Últimas

Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2007, 19h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SENADO

CPMF pode causar expulsão de Jonas do DEM

   O presidente nacional do DEM ameaça expulsar senadores que votarem a favor da prorrogação da CPMF, entre eles o mato-grossense Jonas Pinheiro, que se vê em apuros, conforme definiu o jornalista Ricardo Noblat em seu blog - clique aqui e leia mais. Jonas quer votar a favor do imposto do cheque, mas o seu partido que faz oposição ao governo petista é contra. "Me expulsar é uma ameaça muito grave. É um exagero. Sempre fui fiel ao partido. Nesse caso, ele tinha que entender", disse o senador. O parlamentar destaca que nunca mudou de partido, nem de time de futebol e nem de mulher.

   O mato-grossense diz que um voto seu favorável à CPMF poderia facilitar a reestruturação  da dívida que o Mato Grosso tem com o Tesouro. Lembrou, porém, que só votaria a favor da prorrogação da contribuição se o seu partido  não fechasse questão contra a CPMF. "Se o DEM mantiver o fechamento de questão,  fico com o DEM". Já Jaime Campos adiantou que votara contra o imposto do cheque.

   O grande impasse está no fato de Jonas também sofrer pressão por parte do governador Blairo Maggi (PR). O republicano prometeu ao presidente Lula o apoio do parlamentar para aprovar a CPMF. Em troca, Maggi vai conseguir a tão esperada renegociação da dívida do Estado que chega a quase R$ 5 bilhões.

   O líder do DEM, senador José Agripino (RN), avisa que não faz acordo com o governo para adiar a votação da emenda que prorroga  a CPMF. Avisou também que haverá punição, caso algum senador do DEM vote com o governo uma vez que a executiva nacional do partido fechou questão contra a CPMF. "Punição  haverá, com absoluta certeza", advertiu. O senador disse que só aceitaria um  acordo com o governo se fosse para instituir uma alíquota simbólica de 0,01%,  que teria o sentido apenas fiscalizatório.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • LAERTE DE FREITAS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Chega a ser engraçado tudo que esta acontecendo com a CPMF. Imposto criado pelos politicos do PSDB e PFL quando FHC era Presidente da Republica. Votando contra a CPMF os politicos do PT. Agora o DEM e o PSDB querem punir quem votar a favor da CONTRIBUIÇÃO. Isso é gozação com a cara de todos eleitores.

  • lourdes maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Neste caso da CPMF apóio a professora Serys, senadora petista. Esse é um imposto importante que tira dinheiro dos mais ricos para investir nos mais pobres da sociedade. Por isso, merece nosso apoio.

  • Carnevale Spoletto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CPMF - Jonas Pinheiro, um senador em apuros

    O senador Jonas Pinheiro (DEM-MT) continua sem saber o que fazer. Ele quer votar a favor da prorrogação da CPMF, mas teme ser punido por seu partido que é contra. Até amanhã de manhã, ele diz que esperará uma resposta do Diretório Nacional quanto à sua possível expulsão caso vote a favor da CPMF. - O diretório estadual do partido já disse que não tem nada contra, mas tenho que ver agora com o Diretório Nacional. Mas sei que ele não vai me liberar para que eu vote a favor. Mas expulsar é uma ameaça muito grave, é um exagero. Sempre fui fiel ao partido. Nesse caso, ele tinha que entender. Pinheiro havia dito que seria capaz de votar a favor da CPMF mesmo correndo o risco de ser expulso. Procederia assim "pelo bem do Estado". O Mato Grosso quer renegociar sua dívida com o governo federal. E para conseguir isso o governador Blairo Maggi (PR) prometeu a Lula o voto de Pinheiro em favor da CPMF. Jonas Pinheiro disse há pouco, o líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), garantiu que o partido não abrirá exceção a essa altura. - Não há mais o que discutir. O partido já fechou questão. Todos os senadores foram consultados e, unanimemente, concordaram com o fechamento de questão. O partido tomará uma posição contra quem desobedecer. Eu espero que o senador Jonas Pinheiro tome a posição que ele mesmo assumiu diante do partido. O deputado Rodrigo Maia (RJ), presidente do DEM, ditou o seguinte:- O diretório estadual do partido em Mato Grosso não tem nenhuma autoridade para liberar o voto do senador Jonas Pinheiro - e ambos sabem disso. Se ele contrariar uma decisão que ele mesmo ajudou a tomar, seguramente será punido. A punição vai de uma advertência à expulsão com perda de mandato.
    Não é blefe de Maia. O DEM entrou com uma ação na Justiça pedindo de volta o mandato do senador Edson Lobão (MA) que o trocou pelo PMDB. O Supremo Tribunal Federal decidiu há poucos meses que parlamentar só pode trocar de partido caso prove que foi perseguido ou que o partido mudou radicalmente de ideologia.

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.