ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Terça-Feira, 18 de Setembro de 2018, 15h:57 | Atualizado: 18/09/2018, 16h:03

ESCOAMENTO

Candidatos ao governo são chamados a debater hidrovias para o Estado e o país

As hidrovias brasileiras serão tema de debate nesta quinta (20), no auditório da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), a partir das 8h. É o Diálogos Hidroviáveis - Programa de Integração Permanente de Iniciativas para o Desenvolvimento Sustentável das Hidrovias Brasileiras.

Arquivo

capa hidrovia C�ceres

Painel vai debater Plano Nacional de Logística e reflexos para armazenamento e transbordo de grãos nas hidrovias 

A primeira palestra será com Marcelo Duarte Monteiro, secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, que abordará a infraestrutura existente, gargalos operacionais, demandas não atendidas e ações de curto prazo. Como coordenador, Jandir Milan, presidente da FIEMT, e como debatedores Marcelo Thomé da Silva de Almeida, presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (FIERO), José Maria Mendonca, vice-presidente da Federação das Indústrias do Pará (FIEPA) e Uriel Almeida Papa, secretário de Infraestrutura Portuária, Hídrica e Ferroviária do Tribunal de Contas da União (TCU).

Em seguida, o Superintendente do IMEA, Daniel Latorraca Ferreira, fala sobre os volumes a serem produzidos em Mato Grosso, o que gera desafios para ampliar o escoamento das cargas agropecuárias via hidrovias da Amazônia. O coordenador deste painel será Raimundo Holanda Cavalcante Filho, presidente da Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária (Fenavega), e os debatedores Marcio Verdini Rosa, gerente coorporativo Granel Navegação de Portos da Transportes Bertolini, Jorge Zanatta, diretor de relações institucionais do Grupo Amaggi, e Francisval Mendes, diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

No início da tarde, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, participa do lançamento do Projeto Ferroviáveis, um encontro que também tem como objetivo debater de forma permanente as ferrovias brasileiras.

Na sequência da programação, haverá a palestra do diretor executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz Ferreira, sobre as perspectivas da intermodalidade no Arco Norte para a competitividade da exportação agropecuária. O painel será coordenado por Erick Moura, diretor de Infraestrutura Aquaviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) e os debatedores serão Bruno Serapião, CEO da HBSA Hidrovias do Brasil, Luiz Antônio Ehret Garcia, diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, e Guilherme Quintela, presidente da EDLP Ferrogrãos.

O último painel será sobre o Plano Nacional de Logística (PNL) e seus reflexos para o armazenamento e o transbordo de grãos nas hidrovias da Amazônia, com palestra de Adailton Cardoso Dias, diretor de Planejamento da Empresa de Planejamento e Logística S.A (EPL). O coordenador do painel será Francisco Olavo Pugliesi de Castro, vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (FAMATO), e os debatedores Carlos Alberto Nunes Batista, coordenador geral de Infraestrutura e Logística para setor agropecuário, Carlos Fernandes Xavier, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (FAEPA), e Hélio Dias, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (FEPERON).

Candidatos – Os candidatos ao governo de Mato Grosso foram convidados a participar do evento e explanar suas propostas para equacionar os gargalos da infraestrutura no estado. Às 8h30, Wellington Fagundes (PR) fará sua apresentação; às 14h, será a vez de Pedro Taques (PSDB); às 18h15, Mauro Mendes (DEM).

O evento é uma iniciativa da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), FIEMT, Movimento Pró-Logística, FAMATO e DNIT, realizado pela Agência de Desenvolvimento do Corredor Norte (Adecon) e patrocínio de Transportes Bertolini, Amaggi e grupo Bom Futuro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

4 órgãos do Estado no monitoramento

Como parte de um projeto piloto, quatro órgãos públicos do Estado estão sendo monitorados em tempo real, com câmeras analíticas que fazem o videomonitoramento. Nas funcionalidades do sistema estão até simulações de ativação de alarme e botão do pânico. As câmeras estão instaladas na 10ª Ciretran, na Superintendência de Assistência Farmacêutica e em duas...

Governo inaugura posto na fronteira

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugura na quarta o Posto do Limão, do Gefron, na região de Cáceres. Decola para Cáceres logo cedo e pousa na pista da fazenda Santa Helena. Dali segue 14 km de carro até o posto a ser inaugurado. O chefe do Executivo vai aproveitar para fazer um...

Estiagem faz Tangará racionar água

renato_golveia_curtinha400   A estiagem severa que castiga o Estado e provoca milhares de focos de incêndio, começa a afetar o sistema de abastecimento de água. Em Cuiabá, a concessionária pediu uso consciente da água. Já em Tangará, a situação ganha contornos dramáticos. O...

Lucas arrecada R$ 58 mi em impostos

binotticurtinha_400   Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (PSD), arrecadou R$ 58,274 milhões em impostos de 1º de janeiro até 13 de setembro deste ano, às 17h. Os dados são do Impostômetro e foram divulgados pela Fecomércio. No mesmo período em 2018, foram R$ 52,493 milhões. Nos 12 meses...

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.