ARTIGOS

Quarta-Feira, 28 de Dezembro de 2011, 00h:00 | Atualizado: 28/12/2011, 10h:53

Artigo

Somos a bola da vez

Inês Martins    Já com o olhar voltado para 2012, transcrevo para vocês trechos de uma boa notícia divulgada pela BBC do Brasil sobre o nosso país. O jornal britânico "The Guardian" informa na edição desta segunda-feira que o Brasil superou o Reino Unido e se tornou a sexta maior economia do mundo. O levantamento publicado pelo jornal foi feito pelo Centro para Pesquisa Econômica e de Negócios (Centre for Economics and Business Research).

   Agora, o ranking das maiores economias é liderado pelos EUA, seguido por China, Japão, Alemanha e França. O Reino Unido ocupa o sétimo lugar. Segundo o tablóide britânico, o Brasil, cuja imagem está mais frequentemente associada ao "futebol e às favelas sujas e pobres, está se tornando rapidamente uma das locomotivas da economia global", com seus vastos estoques de recursos naturais e classe média em ascensão.

    Um artigo que acompanha a reportagem do Daily Mail ilustrado com a foto de uma mulher fantasiada sambando no carnaval, lembra que o Império Britânico esteve por trás da construção de boa parte da infraestrutura da América Latina e que, em vez de ver o declínio em relação ao Brasil como um baque ao prestígio britânico, a mudança deve ser vista como uma oportunidade de restabelecer laços históricos.

    Como somos mato-grossenses, senão de tchapa e cruz como costumam dizer, mas, de coração, deixamos aqui também o nosso alerta para que seja revisto com muito carinho nossos laços com a natureza e o meio ambiente. Isso aqui é um poço de oportunidades e de riquezas e quem está compartilhando dessas riquezas? Num desses dias, comentei com uma amiga que mora em outro Estado sobre o valor exorbitante da minha conta de energia elétrica. Ela ficou perplexa com o valor cobrado aqui em Cuiabá. Eu mais ainda, pois o meu consumo é o mínimo de uma classe média que devido ao clima, tem que ter o ar-condicionado ligado durante toda a noite.

    Então aproveito esse artigo para deixar aqui também registrado um apelo público a quem de direito, para que revejam esse aumento e o imposto com que fomos presenteados(?) nesse final de ano embutidos na energia elétrica. Com isso, quero dizer que não adianta sacrificar tanto assim, nós cidadãos com tantos aumentos e impostos. Acreditem, senhores, isso reflete até na nossa qualidade de vida.

   Agora volto e reflito melhor no trecho do artigo que diz: "O Brasil não deve ser considerado um competidor por hegemonia global, mas um vasto mercado para ser explorado", concluo dizendo: - aqui hoje, em nossas terras pantaneiras, também escolhida para acolher a Copa de 2014, é onde o futuro realmente está. Portanto, acordem!

    Feliz Ano Novo a todos e que as nossas riquezas sejam realmente nossas, melhor distribuídas e por todos compartilhadas e não apenas por uma minoria. Um brinde ao novo ano, TIM... TIM...

     Inês Martins é produtora cultura, escritora, autora do concurso literário "Casos Lembrados, Casos Contados", direcionado às pessoas com idade acima de 60, poetiza, palestrante da maturidade, vovó blogueira e escreve neste espaço toda quarta-feira (www.vovoantenada.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • MAX | Quarta-Feira, 28 de Dezembro de 2011, 19h38
    0
    0

    Snra Ines, a senhora está de parabéns. Apenas tenho duvdas de que algum politico de fato tenha o trabalho de ler até o final essa sua matéria, pois se tivesse está ai uma boa dica para eles trabalharem a favor do povo realmente. Tenho uma tia que mora em Mato Grosso e a mesma reclama muito e com razão sobre a conta de luz dela, É certo que há luz para todos como é certo que são poucos os que pagam a conta de fato.

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.