Executivo

Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 11h:37 | Atualizado: 07/02/2019, 16h:00

Logística

Tragédia de Brumadinho prejudica a construção da Fico; Senado deve abrir CPI

Com a tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho (MG), o governo federal decidiu adiar a antecipação da renovação do contrato de exploração da Vale sobre duas ferrovias, o que geraria como contrapartida R$ 4 bilhões de investimentos na Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), entre Campinorte (GO) e Água Boa (a 746 km de Cuiabá).

Assessoria

Wellington Fagundes

Wellington Fagundes cobra esclarecimentos sobre tragédia e diz que decisão é natural

O recurso seria uma contrapartida da mineradora pela renovação da outorga das ferrovias do Carajás, que liga o Pará ao Maranhão e a Vitória-Minas, que liga Minas Gerais ao Espírito Santo.

Na avaliação do senador Wellington Fagundes (PR), apesar de a decisão impactar no projeto estratégico de desenvolvimento ferroviário de Mato Grosso, é uma decisão natural e prudente. “A catástrofe de Brumadinho exige esclarecimentos", pondera.

Ainda segundo ele, o próprio Senado deve criar uma CPI, que conta com o seu apoio, para buscar explicações e adotar eventuais medidas de responsabilização. Apesar da tragédia, o parlamentar ressalta a importância da Vale. "É um dos maiores patrimônios do nosso país, que nasceu como uma empresa pública. Emprega mais de 70 mil pessoas. E como tal, sua atuação deve ser voltada a contemplar os interesses maiores da nossa federação", ressalta.

A Fico é um dos projetos de ferrovia mais avançados de Mato Grosso, tendo sido incluída no Plano Nacional de Viação por meio da Lei 11.722/2008. No traçado inicial, a ferrovia ligará Campinorte (GO) a Vilhena (RO), com cerca de 1.641 km de extensão. O trecho entre Campinorte e Água Boa já possui Licença Prévia do IBAMA, e tinha a projeção de já ser começada a ser construída este ano.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

DEM é fraco em Cuiabá há décadas

O DEM dos irmãos Júlio e Jayme Campos e agora do governador Mauro Mendes enfrenta resistência histórica na tricentenária Cuiabá. Fundado em 1985 como PFL, que absorveu dissidentes do velho PDS, o DEM hoje não possui uma cadeira entre as 25 na Câmara Municipal. Aliás, não elege vereador há três legislaturas. A última vez que o partido tentou disputa para prefeito da Capital foi em 2000 e, curiosamente, tendo...

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

Emedebista pode ser candidato único

leonardo bortolin curtinha   Eleito na suplementar realizada em 2017, Leonardo Bortolin (foto), de Primavera do Leste, é considerado hoje o prefeito emedebista em MT mais bem avaliado. Na convenção do partido nesta quinta no município, lideranças, como o deputado federal Carlos Bezerra e os estaduais Thiago Silva,...

2 "amarelam" e faltam de propósito

nininho curtinhas   Dois deputados não pisaram os pés na sessão desta quinta propositalmente. "Amarelaram". Ao invés de tomarem posição quanto ao projeto de lei complementar do governo que reinstitui os incentivos fiscais, Nininho (foto) e o delegado Claudinei preferiram não comparecer. Assim como os...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.