Judiciário

Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 21h:31 | Atualizado: 05/02/2019, 10h:58

DECISÃO CAUTELAR

Edson Fachin libera indicação para vaga de Bosaipo e comunica governador, AL e TCE

.

fachin.jpg

Decisão cautelar, proferida pelo ministro Edson Fachin em 31 de janeiro, foi publicada hoje

 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou a indicação para vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE) aberta com a renúncia do ex-conselheiro Humberto Bosaipo. A decisão revogando cautelar que travava o preenchimento foi proferida no último dia 31 de janeiro, mas disponibilizada parcialmente somente nesta segunda (4).

 "Ante o exposto, julgo prejudicada esta ação, por perda superveniente de seu objeto. De consequência, revogo expressamente a medida cautelar anteriormente concedida", diz trecho da decisão de Fachin.

A cautelar que impedia a indicação foi proferida em dezembro de 2014 pelo ministro do STF Ricardo Lewandowski. Na ocasião,  atendeu  Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) proposta pela Associação Nacional dos Auditores dos Tribunal de Contas do Brasil (Audicon).

A Adin questionava a eficácia dos artigos 1º e 2º da Emenda Constitucional 61, de 13 de julho de 201, que trata da  ocupação das vagas no TCE. Com a cautelar de Lewandowski, revogada por Fachin, o processo estava travado até o julgamento do mérito.

A indicação da vaga pertence à Assembleia. Nos bastidores, circula a informação que o contemplado será o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB). Inclusive, o tucano teria aberto mão de participar da Mesa Diretora contando com o ingresso no TCE.

Comunicados

Cópia da decisão de Fachin, informando a liberação da vaga no TCE foi encaminhada por  e-mail, marcado como urgente, para o governador Mauro Mendes (DEM), o presidente do TCE  Gonçalo Domingos e o presidente da Assembleia   Eduardo Botelho (DEM). Cópias dos e-mails constam nos autos.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • deovaldo | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 10h32
    3
    0

    Vão me desculpar mas não existe um Deputado que preencha todos os requisitos para ser " Conselheiro do TCE ", pois os cargos são políticos e não técnicos...Aff até quando querem ludibriar o povo..

  • jj | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 09h09
    5
    0

    Pelo amor de Deus, senhores conselheiros substituitos (sabemos que voces são justos), Ministerio publico e outros, temos que acabar com essa indicação de politicos, concurso publico, pelo amor d Deus, onde vamos parar.

  • Danilo Hauss Witscher | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 09h02
    3
    0

    O povo de MT é quem deve indicar o novo conselheiro do TCE. A ALMT composta por parlamentares REPRESENTANTES da sociedade deve acatar a indicação e seguir a vontade popular. Inclusive, deveriamos votar e eleger esse representante do TCE. Só pode ser candidato quem preencher requisitos que comprove a capacidade técnica para ocupar a vaga.

  • alexandre | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 09h01
    2
    1

    mais um politico pro TCE, nada muda....

  • O ELEITOR | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 07h47
    0
    2

    VAMOS FICAR DE OLHO, NAO PODEMOS ACEITAR INDICAÇÃO DE POLÍTICO EM FINAL DE CARREIRA PARA UM TRIBUNAL DE FAZ DE CONTAS, ONDE A FUNÇÃO DO MESMO FOI CRIADO PARA AUXILIAR A ASSEMBELIA DO ESTADO, E QUE NA VERDADE NUNCA EXERCEU ESSA FUNÇÃO, AI EU PERGUNTO QUEM FISCALIZA O TCE, QUE ARRECADA MILHÕES EM MULTAS AOS GESTORES, DESVIRTUANDO SUA REAL FUNÇÃO QUE É AUXILIAR E NÃO ARRECADAR...!!!! COM A PALAVRA ?

  • decedido | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 07h16
    0
    0

    decedido, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • luis | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 03h08
    0
    1

    luis, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Prefeito estoura limite e TCE faz vetos

francis maris 400 curtinha   No sétimo e penúltimo ano de mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (foto) segue na mesma toada, de que a administração precisa continuar "enxugando" a máquina, embora já tenha conseguido o equilíbrio fiscal e que quem o suceder receberá uma gestão...

Vice muda de partido e vai a prefeito

leandro felix 400 curtinha   O vice-prefeito de Nova Mutum e primeiro-suplente de deputado estadual, Leandro Félix (foto), pretende deixar o DC. Deve se filiar no Podemos ou no PRB. Vai depender da orientação política dos irmãos Adriano (Podemos) e Otaviano Pivetta (PDT), respectivamente, prefeito de Mutum e...

Câmara só regulamenta salário de EP

misael partido 400 curtinha   Ao fixar o salário do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro em R$ 27 mil, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto) não aumenta o subsídio de Emanuel de imediato, mas sim regulamenta o valor que já era pago desde dezembro de 2018. O imbróglio começou...

R$ 71 mi já estão reservados para 13º

rogerio gallo 400 curtinha   Após os primeiros meses de "choradeira", pintando cenário do caos financeiro e administrativo, o governo estadual consegue, pela primeira vez neste 2019, fechar o mês com recurso provisionado para pagar o 13º dos cerca de 100 mil servidores. O secretário de Fazenda, Rogerio Gallo (foto),...

Jackson, enfim, nomeado ao TRE-MT

jackson 400 curtinha tre   O presidente Bolsonaro, enfim, escolheu, de uma lista tríplice, quem passa a compor o Pleno do TRE-MT no cargo de juiz titular, na categoria jurista, para dois mandatos de mandato. Trata-se de Jackson Francisco Coutinho (foto), que desde o ano passado já atua como juiz-membro substituto no Tribunal. Nos...

Com mais de 60 prefeitos e esposas

mauro mendes virginia 400   Acompanhado do governador e esposo Mauro, a primeira-dama Virginia Mendes recebeu para um jantar no Palácio Paiaguás, na segunda, mais de 60 primeiras-damas, além de prefeitos e outras autoridades. O governador, que promoveu o encontro, aproveitou para expor números, ações e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.