Últimas

Quinta-Feira, 01 de Maio de 2008, 12h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ESPORTE

Duelo Mixto x União cria confronto entre cidades

  Cuiabá e Rondonópolis já se separam na política e agora brigam também no gramado

  A rivalidade entre Cuiabá e Rondonópolis, já perceptível na política partidária, ganha uma dimensão maior com o confronto entre o Mixto e o União, que disputam neste feriado de 1º de maio a primeira partida decisiva do campeonato Mato-Grossense de 2008. O primeiro duelo começa às 17h, no Verdão. A grande final será no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis, no domingo (4).

   O clima é de euforia, principalmente em Rondonópolis. A torcida espera por 35 anos pela conquista do primeiro título no Estadual. Cerca de 20 ônibus foram alugados para transportar os torcedores a Cuiabá. Já na Capital, os mixtenses também não deixam por menos. Querem lotar o Verdão.

  O União, que fez a melhor campanha, tem a vantagem do empate. A equipe possui, entre os patrocinadores, o Grupo Amaggi, do governador Blairo Maggi. O Mixto, por sua vez, conta com patrocínio do deputado estadual José Riva, primeiro-secretário da Assembléia.

   No campo político, Cuiabá e Rondonópolis dividem espaços nos legislativos. Na Assembléia, a bancada cuiabana é composta pelo presidente Sérgio Ricardo (PR), Roberto França (sem partido) e pelos tucanos Guilherme Maluf e Chica Nunes. A rondonopolitana tem Percival Muniz (PPS), Zé do Pátio (PMDB) e Sebastião Rezende (PR).

   Na Câmara Federal, Rondonópolis conta com Carlos Bezerra (PMDB) e Wellington Fagundes (PR), enquanto Cuiabá é representada por 4 dos 8 federais: Thelma de Oliveira (PSDB), Eliene Lima (PP), Valtenir Pereira (PSB) e Carlos Abicalil (PT).

(Às 15h30) - Vou torcer pelo União, diz governador

Governador Maggi, no estádio Verdão, torce pelo União e, ao fundo, bandeira da torcida do Mixto  "Já com a camisa do vermelhinho no peito e vou lá (no estádio Verdão) torcer pelo União", disse há pouco o governador Blairo Maggi, em entrevista ao RDNews.  Ele assume ser torcedor de coração da equipe rondonopolitano. Maggi afirma que vai prestigiar a final do Campeonato Mato-Grossense, tanto nesta quinta quanto na final, domingo, em Rondonópolis, onde reside. "Vou torcer para o meu time ganhar, mas, no geral, eu torço para que o futebol de Mato Grosso cresça cada vez mais, com bastante torcida nos estádios", enfatiza o governador, que, entre a torcida unionina, é tido como "pé-frio", ou seja, aquele que acaba trazendo azar para o time na final do campeonato.

   Maggi observa que o futebol divide opiniões e considera natural rivalidade. Lembra que, no geral, cada um traz um time no coração. Observa que o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, por exemplo, é considerado torcedor do Operário de Várzea Grande. "Vamos torcer e independente disso a vida continua", destaca o governador que, em âmbito nacional, é torcedor do Internacional.

(Às 16h55) - Vários políticos comparecem ao Verdão

  O governador Blairo Maggi chegou ao estádio Verdão para prestigiar a primeira partida da decisão final entre Mixto e União acompanhado do seu secretário de Esportes e Lazer, Baiano Filho. Torcedor fanático do clube de Rondonópolis, Maggi não foi vaiado. Outros líderes políticos também estão no estádio, como os deputados estaduais Roberto França (sem partido), José Riva (PP) e Percival Muniz. Aliás, Muniz, ex-prefeito de Rondonópolis, se infiltrou no meio da torcida do Mixto, contrariando os unioninos. Alguns acham até que o deputado do PPS, no fundo, é torcedor do Vila Aurora, rival do União. O presidente da OAB-MT, Francisco Faiad, apareceu no estádio trajando uma camisa do Corinthians.

(Às 17h10) - Riva vira até comentarista esportivo

  O primeiro-secretário da Assembléia, deputado José Riva, pré-candidato a senador, agora inventou mais uma: virou comentarista esportivo. Durante alguns jogos do Campeonato Mato-Grossense, o homem que manda na AL fez comentários na rádio CBN Cuiabá. Agora, nesta quinta, Riva comenta, pela TV Assembléia, o primeiro confronto da decisão do Estadual entre Mixto e União. Outro comentarista da TV AL é o também deputado estadual, radialista e apresentador Roberto França. O placar, aos 15 minutos iniciais, está em 0 a 0.

(Às 18h) - Líderes "roubam" cena e exploram imagem

  Mixto e União seguem em 0 a 0 nesta primeira partida da decisão final. Enquanto isso, a cabine da TV Assembléia, que transmite o jogo ao vivo, políticos fazem fila para dar entrevista na emissora. De um lado, o deputado Zé do Pátio (PMDB), pré-candidato a prefeito de Rondonópolis, afirmou que o União será o campeão, "pois realiza uma melhor partida". Já o deputado federal Eliene Lima (PP) contrapôs Pátio. Para o progressista, quem conquistará o título será o Mixto. Outros líderes políticos de Rondonópolis foram à cabine, como o deputado Percival Muniz e o prefeito Adilton Sachetti (PR), que está em pré-campanha à reeleição. Gilmar Fabris não compareceu ao estádio, mas pediu que seu nome fosse enfatizado na transmissão do jogo. Foi o suficiente para França, Riva e o narrador Osmar Tiago "puxarem o saco" do parlamentar.

(Às 18h25) - Oficial de Justiça recolhe renda do Mixto

  Um oficial de Justiça já está na boca-do-caixa do estádio Verdão, em Cuiabá. Para cumprir determinação da Justiça do Trabalho, ele aguarda o final da partida entre Mixto e União para poder recolher a renda do jogo que seria destinada à equipe cuiabana. O Mixto está atolado em dívidas trabalhistas. Tudo que se arrecada das partidas deve ser depositado em juízo para pagamento dessas dívidas. O clube é presidido pelo vereador Júlio Pinheiro (PTB), que tenta usar o esporte para se reeleger. Cerca de 8 mil torcedores devem ter pago ingresso para assistirem ao jogo.

(Às 19h) - 1º partida da final termina em 0 x 0

   O primeiro embate na final do Campeonato Mato-Grossense de 2008, nesta quinta no Verdão, terminou em 0 a 0, às 19h. Agora, União e Mixto voltam a se enfrentar na grande final, domingo, no Luthero Lopes, em Rondonópolis. A vantagem do empate é para o União, que há 35 anos, desde sua fundação, nunca conquistou o título.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Natasha Muriel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    desta vez não tem jeito naum... quem vai levar este título e o união...

  • Marília | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa NATASHA está enganadíssima, o MIXTO já ganho lá no Lutero Lopes e vai repetir a dose e deixar o UNIÃO virgem em termos de títulos, QUEM SERÁ CAMPEÃO SERÁ O MIXTÃO DE CUIABÁ!.

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O mais triste é um orgão de imprensa se prestar a este tipo de auto-promoção de politicos aproveitadores, oportunistas

    Mais o que uma verba de zelo não faz né...........?



    É PRA ACABAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E Eu que pensava que o Riva só mandava na AL, ele manda na imprensa cuiabana tambem.



    Assinado: cidadão desesperançado com a imprensa

  • Cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossa!!! esse cidadao desesperado deve estar bem desesperado mesmo... so sabe reclamar!!! filho, olha a sua volta, olha quanta coisa bonita há a seu redor, olha que maravilha vc poder ter a imprensa pra te deixar informado, presta atençaõ em quantas coisas boas o Riva já fez pro nosso estado, alias nao so eles, muitos ja fizeram... se liga cara!!! olha como a vida é bela!!!!

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cristina, a vida deve estar bela pra voce que deve estar mamando nas tetas gordas da AL com o meu suado imposto que eu pago à voce a vida é bela sim, concordo com voce mas até onde chega a politica da politica pra frente vira uma M....entendeu??????

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...