Blog do Romilson Cuiabá, 10 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ROTA DA INTEGRAÇÃO

Não fosse a Funai, a BR-158 já estaria concluída, dispara Silval

Por 12/11/2011, 22h:20 - Atualizado: 12/11/2011, 22h:34

     Embora o conflito para definir o futuro da fazenda Suiá Missu, disputada por produtores rurais e índios da etnia Xavante, ainda não tenha sido resolvido, o governador Silval Barbosa (PMDB) anunciou que o Ministério dos Transportes já bateu o martelo: a BR-158 terá seu trajeto original alterado e não passará mais por dentro da área que pode se tornar uma reserva indígena.

     Pressionado pelos prefeitos da região sobre a conclusão da estrada, Silval disparou contra a Funai. "Se não fossem eles esta rodovia já estaria concluída", reclamou. A fundação que representa os interesses dos índos ingressou com ações cobrando a propriedade da terra onde atualmente vivem mais de 300 famílias.

     Na tentativa de encontrar um entendimento, o Governo chegou a sugerir que uma outra área fosse doada aos índios. Inicialmente a proposta foi rejeitada mas, segundo Silval, nesta quarta (9) os representantes da etnia cederam para que a rodovia mantenha o trajeto original. O Ministério dos Transportes, no entanto, preferiu bancar a mudança da rota.

     Com o desvio de aproximadamente 60 km, a BR-158 passará por outros três municípios: Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova Dourada e Alto da Boa Vista. A previsão do Estado é que as obras sejam retomadas no final do período chuvoso (por volta de março de 2012) e concluído até o início de 2013.

      Segundo o governador, a obra só não foi concluída devido a um erro. "Tudo o que estava projetado foi feito. A empreiteira só parou porque não tinha mais o que fazer, nem o que receber", explicou. O peemedebista, que esteve em Brasília nesta quarta (9), garantiu que a obra já está novamente sob os cuidados do Dnit. O órgão vai reformular o projeto inicial,incluindo a mudança do trajeto.

    O superintendente do Dnit em Mato Grosso, Luiz Antônio Garcia, admitiu que a crise que assolou o Ministério dos Transportes, resultando no pedido de demissão do ex-diretor do departamento Luiz Antônio Pagot, repercutiu no caso da BR-158. Ele garante, entretanto, que o empreendimento está assegurado pelo governo federal. "O dinheiro está no orçamento e não tem risco de se perder. O que entra no PAC não sai", sustentou.

     Durante a solenidade de inauguração do sistema de abastecimento de água de Vila Rica, o prefeito Naftaly Calisto da Silva (PMDB), cobrou a conclusão dos trechos que ainda estão em estrada de terra batida. "Ainda bem que não é ano de eleição. Se fosse o povo diria que só estamos falando da BR-158 devido ao período de campanha", alfinetou.

Postar um novo comentário

CAMARA DE CUIABÁ

Relatório de Toninho à CPI do Paletó é pela absolvição do prefeito

Por 09/07/2020, 17h:57 - Atualizado: 09/07/2020, 18h:03

toninho de souza 680

O relatório de Toninho de Souza (PSDB) à CPI do Paletó, a ser apresentado amanhã na Comissão, é pela absolvição do prefeito Emanuel Pinheiro da acusação de que teria cometido infrações político-administrativas no episódio do vídeo em que aparece recebendo dinheiro, na época em que era deputado.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • joao | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 06h16
    0
    2

    Parabéns vereador Toninho de Souza por fazer o correto, pois é uma injustiça esta CPI política que tem a única finalidade de atrapalhar a administração municipal, e também para complicar a vida da população cuiabana. Toninho de Souza fez aquilo que a população quer, pois a população sabe da inocência de Emanuel Pinheiro. Parabéns vereador Toninho. Parabéns prefeito por tratar bem a população.

  • Elifas jose ribeiro | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 22h54
    3
    0

    É Toninho de Sousa quem te viu e quem te ve hoje em dia hein mudou muito

  • Reginaldo | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 21h32
    12
    2

    Ah qual é o problema? Não tem nada de errado com um sujeito enchendo os bolsos com dinheiro público em um país abaixo da linha do Equador, afinal de contas, porque vocês acham que esses homens entram na vida pública? Tem sido assim desde a proclamação da República, cabe a nós caçarmos ele nas urnas em novembro.

PROCESSO ELEITORAL

Reitor da UFMT caminha livre à reeleição

Por 09/07/2020, 11h:29 - Atualizado: 09/07/2020, 11h:36

evandro 680 ufmt

Com a força do cargo e de uma máquina detentora de R$ 1 bilhão anual de orçamento, o reitor Evandro Aparecido Soares caminha livre para a reeleição na UFMT.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

MEC reconhece mais 7 cursos superiores em 4 municípios de MT

Por 08/07/2020, 21h:52 - Atualizado: 08/07/2020, 21h:58

curso mec 680

O MEC renovou o reconhecimento de mais sete cursos superiores de graduação ministrados em quatro municípios mato-grossenses.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amaral antunes | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 06h46
    8
    0

    Mais cursos de Direito. Ja tem tanto bacharel em recepcoes de hoteis, auxiliares administrativos, porteiros...

desvio de função

Ex-deputado e professor segue por mais um ano em assessoria na AL

Por 08/07/2020, 14h:30 - Atualizado: 08/07/2020, 14h:35

carlos abicalil 680

O ex-deputado federal Carlos Abicalil, professor efetivo do Estado da educação básica e há décadas fora da sala de aula, teve sua cessão prorrogada por mais um ano pelo governo para continuar na Assembleia Legislativa.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Maria | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 13h05
    0
    0

    Maria , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Professora Maria | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 11h00
    7
    3

    Esse Professor Carlos Abicalil, de fato e de direito nunca trabalhou na sua profissão de Professor, sempre foi sindicalista, agitador,grevista e politiqueiro. Depois virou Deputado, Assessor de Ministerio e agora Assesor de Deputado. Ganha sem trabalhar desde o tempo do Governo Jaime Campos ou Dante de Oliveira.

  • Chirrão | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 10h35
    8
    1

    SEMPRE ASSIM...PERDE A CAMPANHA E GANHA UM CARGO !!

IGREJA

Primogênito é cotado à presidência interina da Assembleia de Deus

Outra possibilidade seria da escolha do pastor João de França, de Sorriso

Por 08/07/2020, 13h:16 - Atualizado: 08/07/2020, 13h:38

silas pastor 680 igreja assembleia de deus

Com a perda de seu presidente e vice para o coronavírus, respectivamente, pai e filho Sebastião Rodrigues de Souza e Rubens Siro de Souza, a Igreja Assembleia de Deus de Mato Grosso, mesmo ainda em um momento doloroso para familiares e fiéis com a morte dos principais líderes, passará pelo processo de eleição, com vistas ao preenchimento das vacâncias.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Adilson | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 17h14
    4
    0

    Pr João de França é o Pastor presidente até o mês de novembro,qdo será realizada nova eleição da mesa diretora,.

  • Geraldo | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 17h07
    1
    0

    O povo de Varzea Grande, adora a monarquia dos CAMPOS, já tem gente exigindo que o sucessor da Lucimar, o Julio Campos Neto, filiado ao DEM, mais com pouca chance, já que é muito pouco politico, e é mais empresário.

  • Membro | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 14h41
    2
    2

    Membro , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PESAR

Morre de Covid-19 pastor Sebastião, presidente da Assembleia de Deus

Por 08/07/2020, 07h:10 - Atualizado: 08/07/2020, 17h:21

Gilberto Leite/Rdnews

Pastor da Assembleia de Deus Sebastiao Rodrigues

Acaba de falecer, aos 89 anos, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, presidente das Assembleias de Deus em Mato Grosso. É mais uma vítima da Covid-19.

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • Jack | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 08h48
    6
    8

    Impressiona-me como alguns ainda querem culpar o governo federal pela morte das pessoas pelo covid-19. Lembro-lhes que antes mesmo do alastramento o governo editou norma declarando emergência na saúde. Mas os governadores fizeram vista grossa, deixaram o carnaval correr à solta. O governo federal quis buscar a prevenção e foi proibido de dar pitaco, quiseram ficar com a OMS, veja no que deu. Países da África que utilizam ivermectina continuamente têm o menor índice de contágio e morte, mas os sabichões invocam a falta de comprovação científica para o uso de protocolo para tratamento precoce. Afinal, quem é culpado pelas mortes? Só sei que o governo federal é que não é... como ele mesmo dizia, "canalhas, mil vezes canalhas".

  • Clóvis Marcelo | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 08h43
    7
    1

    Meus sentimentos a família SHALOM

  • Eliel Queiroz Barros | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 23h35
    10
    16

    Será que era mais um que apoia esse governo da morte? Cadê os milagres divinos?

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2568