EXPEDIÇÃO 300

Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 08h:15 | Atualizado: 13/12/2019, 08h:19

Lambadão tem história entrelaçada com garimpo, foi marginalizado e agora é lei

José Medeiros

Lambadão começou seu movimento nos anos 70, momento que Mato Grosso era muito populado

Lambadão começou seu movimento nos anos 70, momento que Mato Grosso era muito populado entre retirantes e outras pessoas interessadas no ouro

Dançar “ajojado” e de forma calorosa, principalmente nos bailes de Cuiabá e interior de Mato Grosso, revelam uma mistura multicultural que vem desde os anos 70, período em que a Capital foi uma das cidades mais populosas do país por conta da febre do ouro. Durante 10 anos, até os anos 80, o ritmo ainda tomava suas formas.

José Medeiros

Bandas animam bailes que seguem durante toda a madrugada

Bandas animam bailes, que seguem durante toda a madrugada tocando canções badaladas e que animam o público bastante dançante. Alguns são famosos

Era gente de tudo quanto é canto do país, inclusive do Nordeste brasileiro, que muito influenciou – além dos ritmos latinos tão perceptíveis no gênero. Há também as fortes referências do rasqueado. As letras tratam de amor, boemia e sobre o universo da dança. Seja meio às fazendas e sítios na beira do rio, a poeira levanta, mas o povo não para de cantar e dançar. Os músicos trocam de lugar, revezam entre si, mas o som continua.

José Medeiros

Danças são calientes e tiram pés do chão com facilidade quando começa o som

Danças são calientes e tiram pés do chão com facilidade quando começa o som. A poeira levanta, mas o povo não para de cantar e dançar e curtir a noite

As roupas são coloridas e o suor molha os corpos que transitam pelo salão. A paixão é mesmo latente e se reunir para celebrar esse momento virou um “grito” pela cultura popular antes mesmo que ela fosse reconhecida oficialmente como movimento cultural e musical de caráter popular, fato que só ocorreu este ano – pela Lei nº 10.809/2019. A Expedição 300 - O Rio das Lontras Brilhantes, através do fotógrafo José Medeiros, foi retratar as belezas e as dores dos que lutam para que o lambadão não perca sua vez.

José Medeiros

Difundido pelo país, ritmo revela muito da cultura mato-grossense e tem influências diversas

Difundido pelo país, ritmo revela muito da cultura mato-grossense e tem influências diversas, entre elas a do mais antigo ritmo mato-grossense, rasqueado

O lambadão ocupa o coração de moradores de regiões periféricas ou ribeirinhas espalhadas, principalmente, por em Cuiabá, Rosário Oeste, Poconé e Várzea Grande, desde que um dos mentores do ritmo, (in memoriam) Chico Gil, lançou seu primeiro sucesso.  Impossível não mencionar Chico que, antes da música, trabalhou com muita coisa – e o garimpo estava entre elas. O ouro não era tanto quanto o prometido, muita gente para explorar e no cabo da inchada era difícil arrancar muito da terra, mas a criatividade era brilhante e latente. Logo as composições tomaram forma.

José Medeiros

Pernas das mulheres são erguidas durante as batidas das músicas

Pernas das mulheres são erguidas durante as batidas das músicas, elas são jogadas de um lado para o outro e requebram bastante com roupas coloridas

Apesar de marginalizado, o lambadão conquistou espaço no coração dos mato-grossenses, a cultura popular começou a redirecionar suas formas de expressão.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.