Últimas

Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2009, 10h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

EXCLUSIVO

Agecopa traz regras duras e dá autonomia ao governador


O artigo 9º do projeto exige que presidente e os diretores da Agência não tenham filiação partidária

   O projeto de lei complementar que cria a Agência Estadual de Execução dos Projetos da Copa do Mundo do Pantanal (Fifa-2014), a Agecopa, chega às mãos dos deputados nesta quinta (17), contém 13 páginas e estabelece regras duras e vários desafios impostos a sua diretoria colegiada. A proposta a qual o RDNews teve acesso com exclusividade revela que a Agecopa terá autonomia administrativa, financeira e funcional, passa a integrar a administração pública indireta e com vinculação ao gabinete do governador.

   Caberá à Diretoria Colegiada, composta do diretor-presidente, de diretores, de coordenadores, de assessorias e de comissões especiais de licitações, a atribuição de criar, a partir de Regimento Interno, cargos comissionados de livre nomeação e exoneração. Quantidade de cargos para estrutura da Agecopa, as simbologias e os valores de subsídios serão definidos pela Diretoria. A tendência é do governador indicar o nome do ex-prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti, que hoje integra o primeiro escalão como secretário-extraordinário para assuntos relacionados a questões ambientais e fundiárias, para presidir a autarquia.

    De acordo com o projeto, o presidente da agência e os membros da diretoria serão indicados pelo governador, mas a escolha precisa da aprovação de ao menos 2/3 dos deputados estaduais, mediante sabatina na Assembleia. O mandato se estenderá até 31 de dezembro de 2014, ano em que Cuiabá será uma das 12 subsedes do Mundial de futebol.

   Entre as exigências para presidir e/ou integrar a diretoria estão a de reputação ilibada e idoneidade moral e não possuir filiação político-partidária, como condição para a posse no cargo. Correm risco de perder o mandato aqueles que não cumprirem as metas estabelecidas no Termo de Compromisso firmado com a Fifa e com o governo estadual, de haver sentença judicial transitada em julgado condenatória por ato de improbidade ou de crime doloso contra a vida, em caso de exercício de cargo em empresa ou entidade que contrate com o poder público, em especial qualquer dos projetos gerenciados pela agência, e que venha a receber benefícios e vantagens por favorecer empresas que prestarem serviços nos projetos gerenciados pela Agecopa em detrimento da legislação. Presidente e diretores ficam proibidos também de terem sociedade ou cotas de qualquer das empresas que vierem a prestar serviços à agência.

  Quanto às despesas, virão do orçamento do Estado, de contribuições feitas por entidades públicas e privadas, de recursos provenientes de transferências voluntárias, de convênios, acordos de contratos com órgãos e entidades de direito público ou entidades privadas, de repasses do Fundesmat, que hoje é vinculado à Casa Civil, e de repasses que podem chegar a 30% do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e ainda de emendas parlamentares.

   Monitoramento

   Representantes de 19 Poderes e entidades serão convidados para acompanhar e monitorar as atividades, tendo como membros natos o governador e o presidente da Agência. Já como membros convidados entram o presidente da Federação Mato-Grossense de Futebol (FMF), os prefeitos de Cuiabá e Várzea Grande, presidente da Assembleia Legislativa, e um outro representante da AL, assim como das câmaras municipais dos dois municípios, da Fiemt, da Fecomércio, da Famato, da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, do Crea, dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (Fetrathu), dos Comerciários (Fecmt), dos Trabalhadores da Indústria (Fitemt), da Associação de Moradores de Bairros (Femab) e da bandaca federal.

----------------------------------------------------------------------------
Veja a íntegra do projeto que cria a Agecopa em duas partes - aqui e aqui

 

    Em sua mensagem aos deputados, o governador Blairo Maggi enfatiza que a autarquia, em forma de agência, vai planejar, supervisionar, coordenar, controlar e executar todas as ações pertinentes às obrigações assumidas para que Cuiabá possa, efetivamente, vir a ser subsede da Copa de 2014. O projeto não nomina os projetos, nem mesmo o desafio de reconstruir o estádio Verdão, e nem menciona valores que serão investidos. (Romilson Dourado)

---------------------------------------------------
Confira aqui a mensagem do governador em defesa da Agência 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • carlos simões | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    INCONSTITUCIONAL.
    A Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia atende ao que o governador quer.

    Isso é um absurdo.

    O direito de filiação partidária é direito de cidadania, não pode ser ceifado, aliás, quem disse que o chefe da Agecopa não se curvará ao patrão, mesmo não tendo partido.

    Vamos abolir os partidos e a forma de representação política.

    Quem inventa uma atrocidade dessa não conhece um mínimo de Teoria Geral do Estado e de DEMOCRACIA, talvez, como tem sido dito seja a experiência da iniciativa privada que o governador traz para o público.

  • joão carlos silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Analfabeto Político

    O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

    Bertolt Brecht

  • MARCO ANTONIO PT DO B | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSA AGENCIA PRÓ COPA ESTA VIRANDO BALCÃO DE EMPREGO DO GOVERNADOR E DE FUTUROS CANDIDATOS A DEPUTADOS ESTADUAIS DO PR E DO PMDB QUE VÃO USAR EM SUA CAMPANHA QUE APOIA E AJUDA A COPA. GOVERNADOR BLAIRO MAGGI A COPA E IMPORTANTE MAIS COLOCA PESSOAS QUALIFICADAS NA AGENCIA PRO COPA POIS VC ESTA DANDO EMPREGO PARA PESSOAS QUE N/ SABE A GRANDEZA DE UM COPA E ASSIM N/ FUNCIANA.

  • Paulo Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CELSO BICUDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ABSURDO
    Me desculpem mas o Art. 9° é de total falta de DEMOCRACIA , fere a liberdade de expressão , fere o cidadão livre para se posicionar principalmente no campo político.
    Criaram a roda e passaram para o Governador referendar essa barbarie inconstitucional , como podem aasessores jurídicos embarcarem nessa aberração até mesmo preconceituosa.
    Quem nós garante que somente a filiação partidária compromete o servidor ao patrão , há outras formas de mando e convencimento , tá errado.
    Esse absurdo pode muito bem ser reconhecido e retificado a tempo , para não cair na piada popular , o difícil é continuar a manter esse erro de Gestores e de Estado.
    Com a palavra a Imprensa do Estado , pois o silêncio é aceitação e omissão.




  • marina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mas, quem disse que para eu ser alfabetizado politicamente tenho que necessariamente ser filiado a qualquer partido?????????

  • Aloisio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Podem eliminar do artigo 9 a questão da fidelidade partidária. É só levar ao pé da letra a questão da idoneidade moral e reputação ilibada que a maioria dessa corja de políticos e empresários ladrões estarão de fora.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    RSRSR! SE FOR CUMPRIR MESMO A LEI, QUASE 90% DA AL, NÃO PODE FAZER PARTE DESTA AGÊNCIA. A MAIS FRACA LÁ, GASTOU 120 MIL REAIS COM ATERRO PARA COM O PRÉDIO DA CÂMARA DE CUIABÁ. ESSA AGÊNCIA NÃO VAI DECOLAR. CORREMOS O RISCO DE PERDER A SUB SEDE DA COPA DO MUNDO. UMA PENA!

  • joão carlos silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vc tem razão Marina, não precisa estar filiada a qualquer partido político para ser alfabetizada politicamente, mas, do mesmo modo, não pode ser proibida, sacou!

  • Caio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARECE QUE O SEBRAE DO PEDRO NADAF SE APODEROU DE AREA PUBLICA!
    DE QUEM É O ESPAÇO ONDE FOI CONSTRUIDO O MOITARÁ?
    MINISTÉRIO PUBLICO, ESTA É A TUA OBRIGAÇÃO. VAI VERIFICAR A SITUAÇÃO.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS