Últimas

Terça-Feira, 08 de Maio de 2007, 09h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

PPS decide pedir a cassação de Vuolo e Helny

Cadeiras na Câmara de Cuiabá ficariam com suplentes Zito Adrien e Loredil, que obteve apenas 443 votos

   Em reunião nesta segunda (7), a executiva do PPS de Cuiabá aprovou, por unanimidade, a proposta de pedir a cassação dos dois vereadores infiéis Francisco Vuolo e Helny de Paula. Ambos foram eleitos pela legenda socialista e, como se desfiliaram e ingressaram no PR, correm risco de ficar sem as vagas, já que o Tribunal Superior Eleitoral entende que os mandatos pertencem aos partidos e não aos parlamentares eleitos.

   O curioso é que uma das cadeiras, em caso de cassação, ficaria com Loredil Fernandes Bispo, que teve apenas 443 votos. Ocorre que nada menos que oito suplentes que tiveram mais votos que ele deixaram o PPS.

   Eleito em 2004 com 4.315 votos, Helny está licenciado da Câmara. Preside a MTGás, autarquia do governo do Estado. Sua vaga no legislativo cuiabano é ocupada pelo primeiro suplente Chico 2000, que também deixou o PPS e migrou para o PR. Caso Helny e Vuolo, que conquistou 4.301 votos no último pleito, percam os mandatos, suas cadeiras serão ocupadas pelos suplentes  Zito Adrien, único dos aliados do ex-prefeito Roberto França que não deixou a legenda, e o professor Loredil.

   Deixaram a legenda socialista os suplentes Rômulo Vandoni (3.222 votos), Caio Cesar (2.851), Sebastião Carlos Tolomeu (2.649), Osmário Daltro (2.600), Rômulo Augusto Correa da Costa (1.404), Luzia Leão (1.241), Vanda Valadares Cardoso (907) e João Raymundo Alves de Figueiredo (753 votos). Com isso, o próximo da fila é Loredil, ex-jogador de futebol e que hoje atua como professor e diretor de escola.

  Loredil participou da reunião da Executiva, presidida pelo vereador Ivan Evangelista. Estiveram presentes também o secretário-geral, sociólogo Hélio Silva, o tesoureiro Hilário Tavares, e outros membros, como Renato Titila, o advogado e professor universitário Gabriel do Coco e Zito Adrien, ex-secretário de Meio Ambiente da gestão França.

    Procedimento

   O diretório vai aguardar agora a visita a Cuiabá nesta quarta (9) do secretário-geral da Nacional, Rubens Bueno para aprofundar a discussão sobre o assunto. Independente disso, garante Hélio Silva, a decisão de ingressar com pedido de cassação dos mandatos de Vuolo e Helny já foi oficializada pela Executiva da Capital. Os pedidos serão protocolados junto à Mesa Diretora da Câmara até sexta (11).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Manoel Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se o STF assim como o TSE reconher que os mandatos proporcionais são do partido, veja quem entra e quem sai:



    DEPUTADO FEDERAL

    SAI
    HOMERO (EX- PPS) - PR

    ENTRA
    EDUARDO MOURA - PPS



    DEPUTADO ESTADUAL

    SAI
    MAURO SAVI (EX- PPS) - PR
    JOÃO MALHEIROS (EX- PPS) - PR
    SERGIO RICARDO (EX- PPS) - Sem Partido
    SEBASTIÃO REZENDE (EX- PPS) - PR
    VAGNER RAMOS(EX- PPS) - PR
    ROBERTO FRANÇA (EX- PPS) - PR

    ENTRA
    PEDRO SATÉLITE - PPS (SE NÃO SAIU TAMBÉM)
    JOAQUIM SUCENA - DEM
    TULIO FONTES - DEM
    JOSÉ CARLOS DE FREITAS - DEM
    FÁBIO JUNQUEIRA - DEM


    VEREADOR (DA MESA SÓ FICA MARCUS FABRÍCIO - 2º SECRET)

    SAI
    HELNY DE PAULA/CHICO 2000 - (EX- PPS) - PR
    CHICO VUOLO (EX- PPS) - PR
    DOMINGOS SÁVIO (EX- PT) - PMDB
    JULIO PINHEIRO/NONA - (EX-PDT) - PSDB
    LUTERO PONCE - (EX-PP) - Sem Partido
    LUECI - (EX - PSDB) - DEM
    LUIZ POÇÃO (EX- PMN) - Sem partido
    MÁRIO LÚCIO (EX-PV) - PMDB



    ENTRA

    PPS:
    ZITO ADRIEN
    LOREDIL FERNANDES BISPO

    PT
    OSEAS MACHADO DE OLIVEIRA

    PDT
    CARLOS HADDAD

    PP
    EDMILSON PRATES

    PSDB
    MANOEL ABILIO RIBEIRO

    PSC
    ARNALDO CORREA

    PV
    ALUIZIO LEITE

  • Salmo Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seria uma das formas de moralizar a politica partidaria, a mudança de partido e uma traição aos filiados e simpatizantes do partido, na historia politica pouos tem se elegido com votos seu sem depender da legenda, sendo assim e claro que o mandato e do partido e nao do candidato.
    Eu pelo que tenho visto e ouvido, nao acredito que os puliticos fujões perca o mandato, mas seria ótmo se isso foce fato.

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

Redes sociais, lives e efeito colateral

Em tempo de coronavírus, as redes sociais têm sido fundamentais para disseminar informações. As plataformas são utilizadas, por exemplo, para realização de coletivas, mas, nesta segunda (6), houve um efeito colateral. O governador Mauro Mendes e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo foram "vítimas" de ferramenta de animação do Facebook. Os dois falavam sobre ações para combater a doença...

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.