Últimas

Quarta-Feira, 28 de Maio de 2008, 11h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

MEIO AMBIENTE

PF cumpre 47 mandados de prisão no Guaporé


Imagens divulgadas por satélite revelam devastação; fotos comprovam transporte ilegal de madeira na região

  A Polícia Federal desencadeou nesta quarta (28) a Operação Caipora que busca desarticular esquema de extração ilegal de madeira na terra indígena do Vale do Guaporé. A PF apurou o envolvimento de dois integrantes da Polícia Rodoviária Federal, um policial militar, três servidores da Fundação Nacional do Índio e um chefe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Os nomes ainda não foram divulgados.

   A exploração madeireira que vem sendo realizada diuturnamente no interior da Reserva Indígena Vale do Guaporé obedece uma sequência de etapas. Primeiro, acontecia as invasões, que em alguns casos contavam com o apoio dos índios que mediante pagamento e entrega de bens permitiam a exploração de madeira do interior da reserva. Depois, era feita a extração e o transporte da madeira de forma legal. Depois transformavam e beneficiavam a madeira em toras, para revenda.

  Os índios atuavam também como “olheiros”, informando quando ocorreria uma fiscalização dos órgãos de repressão. Para agir livremente, os invasores da reserva contavam ainda com a colaboração de servidores da Funai, mediante pagamento de propina. Eles recebiam dinheiro mensalmente para deixar de fazer valer a lei e alertar sobre as fiscalizações realizadas pela própria Funai ou de outros órgãos. Em geral, não há empecilho ao transporte das toras extraídas, uma vez que policiais militares da região alegam, equivocadamente, que não tem a atribuição de agir e que a competência é da PF. Os postos da PRF se encontram muito distante de onde transitam os caminhões carregados com as toras de madeira.

  A PF relata ainda que apesar de ser notório que a maioria das serrarias da região do entorno da Terra Indígena Vale do Guaporé receptam madeiras ilegalmente extraída das reservas, a fiscalização que atua na região é ineficaz devido à corrupção de alguns servidores. Por fim, proprietários de fazendas em torno da reserva, aproveitando-se dessa condição, permitem que os invasores as utilizem como rota de acesso e depósito de madeiras extraídas irregularmente. Há indícios de que as madeireiras que atuam na região utilizam planos de manejo de fazendas localizadas no entorno da reserva para justificarem a madeira que comercializam e estocam em seus pátios.


Madeiras nobres são apreendidas nesta 4ª no Vale do Guaporé

Polícia diz que desmate ilegal atinge 5% da área

   A polícia detectou um desmatamento de 5,8 mil hectares, num total de 245,8 mil hectares, o que representa 5%. A área devastada equivale a aproximadamente 71 mil campos de futebol. Os dados acima se referem a áreas visualizadas por satélites e não inclui o desmate seletivo, o que em verdade permite inferir que a área devastada seja muito maior

  A operação conta com 230 policiais para cumprir 54 mandados de busca e apreensão e 47 de mandados de prisão em Cuiabá, Cáceres, Pontes e Lacerda, Nova Lacerda, Conquista D´Oeste, Comodoro e Vilhena (RO).

  O Caipora é uma figura lendária de um espírito protetor das florestas. Quando os homens desrespeitam as leis da caipora, ele os persegue, furiosamente, os caçadores, que largam as armas e fogem, espavoridos. Porém, o Caipora permite a atividade dos caçadores que lhe oferecem presentes, principalmente fumo.


Carga ilegal de madeira apreendida durante Operação Caipora
Fotos: Polícia Federal

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Gonçalo Dalvo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Contra fatos não há argumentos. O que mais o Governador quer contestar? Deixe de defender bandidos e passe a defender trabalhadores.

  • Antonio Etico R. Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Certo, o Governo de Mt se auto defender, mas, chega-se uma hora que nao se consegue mais firmar nada, considerando haver seus proprios funcionários a serviço como agente duplo, e com aval para trabalhar, o Minc sabe das coisas, nos filmes do 007 os duplos sempre morriam no final, e ai seo magi, não é SOPA MAGI, nao.

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

Novo cargo de 2º escalão em Cuiabá

ricardo lobo 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro criou um novo cargo dentro da estrutura do segundo escalão do Palácio Alencastro. É a figura do secretário-adjunto de Relações Comunitárias, espécie de porta-voz de mais de 300 bairros. E quem estreia no posto é Ricardo Lobo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.