Executivo

Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h:49 | Atualizado: 25/06/2019, 15h:59

EDUCAÇÃO PARADA

Em carta, governo diz que aumento será dado após redução do estouro na LRF

O governador Mauro Mendes (DEM) divulgou uma Carta Aberta aos profissionais da Educação nesta terça (25) e alega que assim que o Estado ficar abaixo de 49% com o gasto com pessoal, será possível pagar a Lei Complementar 510/2013, que reajusta o salário da categoria em 7,6% assim como a reposição inflacionária (RGA) a todos os servidores.

Christiano Antonucci

Mauro Mendes e secret�ria Marioneide

Governador Mauro Mendes em reunião no governo com secretária de Educação Marioneide

O democrata afirma no documento que reconhece a importância da categoria, e que, em razão disso, já garantiu três reivindicações, sendo a concessão do pagamento de 1/3 de férias proporcional aos professores contratados, incluindo licença-prêmio e licença para qualificação profissional.

O governo também alega que cumprirá em julho o chamamento do cadastro de reserva dos profissionais da educação do último concurso público, conforme acordado com o Ministério Público Estadual.

A terceira medida foi estabelecer um cronograma de obras para reforma das unidades escolares, reconhecendo a situação crítica de aproximadamente 400 unidades. “O Estado já apresentou um planejamento para a reforma dessas escolas, dentro do orçamento da secretaria de Educação”.

Apesar dos atendimentos às reivindicações, Mauro volta a ponderar que o Estado não tem condições para conceder os 7,6% de aumento e nem pagar a RGA. “A concessão infringe a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF Federal) nº 101/2000, pois o Estado ultrapassou o limite de 49% da receita, com pagamento da folha salarial. Estamos estourados em 58%”. 

O democrata concluiu a carta afirmando que o governo está empenhado em aumentar a arrecadação e controlar o crescimento da máquina pública, para que consiga retornar aos limites da LRF o mais breve possível, e que continua aberto ao diálogo.

Nesta terça, a greve completa 30 dias e contará com uma reunião entre o secretário de Gestão e Planejamento Basílio Bezerra e a categoria agendada para as 17h. Ontem, durante assembleia geral, os profissionais decidiram manter a greve, apesar do corte de pontos e da reiterada manifestação do Governo que não atenderá as reivindicações.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • José da Rocha Filho | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h14
    1
    0

    "Esquina de Boteco" é ótimo, em?

  • Orlandir Cavalcante | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 13h19
    4
    6

    Quem paga alguem para comentar horrores sobre educadores? Só pode, gente! Um ser humano em suas faculdades mentais normal não ficaria na internet somente para falar absurdos e agressões a professores. Isso não é opinião, e perseguição sistematica e criminosa

  • EAD | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 10h08
    6
    4

    EAD - ENSINO A DISTÂNCIA RENDE MUITO MAIS! No sistema CAPITALISTA norte-americano, nem adianta se multiplicar pior que barata pra pressionar na quantidade de votos eleitoreiros...

  • Ademir | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 09h55
    10
    26

    Pronto, vão trabalhar agora comunas atrasados, acabam com o Brasil e ainda querem sugar tudo, já basta o partido de vocês roubarem, sucatearem, destruirem a educação e ainda querem ver o estado mais quebrado ainda, quanta irresponsabilidade, ganham o melhor salário do país e fazem para nossos alunos a pior educação , são péssimos profissionais, demissão e PAD agora contra os arruaceiros pesudo professores de esquina de boteco!!!

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.