Últimas

Terça-Feira, 12 de Maio de 2009, 00h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RESGATE HISTÓRICO

Há 20 anos, AL fazia homenagem ao presidente da CBF

 Clique na imagem para ampliá-la

 Em 1989, uma década depois de Mato Grosso ser dividir territorialmente para o surgimento de Mato Grosso do Sul, o então presidente da Assembleia, deputado Antonio Amaral, que comandou o Legislativo até 1991, entrega, em solenidade no seu gabinete, um presente para o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Na imagem, aparece ao lado de Teixeira o então presidente da Federação Paulista de Futebol José Eduardo Farah, que conduziu a entidade de 1988 a 2003. Já à esquerda está Carlos Orione, "eterno" presidente da Federação Mato-Grossense de Futebol, desde 1977. Até hoje o cartola comanda a FMF, já pela quarta vez. Já se vão 32 anos. E assim caminha o futebol mato-grossense.
Foto: Demóstenes Milhomem

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Carlos Henrique M.da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E assim caminha mesmo nosso futebol que já nos trouxe no passado tanta alegria, esta foto nos mostra que a FMF é monopolizada deste eterno Presidente que nada faz, cadê os políticos deste estado que se diz gostar tanto de futebol? Mas, quem sabe que com este monopólio o Carlos Orione tenha um ppouco de moral e nós conseguiremos trazer jogos da Copa para a nossa querida Capital, não acredito muito, vamos esperar.

  • Antonio Rodrigues de Gusmão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Antonio Amaral, ex-Deputado e foi um grande Presidente da Assembléia e não a assumiu como se fosse sua empresa, como uns deputadinhos por aí. Saudades daquele tempo, em que a AL era realmente a Casa do Povo e não o que se vê é tanto segurança pra barrar daqui e dalí que não é fácil, qualquer pobre, sujo, coitado entrava e saía da mesma agora virou uma empresa particular com um bando de capangas.

  • Daniel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo plenamente com o colega ai de cima.. Antônio Amaral foi um grande político que nosso Estado infelizmente perdeu.. creio que por ter tido alguma decepção política, nunca mais concorreu a cargo eletivo..
    O Vale do Guaporé pode se orgulhar de ter tido um representante na AL à altura da qualidade de nós matrogrossenses..

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.