Últimas

Domingo, 04 de Maio de 2008, 17h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ESPORTE

Rondonópolis pára; 20 mil torcedores vão à final

  Começa às 18h, no estádio Luthero Lopes, a decisão do Campeonato Mato-Grossense entre União e Mixto. O clima de euforia tomou conta de Rondonópolis, que parou para empurrar a equipe do União, que espera pelo 1º título há 35 anos, desde a fundação.

   Mesmo com uma hora de antecedência, torcedores enfrentam tumulto e empurra-empurra para entrar no estádio. A expectativa é para um público de mais de 20 mil pagantes.

   O governador Blairo Maggi, torcedor fanático e patrocinador do União, já está no Luthero Lopes. Desceu de helicóptero no centro de treinamento do clube, que fica ao lado do estádio. Como fez a melhor campanha, a equipe de Rondonópolis leva a vantagem do empate. No primeiro confronto no Verdão, no feriado de 1º de maio, houve empate em 0 a 0.

   Homenagem

   A Federação Mato-Grossense de Futebol, conduzida há várias décadas pelo cartola Carlos Orione, resolveu batizar o troféu que será entregue ao campeão de "Pedro Jacir Bongiollo". Trata-se do presidente de Honra do União e diretor do Grupo Amaggi, que pertence ao empresário e governador Blairo Maggi. Jacir foi presidente do União por 4 anos e, em 2005, incentivou a Câmara Municipal de Rondonópolis a propôr uma Moção de Repúdio contra Orione, considerando que o dirigente da FMF havia prejudicado a equipe.

   Agora, como forma de selar as pazes, Orione dá o nome de Jacir ao troféu de campeão. Só falta, para azar da torcida unionina, o título ficar com o Mixto, de Cuiabá. Já o troféu de vice-campeão leva o nome de Maia Neto, prefeito de Alto Araguaia. A FMF optou por homenageá-lo, primeiro porque o Araguaia participou neste ano do campeonato mato-grossense de futebol pela primeira vez e, segundo, pelo fato do prefeito ter construído, em tempo recorde, um estádio no município.

(Às 18h15) - Problema de iluminação atrasa o jogo

   Uma sobrecarga de energia no Luthero Lopes acabou por atrasar o início da grande final do Estadual entre União e Mixto. O estádio está completamente lotado. O árbitro avisa que só inicia a partida após a Rede/Cemat restabelecer o problema, que ocorreu fora do estádio. O clima é de expectativa. Em parceria, as TVs Rondon e Assembléia transmitem a partida, com comentários dos deputados José Riva e Roberto França.

(Às 18h31) - 30 minutos depois, começa a grande final

   Com meia-hora de atraso, começa a decisão final entre a equipe rondonopolitana União, que busca o título inédito, e o time cuiabano Mixto.

(Às 18h43) - "Apagão" interrompe partida

   Uma nova pane provocou "apagão" em alguns refletores do estádio, levando o árbitro a interromper a partida, aos 12 minutos do primeiro tempo. Neste momento, os jogadores e os cerca de 20 mil torcedores aguardam no estádio o reinício da final do Estadual.

(Às 19h10) - Jogo reinicia; arrecadação é de R$ 320 mil

   O jogo reinicia. Prossegue no 0 a 0. A organização conseguiu vender todos os ingressos: 15.600. Apesar disso, o público no Luthero Lopes supera a 20 mil pessoas. A renda é de R$ 320 mil. Toda a grana fica com o União.

(Às 19h20) - Riva vê massacre e cobra presença de Santos

  O deputado José Riva, comentarista da TV Assembléia e um dos patrocinadores do Mixto, cobrou a presença no Luthero Lopes, em Rondonópolis, do prefeito cuiabano Wilson Santos. Segundo ele, o Mixto enfrenta um verdadeira massacre institucional porque a maioria da classe política que se faz presente no estádio está numa corrente pela vitória do União, como o governador Blairo Maggi, o prefeito Adilton Sachetti, além de gestores de outros municípios, entre eles Maia Neto (Alto Araguaia), Max Russi (Jaciara) e Júlio Cesar Ladeia (Tangará da Serra). Enquanto isso, Wilson Santos se mostra ausente. "O time do Cuiabá não tem apoio de ninguém. Sei que o time do prefeito (Santos) é outro, mas ele poderia estar aqui, dando uma força para o representante da Capital nesta final do campeonato", cutucou Riva.

(Às 19h30) - França diz na TV que Dorner será prefeito

  O deputado Roberto França, que apresenta o Resumo do Dia, programa exibido na TV Rondon (afiliada da Rede TV!), de propriedade de Roberto Dorner, pré-candidato do PDT a prefeito de Sinop, aproveitou para fazer propaganda extemporânea para o patrão. Primeiro, o secretário-adjunto de Estado de Esportes e Lazer, Laércio de Arruda, que também faz comentários na tramissão do jogo entre União e Mixto, lembrou que Dorner está acompanhando a transmissão do jogo, direto de Sinop. França, então, emendou: "grande abraço ao Roberto Dorner, nosso patrão, nosso companheiro e futuro prefeito de Sinop".

   Outros políticos também aproveitaram a transmissão simultânea da partida pelas emissoras Rondon, Assembléia e TV Mais de Cuiabá para "mandar abraços". Em média, a cada dois minutos, França, Riva, Laércio e o narrador Osmar Thiago enalteciam nomes de políticos e telespectadores.

(Às 19h43) - 1º tempo termina em 0 a 0; União pressiona

  O União, em busca do título inédito nestes 35 anos de fundação, continua pressionando, mas o placar no primeiro tempo terminou em 0 a 0. Se mantiver esse resultado nos próximos 45 minutos de partida, a equipe de Rondonópolis levantará o troféu de Campeonato Mato-Grossense pela primeira vez..

(Às 19h45) - Pátio e Muniz se distanciam até no estádio

   Os deputados Zé do Pátio (PMDB) e Percival Muniz (PPS) demonstram, na prática, que estão prestes a romper politicamente. Ambos acompanham, no estádio, a final entre União e Mixto. Enquanto o prefeito Adilton Sachetti (PR), pré-candidato à reeleição, se mantém "colado" no governador Maggi, Muniz está sentado a sós em um canto e, Pátio, que lidera as pesquisas de intenção de voto, se encontra longe do deputado socialista. O comportamento dos 3 retrata o que pode ser a disputa pela Prefeitura de Rondonópolis. Muniz deve entrar na disputa, o que provocaria racha no bloco de oposição.

(Às 20h) - Mixto abre placar e cala o Luthero Lopes

   Logo no início do primeiro tempo o Mixto faz 1 a 0. O gol da equipe de Cuiabá, marcado por Evandro, deixa em silêncio a torcida unionina. Agora, o União, que levar o título se a partida terminar empatada, parte para o desespero.

(Às 20h25) - Novo "apagão" no estádio Luthero

   O árbitro interrompeu a partida aos 30 minutos do segundo tempo por causa de nova interrupção de energia em alguns refletores do estádio Lutero Lopes. A partida continua 1 a 0 para o Mixto, o que garante o título de Campeão Mato-Grossense-2008 ao time da Capital. Aos poucos, a torcida do União vai adiando o sonho de ver seu time campeão pela primeira vez. Se em 15 minutos a energia elétrica não for restabelecida nos refletores, o árbitro pode encerrar a partida, considerando o placar de 1 a 0 para o Mixto.

(Às 20h45)Recomeça o jogo; restam 15 minutos

   Após 17min20s de paralisação, recomeça a final entre Mixto e União. Restam 15 minutos para um dos times sagrar-se campeão do Estadual. A diretoria do União preparou até um trio-elétrico, que está atravessado na avenida Lions Internacional, pronto para animar a festa, caso o União venha a ser campeão. Já os mixtenses vão se concentrar no estádio Dutrinha, em caso de vitória.

(Às 21h05) - Mixto é o Campeão Mato-Grossense-2008

   O Mixto surpreendeu o União, venceu por 1 a 0 a final em pleno Luthero Lopes e comemora o título de Campeão Mato-Grossense da temporada 2008. O União vê mais uma vez adiado a chance de conquistar o primeiro título do Estado. Esta foi a oitava vez que disputa a final e vice na condição de vice (1975, 80, 84, 91, 95, 2001, 2004 e 2008).

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • MARIA LUIZA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acompanhei hoje pela manhã na Rádio Cultura, a entrevista do Sr. BENEDITO RUBENS, Advogado do Mixto, que mostrou serenidade, garra, felicidade e Cuiabanismo acima de tudo, onde, demonstrou que a vitória do MIXTO X UNIÃO, foi a verdadeira luta do TOSTÃO contra o MILHÃO, porém, nada influenciará em prejuízos para o nosso povo, que somou ao time alvinegro e viemos de dentro do LUTHERO LOPES com a TAÇA na mão e acabamos com as mazelas e puxa-sacismo exagerado da FMF para com o povo da vizinha cidade de Rondonópolis, porque a Tribuna de Honra no primeiro jogo aqui no Verdão, só entrava a turma do UNIÃO, nós, aqui da Terra, ficamos alijados e vendo o exibicionismo dos BOTINUDOS, agora, com as botinas dos nossos atletas, os rondonopolitanos esperarão mais algunsa anos para saber se serão ou não CAMPEÕES! vALEU mIXTÃO, valeu Dr. BENEDITO RUBENS a gande CPA te conhece e te respeita muito.

  • joao arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para ganhar um titulo basta desenterrar a lavadeira e quitá seus direitos trabalhistas do contrário vai continuar na fila por muitos anos.

  • Creuzinalda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parbens VEREADOR JULIO PI8NHEIRO!!!! Se tem alguem que realmente acreditou e lutou por essa vitoria foi voce!!!!Parabens aos jogadores e a toda a equipe do Mixto, nos torcedores mereciamos essa vitoria!!!!Afinal nossa paixao por futebol tem que ter resultados excelentes como esse!!!!!

    Mixtoooooooooo!!!!!!!!!!

  • CARLOS ALBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valeu MIXTÃSO CAMPEÃO, mas, sua vítória só ocorreu depois que JULIO PINEHRIO conquistou o apoio e auxílio do MIXTENSE Dr. BENEDITO RUBENS aqui do nosso CPA que derruBou as mazelas da FMF, valeu, CUIABÁ, vencemos os poderosos.

  • ZEZINHO DA VILA OPERARIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO FOI UMA VERGONHA O QUE ACONTECEU NO ESTADIO LUTERO LOPES, O GOVERNADOR SE MOSTROU TOTALMENTE DESPREPARADO PERANTE A SOCIEDADE EM CONJUNTO COM A POLICIA MILITAR, FOI UM VERDADEIRO ABUSO DE PODER A FORMA QUE A POLICIA TRATOU VARIOS PAIS DE FAMILIAS, CRIANÇAS E IDOSOS, POIS NÃO HOUVE NENHUM INCIDENTE PARA A POLICIA AGIR COM EXCESSO DENTRO DO LOCAL, FORAM DISPARADOS 7 BOMBAS DE GÁS PIMENTA CONTRA A MULTIDÃO QUE ESTAVA SAINDO DO ESTADIO, O PREFEITO ADILTON SACHETTIFOI MAIS INRESPONSAVEL E CONIVENTE COM A SITUAÇÃO QUE NÃO AUTORIZOU A ABERTURA DO PORTÃO DE EMERGENCIA POR QUE A FAMILIA DO GOVERNADOR IRIA SAIR POR ALI.

  • Juca Lemos do Ceará | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria de saber se vai ter algum deputado que sairá em defesa da população de rondonopolis, foi uma tragédia o que a PM fez, esse comandante da cidade (ALESSANDRO)é totalmente despreparado e desenquilibrado chamou tanta atenção da torcida com um ato de covardia e desrespeito no qual chamou um torcedor para a porrada e todos vaiaram o dito cujo.
    Bastava um pedido do governador para parar as torturas dos torcedores, jovens, crianças e idosos.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O mixto foi melhor e mereceu o titulo, oque não deu para aquentar foi assistir a politicagem via TV Assembléia,parecia uma sesão com a visita de outros parlamentares. As entidades que representam os profissionáis da comunicação precisam tomar providências alguns comentaristas não tem nada haver com jornalismo,só oportunistas da politicagem.

  • mario taxi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ainda bem que o uniao nao foi campeão senão o sr Adilton Sachetti iria se consagrar como ele mesmo ja falava no meu mandato eu não fiz obras mas fiz o união campeão...

    agora a tendencia é ele caiiiiiiiiiii...

  • lilian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Chega ser vergonhosa a falta de profissionalismo das pessoas que estavam narrando o jogo, eram abraços para lá abraços para cá, parecia até que o jogo era comentado diretamente da torcida do mixto, cade o profissionalismo ? a transmissão não era exclusiva para os cuiabanos (mixtense) ou era?

  • Benedito Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valeu!!! Vereador Julio Pinheiro você mostrou que, com muito esforço e vontade é possível vencer as diversidades e grupos poderosos como o grupo AMAGI, pena que nesse momento de dificuldade o prefeito de Cuiabá Wilson Santos não compareceu nem para marcar presença, e mostrar um pouco de interesse pelo esporte, para que reforçasse o interesse da população cuiabana pelo esporte local. Pois no verdão só compareceu 10.000 pagantes enquanto em Rondonópolis compareceu mais de 20.000 pagantes. JULIO PENHEIRO, precisamos de pessoas como você que acredita nos cuiabanos e luta por nós continue assim que estaremos com você.

Patriota, vários evangélicos e cantor

oscemario daltro 400 curtinha   O nanico Patriota, hoje sem um assento na Câmara de Cuiabá, lançou chapa completa para vereador, com 38 nomes. E pode eleger até dois. A proporcional acaba se fortalecendo porque o partido tem cabeça de chapa ao Executivo, o ex-prefeito por dois mandatos Roberto França. Entre...

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....