isso na prática

Para realizar o sonho de ter filhos, o casal esperou certa estabilidade. Concluíram o doutorado, passaram em concurso público da UFMT e entraram na fila da adoção. Porém, cansadas de esperar, decidiram pela inseminação artificial no final de 2016.

 O plano era que Michelle recebesse óvulos de Regina fecundados em clínica especializada com sêmen de doador anônimo. “Amo crianças, tenho 24 sobrinhos, mas nunca me vi grávida”, conta Regina. Além disso, por ser portadora de doença autoimune isso a levaria a uma gestação de risco.

Este era um dos motivos de optarem pela gravidez de Michele. Porém, durante exames solicitados pelos médicos para inseminação, foi descoberto um nódulo na mama esquerda dela. “Foi um baque. Já estávamos planejando o nascimento desse filho tão desejado e nos vimos obrigadas a interromper esse momento”.

Reprodução

FERTILIZAÇÃO

Inseminação: com seringa, são injetados espermatozoides direto no útero da mulher

Em março ela começou o tratamento de quimioterapia em Cuiabá e teve acompanhamento de um médico de São Paulo, que sugeriu uma mudança no protocolo, o uso de hormonioterapia e a retirada dos ovários. “Essa parte foi muito difícil, pois representam a fertilidade”, comenta.

O casal recebeu ajuda profissional para enfrentar a fase e, em uma das sessões, o adiamento da gravidez foi abordado e a psicóloga questionou porque elas estavam focadas na doença e não na vida. “O questionamento despertou algo em mim e eu perguntei a Michelle: e se eu ficar grávida? Os olhos dela brilharam”, lembra Regina.

Depois da mudança de planos surgiu novo ânimo para a família. “Estava muito bitolada com o tratamento, remédio, terapias, dor, cirurgia que não conseguia fazer mais nada. Com a possibilidade de retomar o sonho de ter filhos até a disposição para encarar o tratamento mudou”, conta Michelle.

A gestação vingou de primeira e começaram a pensar em nome, enxoval, quartinho e toda preparação para receberem a Lívia.  Mudou a sintonia. Por ser uma gestação de risco, Regina precisou de alguns cuidados extras e o parto cesariano foi antecipado. “A gestação não foi fácil. Estamos na fase de puerpério, noites mal dormidas, mamadas, mas quando a Lívia dá um sorriso, esqueço tudo”.

A gestação não foi fácil, mas quando a Lívia dá um sorriso esqueço tudo

O dia das mães para Regina e Michelle é um momento de reflexão sobre este papel, momento de agradecer pela oportunidade e a prova de que o amor cura. “Durante o tratamento da Michelle usávamos a #amorcura e agora vivenciamos esta máxima”.

Brasil

Último censo divulgado pelo IBGE, em 2010, mostrou que as formações familiares brasileiras estão cada vez mais diversas. Segundo o levantamento, existem 60 mil famílias homoafetivas no Brasil e 53,8% delas são formadas por mulheres.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Márcia | Domingo, 13 de Maio de 2018, 18h59
    5
    0

    Linda e merecida homenagem para essas guerreiras. Mulheres maravilhosas, que merecem o melhor na vida. Parabéns 👏🏻👏🏻👏🏻

  • HELO | Domingo, 13 de Maio de 2018, 16h24
    5
    0

    FAMILIA LINDA . QUE DEUS ABENÇOE MUITO.

  • Mori | Domingo, 13 de Maio de 2018, 10h21
    10
    0

    Felicidades à família, parabéns!

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.