Polícia

Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 09h:10 | Atualizado: 13/08/2019, 10h:00

PENITENCIÁRIA CENTRAL

Operação é resposta à morte de agente; famílias de presos denunciam truculência

carta aos agentes

No detalhe, o servidor executado por presos em Lucas, acusado de tortura (leia carta). Após investigações policiais, é deflagrada Operação Elison, na PCE

O Sistema Penitenciário deflagrou a Operação Agente Elisson Douglas dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE) com o intuito de combater o crime organizado na cadeia. A ação foi deflagrada na manhã desta segunda (12) e familiares de detentos estão reclamando de truculência policial. Relatam que os presos estão sem energia desde ontem e passam por violência física e psicológica. Nem os advogados estão tendo autorização para entrar na unidade prisional.

A operação ganhou este nome após por quatro supostos membros do Comando Vermelho terem executado o agente Elison Douglas da Silva, de 37 anos, em Lucas do Rio Verde (a 350 km de Cuiabá) na noite 30 de junho.  Ao menos 12 tiros de pistola .380 foram encontrados no local do crime.

Após a morte do agente Elison, uma carta, encontrada por investigadores da Polícia Civil, aponta que supostas agressões a presos teriam sido cometidas por agentes penitenciários e isso motivou a execução do servidor. Além de Elisson, dois outros agentes também estariam na lista da “morte”.

Reprodução

carta aos agentes

Neste comunicado, diretor da PCE pede aos agentes prisionais que redobrem atenção, inclusive com seus familiares

Em documento obtido pelo , o novo diretor da PCE, agente Agno Santana, informa aos agentes da operação e pede o redobro das atenções principalmente para a segurança deles e de seus familiares. Frisa ainda que todas as Forças de Segurança do Estado estão atentas a qualquer movimentação estranha de criminosos.

“Sendo assim, caso se sintam ameaçados ou observem algo suspeito, entrem em contato com a base ou, de imediato, com a PM”, diz trecho do documento enviado aos agentes.

A reportagem entrou em contato com o juiz da Vara de Execuções Penais, Geraldo Fidelis, que confirmou a operação e disse que está acopmpanhando os trabalhos. Até o final da manhã, vai pessoalmente ao presídio.

A carta

A delegacia confirmou que teve acesso à carta em que um preso relata supostas agressões atribuídas ao agente assassinado e a outro agente.

“Foi merecido porque homem nenhum pode passa (sic) o que o [nome do preso] passou e ficar de braços cruzados. O agente e o Douglas bateram muito no mano. Chutaram ele demais”, cita trecho da carta.

A Polícia Civil disse que já ouviu formalmente o agente citado na carta. O servidor negou as agressões e disse que o CDP tem "procedimentos e normas rígidas, que muitos presos não querem obedecer".

O agente afirmou que não extrapola nos procedimentos e que apenas segue os procedimentos impostos.

Celulares apreendidos com o adolescente estão sendo periciados. Três pessoas participaram do crime, entre elas o adolescente. Todos seriam membros de uma facção criminosa.

O adolescente está apreendido no Centro Socioeducativo de Cuiabá, o antigo Pomeri, na Capital. Ele morava na mesma rua em que o Elison vivia com a mulher e o filho. O agente teria abordado o adolescente, flagrado armado, algumas vezes e, por isso, já existia uma rixa entre eles.

familiares pce

Parentes de presos começam a se concentrar em frente à unidade prisional, ainda sem informações exatas sobre o que está ocorrendo do lado de dentro

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Crítico | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 15h01
    6
    1

    Cadeia não é motel. Cadeia é cadeia. Parabéns policiais.

  • Jose Carlos | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 14h59
    7
    1

    O cara rouba, mata, estupra, agride, faz todo tipo de barbarie sem pensar em nenhum momento na vitima, nas leis ou constituição. Agora preso quer todos os tipos de direitos garantidos pela lei. Pera lá. Eles escolheram o caminho do crime, que paguem pelos seus erros e pecados. Na verdade nem pagam. Deveriam todos trabalhar para indenizar as vitimas e a sociedade que eles tanto fazem mal. Já passou da hora da lei proteger as pessoas de bem.

  • COSTA | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 14h12
    1
    1

    COSTA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Sindal e a traição por alíquota de 14%

jovanildo antonio sindal curtinha 400   Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a...

2ª suplente de Selma amarga 2 perdas

clerie fabiana curtinha 400   Clérie Fabiana Mendes (foto), que surgiu do nada na vida pública e ganhou notoriedade como 2ª suplente da senadora Selma Arruda, vai perder duas vezes. Primeiro, ficará sem o cargo eletivo, por causa da cassação da chapa, encabeçada por Selma, por caixa 2. Segundo,...

Após aprontar, Abílio pede desculpas

juca do guaran� curtinha 400   Acuado, Abílio Brunini (PSC) recorreu agora a uma outra estratégia na esperança de escapar da cassação do mandato, depois de tanto aprontar, com denúncias sem provas, constrangimento, brigas, manipulação e ataques a diversas pessoas. Da...

Cervejaria cuiabana devolve R$ 270 mi

rogerio gallo 400 curtinha   Após negociação, por intermédio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA), uma cervejaria de Cuiabá vai devolver aos cofres públicos cerca de R$ 270 milhões nos próximos dias. O montante se refere a diferenças no ICMS...

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.