Últimas

Sexta-Feira, 02 de Outubro de 2009, 07h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CULTURA

Pitaluga discute com Maggi, entrega cargo e Pagot intervém

 Fernando Ordakowski

O polêmico Paulo Pitaluga recebe "não" do governador Maggi, se irrita e só fica na Cultura até dezembro

  Paulo Pitaluga, que comanda a Cultura do Estado há praticamente dois anos, acabou tendo uma áspera discussão com o governador Blairo Maggi na semana passada e o clima, que já não era dos melhores para o lado do polêmico secretário, ficou pior. Ele pediu exoneração e só não deixou a pasta de imediato por causa da interferência do seu padrinho político, o ex-secretário de Estado e diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot. Pitaluga aceitou continuar no primeiro escalão até dezembro deste ano.

  O conflito foi motivado por causa da proposta apresentada pelo secretário para selar um convênio com o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, o Masp. O acordo resultaria na construção do Museu de Cuiabá. A obra custaria R$ 300 mil e o Estado entraria com uma contrapartida de 20%, ou seja, R$ 60 mil. Maggi pediu para Pitaluga adiar o projeto, sob argumento de que é preciso cortar despesas e, por outro lado, priorizar obras voltadas aos preparativos de Cuiabá para a Copa do Mundo de 2014. O secretário solicitou, então, que fosse cedido o Moitará Center, quase em frente ao shopping Goiabeiras, na capital. O governador disse outro "não" porque o prédio será utilizado como sede da recém-criada Agecopa, autarquia que terá 7 diretores e 80 funcionários para tocar os projetos relacionados ao Mundial de futebol pelos próximos cinco anos.

   Após duas recusas do governador, Paulo Pitaluga apresentou nova sugestão: que o prédio onde hoje funciona o MT Fomento, a antiga Casa dos Governadores, localizada na rua Barão de Melgaço, no centro, viesse a sediar o Museu de Cuiabá. De novo recebeu outro "não". Na bronca e sentindo-se desprestigiado, o secretário reagiu, em tom de ironia: "O  senhor não quer todo o orçamento da Cultura para a Copa do Mundo? Fica com a Copa e eu vou sair da secretaria". Maggi preferiu não prosseguir na discussão. O governador comunicou a Pagot que iria exonerar Pitaluga porque já acumulava contra ele uma série de reclamações e que não havia mais clima para tê-lo no staff. Pagot pediu paciência a Maggi e tenta atuar como bombeiro para apagar o incêndio. Pitaluga já avisou a alguns assessores que fica no posto até dezembro.

   Perfil

   Paulo Pitaluga é o terceiro secretário de Cultura do governo Maggi. O primeiro foi Dito Paulo, que foi substituído por João Carlos Vicente Ferreira. O atual secretário é uma das figuras mais polêmicas da administração estadual. Vem acumulando desafetos. É daqueles que não têm papas na língua, já cancelou vários projetos, institui nova lei e tem provocado a ira nos segmentos culturais. De quebra, é acusado de tomar decisões de forma intempestiva.

(16h45) - Pitaluga nega exoneração e diz que tem "extremo" respeito por Maggi

   Paulo Pitaluga garante, por meio de sua assessoria, que sempre provou seu respeito e amizade ao governador Blairo Maggi. Assim, ele garante que em momento algum houve pedido de exoneração da pasta. Segundo Pitaluga, ao contrário do que diz a matéria acima, há um reforço de suas metas frente à pasta, com diversos projetos que devem ser executados por ele, com o aval de Maggi.

Eis, abaixo, a íntegra da nota enviada por Pitaluga

"Sobre o texto publicado no site RDNews nesta sexta-feira, a Secretaria de Estado de Cultura esclarece que as informações são sem consistência e descabidas, em um momento onde há tanto para se divulgar em prol das Artes e da Cultura do Estado.
1) O secretário Paulo Pitaluga sempre provou seu extremo respeito e amizade ao governador Blairo Maggi, jamais se referindo ou expressando a ele ou sobre ele de forma ostensiva conforme cita a publicação;
2) Não houve em nenhum momento pedido de exoneração pela parte do secretário Paulo Pitaluga que, ao contrário, reforçou suas metas frente a Secretaria como, por exemplo, a Feira do Livro Indígena que será lançada no próximo dia 06 de outubro, o Programa de Interiorização da Cultura e parcerias com o Ministério da Cultura, além de sonhos como o Memorial Indígena (com projeto do Niemayer), a digilitalização de todo acervo bibliográfico da Biblioteca Estevão de Mendonça (acesso infinito às publicações) e a revitalização do Porto Geral.
3) Paulo Pitaluga manifesta sim seu esforço para que o Estado tenha um Museu de Artes, porém explica que as informações que foram publicadas com citações de instituições e valores não conferem com a realidade.
4) Sobre o prédio do Moitará, a informação correta é que o espaço já estava disponibilizado como parceria para ser a sede do Museu de Artes de Mato Grosso e por questões emergenciais de infra-estrutura e o evento da Copa 2014 o mesmo foi cedido mediante conversa entre o Governador e o Secretário de Estado de Cultura. Diante da situação emergencial, a sugestão de um novo espaço partiu do próprio Governador Blairo Maggi, e a proposta está sendo estudada pela Secretaria de Estado de Cultura, o que novamente difere da informação errônea publicada pelo Site.
Informamos que esta secretaria está sempre á disposição para esclarecimentos". 
Secretaria de Estado de Cultura

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • renato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muito estranho né pessoal do RDnews , voces públicam materias e nem se quer procuram a outra parte , cade a aimparcialidade , ou da mais ibope faze jornalismo a sim ?informações são sem consistência e descabidas, em um momento onde há tanto para se divulgar em prol das Artes e da Cultura do Estado. palavras de paulo pitaluga sobre a materia que o rdnews fez.

  • devair valim de melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhor pitaluga,dois bicudo nao se beija, o senhor e polemico de um lado o senhor governador e polemico do outro o governador esta na politica e nao vive a politica por isso e polemico. o senhor e politico e essa secretartia e como perna de cobra.e mais o povo quer obra que beneficia diretamente eles, por isso que o governo tem cuase oitenta por cento de aprovaçao,e sua secretaria tem menos 1 de respeito e aprovaçao do povo, por isso e tudo que o senhor fez no passado por mato grosso, cairia fora, pois se o senhor continuar a sua historia vai ser igual esse museu que o senhor quer fazer sera uma piada, especialmente´para quem vive cem por cento de resultados imediato igual mosso governo,,

  • Claudio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O princípio da Razoabilidade está presente também na Administração Pública, e não é razoável gastar-se Bilhões só na Copa, e negar míseros R$-60.000,00 para a Cultura, ainda mais quando é sabido que jamais fizeram qualquer coisa pela cultura do Estado, e quando aparece alguém querendo fazer alguma coisa, recebe vários nãos, mesmo apresentando alternativas razoáveis, o Governador poderia ceder um pouco também. COM RAZÃO O SECRETÁRIO.

  • Renata | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho o Pitaluga extremamente arrogante, mas se o recurso do Estado era somente R$ 60 mil o benefício seria muito grande. O Maggi nunca visitou o MASP, não tenho dúvida disso... Acho que Blairo só vai lá se tiver uma exposição de soja... Esse governador entende alguma coisa de arte ou cultura?

  • JOAO DE DEUS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    vOCE NAO É DO nortão pitaluga, por isso que o governador disse tanto nao para voce!KKKKKKKKK



    iSSO PROVA MAIS UMA VEZ QUE ELE (GOVERNADOR)NAO PASSA DE UM MERO AROGANTE.
    ACHA QUE SABE MUITO NA VERDADE NAO SABE PATAVINA NENHUMA!

  • jean bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Girlene | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha essa pessoa é a mais arrogante que conheci na minha vida. Sinceramente, se o Estado adotou uma prioridade esta deve ser mantida. Porque ele não busca parceria com a iniciativa privada? Já que ele sabe tudo, quem sabe encontra uma solução inteligente ao invés que ficar fazendo ameaças de sair da secretaria como se fosse um adolescente emburrado. Se ele é competente, mostre sua capacidade de manter o seu projeto mesmo na adversidade.

  • Ana Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alguém em comentários anteriores neste site já denunciou que o Moitará é prédio público. Naquele local existia uma praça e um mercadinho. O Pedro Nadaf aproveitou-se de um momento em que era secretário municipal e conduziu um convênio do SEBRAE com o Estado ou Prefeitura para a ocupação daquele espaço com um centro de eventos. Naquela época ele tinha a intenção de ficar com o predio apostando na desorganização do poder público. PARECE QUE ISSO ACONTECEU.
    O MP PRECISA INVESTIGAR POIS ESTA ACONTECENDO UM CASO TIPICO DE APROPRIAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO PELO SEBRAE.
    ESTÃO ESPERANDO O QUE PARA VERIFICAR ESTE ESCANDALO?

  • Van Hausen | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo menos o diálogo entre Governador e Pitaluga vem a público. Pior é realação entre Wilson Santos e o secretário Cabeção onde só vem a público sorrisos sardônicos e promessas,promessas....
    De fato, 60 mil do nosso dinheiro como contrapartida num museu (que,indiretamente vem de encontro à Copa 2014) é uma ninharia e sabemos pelo menos para onde vai! Já os bilhões da Copa, seguem tramites obscuros não mãos de poucos ( a começar deste França
    entre outros políticos de personalidade duvidosa). Vamos lá Governador, bote a mão na consciencia : Pitaluga, neste caso, está correto!
    E a mídia, também neste caso, nos deu a oportunidade de avaliar a discussão.

  • Ana Beatriz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BOm dia!!!

    Até quem fim uma ÓTIMA notícia, esse arrogante e prepotente, vai sair FORA.
    PARABÉNS MEU GOVERNADOR, o senhor acordou, estamos a merce desse crapúla, medito, que não contribui nada para a cultura do nosso MT. Nós como representantes legais da cultura estamos comemorando a saida desse HITLER, que tudo que encosta ou toca leva a falência, olha por onde ele passou....é a treva.

    PARABÉNSSSSSSSSSSSSSS GOVERNADOR, o senhor é um cara sério e quer sempre o melhor para MT.

    Atenciosamente,

    Artista de MT

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.