Judiciário

Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018, 17h:27 | Atualizado: 19/02/2018, 17h:35

Rede criminosa no Detran era composta por 3 núcleos articulados, aponta MPE

Reprodução

nucleo-esquema-detran

 Trecho da decisão que detalha como esquema funciona por meio dos três núcleos

A rede criminosa existente no Detran-MT era composta por três núcleos que agiam de forma organizada para a prática das condutas ilícitas na autarquia. A afirmação é do Ministério Público Estadual e integra pedido de prisão temporária de 49 pessoas apontadas como integrantes do esquema investigado na Operação Bereré, deflagrada na manhã desta segunda (19).

Conforme a investigação, em tais grupos, todos eles tinham funções definidas, desde a abertura de empresas, transações financeiras em contas bancárias de parentes e terceiros, para fazer circular a propina sem levantar suspeitas.

Durante a operação, diversos mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Cuiabá, Sorriso e Brasília. Os principais alvos foram o presidente da Assembleia Eduardo Botelho (PSB) e o deputado estadual Mauro Savi (PSB), que tiveram os gabinetes e residências “vasculhados”. O ex-deputado federal Pedro Henry também foi alvo.

A investigação iniciada pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Administração Pública (Defaz) é um desdobramento da delação do ex-presidente do Detran Teodoro Moreira Lopes, o "Dóia", na qual revelou esquemas de corrupção na autarquia, que teria rendido, ao menos, R$ 1 milhão por mês.

O esquema envolveria a empresa FDL Serviços de Registro, Cadastro, Informatização e Certificação Ltda. (que agora usa o nome de EIG Mercados Ltda), contratada em 2009 para ser responsável pelo registro de financiamentos de contratos de veículos, necessário para o primeiro emplacamento.

A empresa teria contratado a Santos Treinamento, na qual Botelho foi sócio de 2010 a 2013, para gerenciar o esquema e repassar a propina aos políticos supostamente envolvidos. Além da delação de Dóia, o compartilhamento das delações do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) e o irmão, empresário Antônio Barbosa, também colaborou para a deflagração da operação.

Início

O MPE relata que as irregularidades começaram na administração do ex-governador Silval, após indicação de Dóia à presidência, por indicação de Savi, que teria grande influência nas decisões do governo.

Após a nomeação, uma Resolução (320/2009) estabeleceu que os contratos de financiamento de veículos e cláusula de alienação fiduciária, arrendamento mercantil, de compra e venda com reserva mercantil ou penhor deveriam ser registrados no Detran.

A partir daí, segundo o MPE, deu-se início à organização para fraudar licitações e foi aberta uma empresa fantasma, a Santos Treinamento, para obter vantagens ilícitas e receber propina, envolvendo dezenas de pessoas para acobertar as irregularidades e dar aparência de legalidade ao serviço prestado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcos | Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2018, 16h51
    0
    0

    Bom seria que a polícia desse aos envolvidos o mesmo tratamento que dá aos inadimplentes com as taxas do DETRAN.

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

Prefeitos têm de trocar apadrinhados

kleber varzea grande 400 curtinha   Com a decisão do TJ-MT de considerar inconstitucional controlador-geral das prefeituras fora dos quadros efetivos de auditor municipal, muitos prefeitos terão de exonerar seus indicados políticos, vindo a escolher profissionais de carreira, assim como já se tornou prática na...

Controlador-geral agora só de carreira

angelo 400 curtinha   Uma decisão desta quinta do TJ, que julgou procedente, inclusive por unanimidade, uma ADIN proposta pela Associação dos Auditores e Controladores Internos do Estado (Audicom), presidida por Angelo Oliveira (foto), acaba, na prática, com os chamados controladores-gerais dos municípios...

Elogio à compra econômica do Estado

janaina riva 400 curtinha   Embora lançando críticas pontuais de vez em quando, a deputada Janaina Riva (foto) tem feito constantes defesa do Governo Mauro e elogiado ações da administração, especialmente na saúde pública. Sobre a decisão do governo de comprar 120 respiradores da China,...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.