Cidades

Segunda-Feira, 11 de Março de 2019, 18h:45 | Atualizado: 11/03/2019, 19h:47

SEM DINHEIRO

Santa Casa cita não repasse da prefeitura e paralisa 100% das atividades na Capital

Atualizada às 19h37

Rodinei Crescêncio

Santa Casa

Do alto, o prédio da Santa Casa, em Cuiabá; no detalhe, comunicado da Diretoria que informa o não funcionamento

A Santa Casa de Misericórdia paralisa por completo as atividades, a partir das 19h desta segunda (11), devido à situação financeira que enfrenta. Com isso, os atendimentos médicos de convênios, particulares e pelo SUS estão suspensos até a regularização de repasse por parte Prefeitura de Cuiabá. A informação consta em comunicado feito em papel timbrado da instituição.

Pela manhã, o centro cirúrgico já havia interrompido as atividades. Os funcionários, com os salários atrasados desde novembro de 2018, se recusaram a trabalhar.

No comunicado, a direção da Santa Casa justifica a decisão alegando que o Executivo municipal não cumpriu o acordo de repassar R$ 3,6 milhões à instituição. “A Secretaria Municipal de Saúde alegou a impossibilidade de repassar o valor mencionado, por meio de uma orientação da Procuradoria Geral do Município, pois haveria a informação de uma operação da Delegacia Fazendária investigando a Santa Casa. A diretoria, hoje pela manhã, procurou a delegacia para a confirmação desta operação, o que prontamente fora negado pela mesma”.

Além disso, lamenta a situação e pede apoio à sociedade. Também se coloca à disposição dos órgãos de controle para esclarecimentos.

“O hospital Santa Casa lamenta profundamente por este episódio que compromete o funcionamento deste importante complexo hospitalar, impactando assim, diretamente na saúde da sociedade mato-grossense. A Diretoria da Santa Casa coloca o hospital à disposição de todos os órgãos de controle para averiguação das informações”, completa.

Atualmente, a Santa Casa é comandada por Carlos Coutinho. O antigo gestor, Antônio Preza, saiu sob diversas suspeitas. Recente relatório da Controladoria Geral do Estado (CGE) apontou diversas irregularidades no filantrópico.

Às 19h37 - Emanuel está viajando, mas cobra informações

Por meio de nota, a assessoria da prefeitura informou que o valor da dívida com a Santa Casa é de R$ 24,8 milhõe, sendo que deste montante, R$ 10,5 milhões são referentes à Cirurgias Eletivas não executadas. O valor foi repactuado no Conselho Municipal de Saúde, mas a Santa Casa não estaria cumprindo o cronograma. No momento está em processo no Ministério Público Estadual (MPE);

Outros R$ 2,9 milhões são referentes a Exames de Diagnósticos Eletivos. "O hospital não iniciou o cronograma previsto e não abriu nenhuma agenda, descumprindo o contrato". Mais R$ 4,5 milhões são referentes aos leitos de retaguarda, de acordo com o relatório de uma auditoria realizada na unidade, com constatação e recomendação de devolução do recurso pago indevidamente;

A prefeitura diz dever ainda R$ 3,3 milhões referentes a emendas pagas sem pactuação e/ou sem contrato, encontra-se em processo de auditoria por não ter realizado nenhum procedimento hospitalar.  Além de mais R$ 497 mil de acordo com Auditoria do Ministério da Saúde - DENASUS sobre Oncologia. A Auditoria do nacional do SUS está aguardando a justificativa das irregularidades encontradas;

Ainda na nota, o Executivo municipal esclareceu que em reunião com a comissão formada por vereadores da Capital, foi anunciada a destinação de novo recurso para a Santa Casa, na ordem de R$ 3,6 milhões, em mais uma antecipação de serviços que serão prestados.  

"Na última quinta (7), o Conselho Municipal de Saúde de Cuiabá solicitou à Procuradoria Geral do Município parecer sobre o Relatório de Auditoria da Controladoria Geral do Estado que versa sobre 'Auditoria no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá', visando subsidiar as providências cabíveis. A Controladoria Geral do Estado notificou o Município de Cuiabá do resultado da Auditoria efetivada na Santa Casa por solicitação da Delegacia Fazendária/Defaz, conforme documentos anexos, alertando para cautela em repasses antecipados ou empréstimos, pois a mesma está sendo objeto de investigação por parte do Ministério Público Estadual e da Delegacia Fazendária".

Por fim, a assessoria declara que prefeito, que está fora da Capital, solicitou todas as informações necessárias, para tomar as decisões cabíveis assim que retornar a Cuiabá. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Francisco Carvalho | Terça-Feira, 12 de Março de 2019, 08h32
    2
    0

    Quero ver a cara do Toninho de Souza, Luis Claudio e Marcrean Santos que como vereadores defendem o Emanuel e acreditaram no Mentiroso

  • paulo roberto | Segunda-Feira, 11 de Março de 2019, 19h32
    10
    3

    Prefeito Emanuel é um mentiroso e um grande demagogo de píor qualidade...Só sabe pagar salários do servidores em dia, só também!!!!!

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.