Últimas

Quinta-Feira, 19 de Dezembro de 2013, 14h:58 | Atualizado: 17/01/2014, 17h:39

OPERAÇÃO APRENDIZ

PF vai investigar agiota de João Emanuel por crime financeiro

Agiota de Emanuel será investigado na PF por praticar crime financeiro

Foto: João Emanuel pegou dinheiro emprestado com agiota   O empresário e agiota Caio Vieira de Freitas - com quem o ex-presidente da Câmara João Emanuel (PSD) teria pego dinheiro emprestado - será investigado pela Polícia Federal. O Ministério Público encaminhou inquérito da Operação Aprendiz à PF para a análise de possível crime financeiro. Os federais teriam a prerrogativa de investigar a situação. Caio estaria emprestando dinheiro a juros sem a autorização legal.

  O inquérito foi enviado também para a Câmara de Cuiabá, à Promotoria de Justiça Criminal Especializada na Defesa da Administração Pública e da Ordem Tributária e ao Tribunal de Contas pela promotoria do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público.

  À Promotoria de Justiça Criminal, os promotores solicitaram a análise dos autos quanto a ocorrência, em tese, de crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e agiotagem. Ao TCE pedem a realização de auditoria das contas da Câmara no período em que o João Emanuel presidia a Mesa. E foi solicitado ao Legislativo a adoção das medidas pertinentes no âmbito administrativo acerca da conduta do social-democrata no que tange à quebra do decoro parlamentar.

MP detalha esquema de fraudes na Câmara - veja o documento

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Dornele$ | Sexta-Feira, 20 de Dezembro de 2013, 10h28
    0
    0

    Dornele$, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • João | Sexta-Feira, 20 de Dezembro de 2013, 07h29
    0
    0

    A PF tinha que investigar os empréstimos dos agiotas ao Percival Muniz também. Um escândalo!

  • Hewerton | Sexta-Feira, 20 de Dezembro de 2013, 00h09
    0
    0

    Lama até o pescoço!!!!

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...