Últimas

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2008, 07h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Governo exclui Orione do Comitê pró-Copa 2014

  Jogado para escanteio, o presidente da Federação Mato-Grossense de Futebol, Carlos Orione, está na bronca com o governador Blairo Maggi, que chamou para si o bônus da campanha que prega Cuiabá como uma das subsedes da Copa do Mundo de 2014 e, aos poucos, excluiu o eterno dirigente da FMF.

   Orione tem dito a aliados que poderia se empenhar mais nas articulações, principalmente por possuir amizade com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, mas não o faz porque tanto Maggi quanto os secretários Baiano Filho (Esportes e Lazer) e Pedro Nadaf (Desenvolvimento do Turismo) tomaram a frente do processo e, para não perderem o trono, preferem nem convidá-lo para reuniões e eventos que tratam da Copa de 2014.

   Maggi escalou nadaf, que virou prresidente do Comitê Pró-Copa do Pantanal. A proposta e unir forças no trabalho de articulação e de busca de apoio do empresariado para convencer a Fifa a aprovar a capital mato-grossense como uma das 12 subsedes do Mundial. Orione lamenta que nem é consultado. O clima entre governo e algumas entidades envolvidas nessa articulação já é de racha, enquanto outros Estados, como o vizinho concorrente Goiás, se mostra unido.

   Em outubro do ano passado, o governador Blairo Maggi viajou para Zurique, na Suiça, para apresentar MT como um dos candidatos à subsede da Copa. Levou consigo Nadaf e Baiano, além do ajudante de Ordens e chefe de Gabinete, tenente-coronel PM Alexander Maia. Nem lembraram de Orione. A decisão sobre as 12 cidades escolhidas será feita até 31 de julho deste nao.

   Exigências

   A previsão de investimentos públicos e privados é de R$ 1 bilhão. Esses projetos só serão desenvolvidos na prática dentro dos próximos 7 anos se Cuiabá, de fato, for escolhida pela Fifa. O Verdão seria totalmente reformulado para receber 45 mil pessoas sentadas e todo coberto, a um custo de R$ 350 milhões. Estão programados também a construção de quatro centros de treinamentos (três em Cuiabá e um em Várzea Grande) para receber quatro seleções, assim como obras de ampliação do aeroporto internacional Marechal Rondon e um viaduto para melhorar o tráfego de veículos entre as duas cidades.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Ramiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não podemos acreditar que o governador tenha feito qualquer gestão no sentido de afastar o Sr. Carlos Orione do processo, afinal o que esta em jogo é a imagem internacional de nosso Estado.

    Acredito sim numa disputa de "egos" entre os dois secretários de governo contra o Sr. Orione, afinal todos gostam muito de aparecer às custas dos outros, principalmente o Nadaf e o Orione.

    O Nadaf principalmente pois não tem qualquer articulação de peso no meio empresárial e muito menos entende de futebol, agora, ele é igual ao Orione quando se trata de não largar as boas tetas, e para tal, não se importa com a imagem de nosso Estado, desde que possa aparecer mais e mais. A copa do Mundo em Cuiabá será mais uma boa iniciativa enterrada por ele.

  • Manoel Galdino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como matogrossense,da cidede de Santo Antonio de Leverger, e morador desta cidade(cuiaba) aproximadamente 35 anos, tive a oportunidade de ver grandes eventos do esporte matogrossense, tanto futebol de campo quanto futebol de salão. Cuiaba tinha time competitivo, que enfrentava de igual para igual qualquer time nacionalmente consagrado, como mengo, vasco, etc...
    Hoje, so ficou a saudade, ainda o Sr. Orione quer reclamar que não é convidado para isto ou para aquilo; Que a Federação de esporte goiano é chamado para participar; com muito respeito, ele tem que entender que la tem futebol e tem dirigentes, será que não esta passando da hora de dar oportunidade para outras pessoas tentar melhorar a imagem do nosso futebol? Sr. Orione, sei que é uma pessoa competente, mas, já esta cansado. Fique na assessoria, apenas para se preciso orientar. E aos dirigentes do Dom Bosco, tomem vergonha na cara, sera que tera que ser feito o inverso, trazer o Joaquim de Assis para levantar esse time?

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este Orione entrou no futebol como interventor indicado pelo governador da época sr Júlio Campos. De lá prá cá o futebo de mato grosso virou o que virou e ele ainda quer ser prestigiado.
    Ele devia se tocar e sair da federação e deixar pessoas novas e com novos propósitos para comandar o futebol de mt.
    Quanto a participar da copa acho que se acontecer de sermos uma sede ele deverá até pagar ingresso para assistir os jogos.
    Fora Orione.

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até quem fim teve pessoas de iniciativa de escantear esse cara, se no passado o futebol de gala de nosso estado foi gloriosso não e graça a ele e sim aos CLUBES, Orione representa uma época negra do nosso futebol, não consegue segurar os atletas, torcedores nos estadios, porque, veja no clasico OPERARIO X mixto o torcedor foi ao estadio, OPERARIO X PALMEIRAS na copa do Brasil deu mais de 40 mil pessoas o estadio lotado e ESSE CIDADÃO DEU A RENDA DE pasme pessoal ( 15 MIL PESSOAS ) o tombo foi grande,esse cara tem mesmo que sair da federação, só assim o nosso futebol começara a ANIMAR e os torcedores voltarão ao estadio

    MENBRO DA TORCIDA CHICOTE METAL... OPE...OPE.........

  • Formador de Opinião | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Corretissimo o Governador ao "tirar" o ditador Orione!

    Ele ja destruiu o futebol Matogrossense desde que entrou, enfim, a 30 anos!

    Resquiçio da Ditadura e nao "larga o osso".
    TAnta gente nova, seria, querendo fazer um trabalho descente, e ele nao sai, pois é unha e carne do Ricardo TEixeira e tem diversas regalias como dirigente da CBF, sempre viajando, bebendo e comendo bem, e o nosso futebol no fundo do poço, respirando por aparelhos...

    L-A-M-E-N-T-A-V-E-L!!!!!

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O QUE ESTÁ ACONTECENDO NESSE EPISODIO,É UMA GUERRA DE EGOS,POIS MATO GROSSO INTEIRO CONHECE O CARLOS ORIONE E PEDRINHO NADA"F",DOIS ETERNOS DIRIGENTES PROFISSIONAIS DE ASSOCIAÇÕES,SÓ VIVEM DISSO,MAMANDO NAS TETAS.

    O PIOR DISSO TUDO É QUE SÃO DOIS INCOMPETENTES,O ORIONE AFUNDOU O NOSSO FUTEBOL, E O NADA"F" POR ONDE PASSOU DEIXOU UM RASTRO DE DESTRUIÇÃO, A EXEMPLO DA SUA ATUAL GESTÃO NA SEDTUR,QUE JÁ AFUNDOU E AGORA O GOVERNADOR ESTÁ DESIGNADO O,PARA AFUNDAR A SICME,NISSO ELE É COMPETENTE.

    COMO O FUTEBOL E O TURISMO NÃO É PRIORIDADE PARA OS "BOTINUDOS" ESTÁ TUDO BEM !!! QUEM SABE ELES PROMOVEM UM CAMPEONATO ESTADUAL DE BOCHA,QUE É O ESPORTE DOS GAUCHOS.






  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prego renovação da FMF, creio que o Dr. Carlos já contribuiu muito com o esporte de MT., acedito que já está na hora de renovar; mas como temos um regime politico definido Chama-se DEMOCRACIA, se não concordamos com Ele (Carlos Orione), vamos tira-lo no voto, agora, se institucionalmente Ele está no cargo, deve ser respeitado, quer queiram quer não o povo da Butina, Ele é o Presiente da Fedeação, e tem livre tansito com o Presidente da CBF.
    Isto sería o mesmo que não respeitar e nem reconhecer o Governador Blairo, ou o Secretário Baiano Filho. Algo está errado.

  • Júlio César | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao governador Blairo Maggi! Esse tal de Orione só serve para afundar o futebol de Mato Grosso! Fora Orione!

  • Neto CORINTIANO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma atitude bem adotada pelo governador, esse senhor ja deveria estar aposentado pelo "desfavor" prestado ao nosso futebol, já que com ele no poder o esporte só teve diminuido o seu valor, a FMF não contribui em nada para com o futebol, acho que só serve mesmo é de "CABIDE DE EMPREGO" para uma meia-dúzia de apadrinhados.

  • lourde arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ramires, o senhor já viu que está sozinho nesta briga contra o secretário Nadaf???
    Eu imagino que o senhor não tenha nada para fazer a não ser navegar na internet e principalmente no RDNews para criticar as atitudes do secretário Nadaf.
    Cuidado viu !!!! Isso é uma doença grave chamada inveja, dor de cotovelo, coisas desse tipo e mata viu....

Secretários na disputa à AL em 2022

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual  de Cultura,  Esporte e Lazer, o Beto 2 x 1 (foto), falou sobre formação de chapa da sigla para concorrer em 2022. Entre as opções está a secretária de Meio Ambiente Mauren Lazzaretti, filiada desde o ano...

Magistrado quer restrições mais duras

orlando perri 400 curtinha   Ao deferir pedido de liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo chefe do MPE-MT, José Antonio Borges, em meio a conflitos de normas editadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da Capital, o desembargador Orlando Perri (foto) enfatiza que é preciso endurecer as medidas...

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...