Polícia

Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 11h:58 | Atualizado: 19/06/2019, 18h:31

Assof diz que militares atuavam em ação de inteligência e foram presos por engano

A Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de Mato Grosso (Assof/MT) garante, por meio de nota, que os militares presos na terça (19), durante a Operação Assepsia, deflagrada após investigações da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) sobre a entrada de aparelhos celulares em unidades prisionais do Estado, estavam realizando um trabalho para a inteligência da PM e teriam sido pegos por engano.

Reprodução

Assof

Associação garante acompanhar o caso e sai em defesa dos militares presos pelo GCCO

Segundo a nota, a Assof só ficou sabendo da prisão através da imprensa e seguiu para a sede da GCCO. E uma segunda equipe foi para o Fórum de Cuiabá, onde constatou que os militares presos se tratavam do Tenente PM Cleber de Souza Ferreira (3º BPM), Subtenente Ricardo de Souza Carvalhaes de Oliveira (ROTAM) e Cabo PM Denizel Moreira dos Santos (ROTAM), todos atuando no serviço de inteligência da Polícia Militar. 

A representação da Polícia Civil, encaminhada à Justiça, informou que os três militares, em associação com os agentes prisionais, teriam se organizado para facilitar a entrada de um freezer recheado de aparelhos celulares dentro do Presídio do Carumbé. Como prova do alegado, a GCCO anexou na representação áudios e vídeos do sistema de CFTV do Carumbé, que mostravam os PMs adentrando a unidade prisional e se reunindo com o diretor do presídio e um reeducando. 

“Em conversa com os militares, verificamos que, na verdade, a prisão deles teria ocorrido por um equívoco, pois o que eles teriam ido fazer na unidade prisional era se reunir com o reeducando para colher informações de ações criminosas que estariam prestes a ocorrer em Cuiabá. É importante registrar que esses militares já atuaram em diversas operações com apreensão de drogas e armas, bem como, na prevenção de assaltos a estabelecimentos comerciais”, diz trecho da nota. 

É importante registrar que esses militares já atuaram em diversas operações com apreensão de drogas e armas, bem como, na prevenção de assaltos a estabelecimentos comerciais

Assof/MT

Ainda conforme a associação, os militares são considerados profissionais sérios, responsáveis e em suas fichas funcionais não existem registros de desvios de conduta. Ao sindicato, o Tenente Ferreira, disse que a atuação dele e dos demais policiais militares no caso concreto era de conhecimento dos seus superiores hierárquicos, tanto no batalhão quanto no comando regional. 

Por fim, a Assof informa que o Tenente Ferreira está recolhido no 3º Batalhão e está sendo acompanhado por um advogado escolhido e contratado por ele e que, apesar de não ser associado da ASSOF, a associação continuará acompanhando o caso, "sempre zelando pelo respeito às prerrogativas e garantias de nossa carreira".

Operação

Ao longo das investigações, a Polícia Civil conseguiu comprovar que no, mesmo dia, duas horas antes do freezer ser interceptado, os três militares e os diretores da unidade, participaram de uma reunião a portas fechadas com o preso, líder da organização criminosa, por mais de uma hora, dentro da sala da direção. "Toda a dinâmica dos fatos foi registrada pelas imagens da unidade prisional”, aponta o relatório da investigação.

No decorrer da apuração, ficou constado ainda que o veículo utilizado para a entrega do freezer, na unidade, pertence a outro reeducando, que também é considerado uma das lideranças da mesma facção. Esse reeducando divide cela com o destinatário do equipamento.

Além das prisões preventivas dos servidores públicos e dos líderes da facção criminosa, serão cumpridas medidas de busca e apreensão nas dependências da Penitenciária Central do Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Cb.cina | Sexta-Feira, 21 de Junho de 2019, 01h45
    0
    0

    Olha a Pm não é investiga ...ela é ostensiva e todas as vezes que a Pm tentou mostrar esse serviço só deu merda e outra coisa cadê a tal parceria entre a Pm e polícia civil...isso vai sobrar pra esses pms larga de ser burro e outra coisa pra fazer uma reunião dessa elesemana tinha que comunicar superiores e igual tentar falar pra mulher a mancha de baton na cueca

  • Aldo Carlos | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 14h47
    1
    1

    Aldo Carlos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Cristo Santo | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 13h27
    7
    1

    Meu Deuuuusssss!!!! Essa associação ridícula tem coragem de vir querer acobertar a ação criminosa cometida pelos policiais. Onde já se viu o cara fazer parte de organização criminosa e introduzir celulares em presídio ser capítulo de trabalho de inteligência?? Inteligência para o crime, isso sim.

  • Cidadao | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 12h19
    11
    3

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk a piada do dia.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk quando vc pensa q já viu de tudo e vê q n viu nem o começo.....

  • Jango | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 12h09
    10
    1

    Eu disse ado-a-ado! Cada um no seu quadrado! Ado-a-ado! Cada um no seu quadrado!

Matéria(s) relacionada(s):

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

Emedebista pode ser candidato único

leonardo bortolin curtinha   Eleito na suplementar realizada em 2017, Leonardo Bortolin (foto), de Primavera do Leste, é considerado hoje o prefeito emedebista em MT mais bem avaliado. Na convenção do partido nesta quinta no município, lideranças, como o deputado federal Carlos Bezerra e os estaduais Thiago Silva,...

2 "amarelam" e faltam de propósito

nininho curtinhas   Dois deputados não pisaram os pés na sessão desta quinta propositalmente. "Amarelaram". Ao invés de tomarem posição quanto ao projeto de lei complementar do governo que reinstitui os incentivos fiscais, Nininho (foto) e o delegado Claudinei preferiram não comparecer. Assim como os...

Adevair vai para PTB e quer ser vice

adevair cabral curtinha   O PTB, que hoje não tem um representante entre os 25 vereadores cuiabanos, vai abrigar dois parlamentares, o presidente da Câmara Municipal Misael Galvão, hoje no PSB, e o primeiro-secretário da Mesa, o tucano Adevair Cabral (foto). O curioso é que ambos chegam na legenda petebista...

7 contra reinstituição dos incentivos

valdir barranco curtinha   Como já esperado pelo governador Mauro, apesar da pressão de diversos segmentos, como do comércio, do agronegócio e da indústria, o projeto de lei complementar número 53, que trata da reinstituição dos incentivos fiscais, passou facilmente pelo crivo da Assembleia....

Irmão de ex-senador já sai do governo

wener santos curtinha   Durou apenas seis meses a permanência do ex-prefeito de Nova Marilândia (2013/2016), Wener dos Santos (foto), como secretário-adjunto de Cidades do Estado. Irmão do ex-senador Cidinho Santos, Wener foi exonerado no último dia 2. Pediu para deixar o governo Mauro. O salário não...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.