Últimas

Sexta-Feira, 04 de Maio de 2007, 17h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Tasso convoca Antero para assessorar CPI do Apagão

   O ex-senador Antero Paes de Barros voltará ao Congresso, três meses após deixar o cargo, para atuar como assessor do PSDB nas investigações sobre o caos aéreo e a corrupção na Infraero. Derrotado ao governo de Mato Grosso nas urnas do ano passado, Antero, formado em Direito, foi chamado de volta a Brasília pelo presidente nacional da legenda tucana, senador Tasso Jereissati (CE), que está preocupado em garantir uma atuação técnica dos tucanos na CPI. 

    Apontado como um franco atirador do PSDB, sempre implacável nas críticas ao  governo e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Antero já definiu sua tática  na missão de desvendar a crise no setor aéreo. Ele já presidiu a CPI do Banestado e tem experiência como titular do PSDB em outras quatro comissões de inquérito: Bingos,  Futebol, Roubo de Cargas e ONGs.

   O ex-parlamentar mato-grossense pretende reunir boa parte dos assessores com quem trabalhou no inquérito do Banestado entre 2003 e 2004,  para apurar a remessa ilegal de cerca de US$ 30 bilhões ao exterior.  São técnicos competentes especialistas na análise e cruzamento de dados bancários, por exemplo. 

     Os tucanos querem que Antero atue no bastidor, municiando o PSDB na investigação  das condições de trabalho dos controladores de vôo; das razões dos repetidos  atrasos nos aeroportos, da compra da Varig pela Gol e das denúncias de superfaturamento  em contratos e obras da Infraero.

       A preocupação do PSDB é evitar que a CPI do Apagão repita o fracasso das anteriores,  como do Mensalão, que mal conseguiu funcionar e terminou sem ter sequer um relatório  aprovado. No caso do Banestado, por exemplo, o próprio Antero denunciou o rolo  compressor do governo. Segundo ele, o PT e seus aliados "não deixaram votar  o meu relatório final, que incriminava as autoridades do governo que mandaram  dinheiro ilegalmente para o exterior".

        A oposição será composta por dois titulares tucanos - Sérgio Guerra (PE) e Mário  Couto (PA) -, e outros dois democratas, Antônio Carlos Magalhães (BA), José Agripino  (RN) e Demóstenes Torres (GO). A idéia é que Sérgio Guerra atue em parceria com o deputado Gustavo Fruet (PR), indicado para compor a CPI na Câmara ao lado  dos deputados Vanderlei Macris (SP) e Mendes Thame (SP).  (Com Agência Estado)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

Bolsonarista esperançoso no Patriota

roberto franca curtinha   Roberto França (foto) decidiu fazer uma aposta arriscada com vistas às urnas de outubro. Aos 71 anos, metade deles ocupando cargos eletivos, como de vereador, deputado estadual e federal e prefeito de Cuiabá, ele trocou um partido nanico por outro, do PV para o Patriota. A esperança do...

Ex-vereador abandona rei dos porcos

fernando morais 400 curtinha   Mesmo impedido de ser candidato, já que está inelegível por oito anos, o ex-vereador pela Capital Abílio Júnior segue se articulando politicamente, deixou o PSC e se filiou ao Podemos. Acabou dando de ombros para o empresário Fernando Morais (foto), o "rei dos porcos",...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.