Últimas

Terça-Feira, 22 de Maio de 2007, 14h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VARIEDADES

Seleção de MT é suspensa; técnico culpa secretário

     A Seleção de Mato Grosso de Futebol de Salão Sub-17 ficou fora da fase final do Campeonato Brasileiro e, o pior, recebeu suspensão por três anos. O culpado: Baiano Filho, secretário de Estado de Esportes e Lazer. Ele havia assumido compromisso antecipadamente de viabilizar passagem aérea para os 15 atletas da seleção mato-grossense viajarem de Cuiabá a Recife (PE), onde o campeonato já está em andamento desde esta segunda (21). Procurado depois pela comissão técnica, Baiano desconversou sobre o assunto. Alegou dificuldades financeiras.

   "Acho isso deprimente. O Futsal está de luto. São três anos de suspensão por causa do descaso da secretaria de Esportes do Estado", protesta Marcus Pena, técnica da seleção mato-grossense. Em seguida emenda: "não adianta construir obras faraônicas se não investir nas categorias de base".

    A Seleção de MT deveria estrear nesta segunda nas oitavas-de-final com Santa Catarina. Como não pôde comparecer a Recife, foi substituída pela seleção de Goiás, justamente a que tinha sido desclassificada por MT.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lamentável, não acompanho o futsal, todavia, para mim esse "baiano", secretário de esportes, é um irresponsável, agiu como um moleque. Ele depõe contra o governo Blairo, e deveria ser exonerado sumariamente do cargo. Sujou o nome do Estado de Mato Grosso.

  • Mayaluh Mendes Milhomens | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma pena vermos um trabalho feito com garotos que tem seus sonhos de participar de uma copa e até poder trazer a taça para o Estado, sendo embora desse jeito.
    Fico triste de saber que o nosso secretário Baiano Filho não se emportou com essa seleção.
    Talvez faltou mais divulgação, e os Empresários da nossa Cidade, e o Chigo presidente da FFS.
    Tem que haver mais comunicação desses presidentes de Federação que estão ai nos cargos a mais de trinta anos.
    Infelizmente esses jovens meninos estão frustados com um dos sonhos de suas vidas não realizados.
    PARABÉNS A EQUIPE MATOGROSSENSE DE FUTEBOL DE SALÃO QUE CHEGOU ATÉ AI, NÃO DESISTA QUEM SABE UM DIA TUDO VAI MUDAR.

  • Marcela Amazônia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se o governo do Estado através da Secretaria comandada pelo sr. Baiano Filho não tem dinheiro para bancar a ida de uma seleção de Mato Grosso que se classificou a duras penas, para onde está indo o dinheiro da SEEL...Deve estar sendo aplicado na região de Sinop...base eleitoral do secretário! Alô Tribunal de Contas, alô MPE...vamos agir!

  • Daniel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com um Secretário de Esportes dessa categoria, quem deve ficar de luto é o Estado e não apenas o FUTSAL.

  • sonia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deveria fazer parte de Secretarias importantes e que levam o nome do nosso Estado de Mato Grosso a nível de Brasil, pessoas responsáveis e competentes no cargo em que ocupam, para que não frustrem atletas adolescentes e que neste momento passam por esse vexame e ficar de fora de um campeonato importante de futsal. Tá na hora do nosso Governador Blairo Maggi tomar as providências necessárias, para que não ocorra novamente com futuras equipes que venham representar o nosso Estado.

  • Manoel de Jesus | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Atitudes como a do secretário, são condenaveis. Era melhor falar logo que não tinha condições e os garotos teriam se virado.
    Por outro lado, gostariamos de parabenizar o governo Maggi pela injeção financeira no futebol de campo e lembrá-lo que em MT existem outros esportes que também precisam de incentivos oficiais. Vamos dividir o bolo.

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cuiaba tem um dos grandes estadios do Brasil, e está abandonado à anos por falta de incentivo aos times, agora vai inaugurar um dos mais belos ginasios cobertos e não terá time de futsal, pois time suspenso e atuando só em casa falta incentivo acaba sucumbindo igual ao de campo; Governador devolve o homem para Sinop e nomeia para a secretaria alguem que goste e entenda do ramo.

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.